Danai Gurira vai aparecer em Vingadores: Guerra Infinita

A atriz Danai Gurira, a Michonne de The Walking Dead, vai participar de Vingadores: Guerra Infinita.

Segundo o Deadline, Gurira irá reprisar seu personagem Okoye, uma das guerreiras femininas que protegem a família real em Pantera Negra.

Veja Também: Vingadores: Guerra Infinita | Primeiro vídeo dos bastidores confirma Homem-Aranha e Guardiões da Galáxia

Vingadores: Guerra Infinita estreia em março de 2018. Joe e Anthony Russo dirigem a partir do roteiro de Christopher MarkusStephen McFeely.

 

Pantera Negra tem primeiro teaser trailer divulgado. Confira!

Como esperado, a Marvel Studios divulgou o primeiro teaser trailer de Pantera Negra. Assista abaixo!

A trama segue T’Challa que, depois da morte de seu pai, o Rei de Wakanda, retorna para casa à nação africana isolada e tecnicamente avançada para triunfar no trono e tomar o lugar legítimo como rei. Mas, quando um poderoso inimigo antigo reaparece, o poder de T’Challa como rei – e Pantera Negra – é testado quando ele é atraído para um formidável conflito que coloca o destino de Wakanda e todo o mundo em risco. Diante da traição e do perigo, o jovem rei deve reunir seus aliados e libertar o poder total da Pantera Negra para derrotar seus inimigos e garantir a segurança de seu povo e seu modo de vida.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia), Forest Whitaker (Zuri), Angela Bassett (Ramonda, mãe de T’Challa), Sterling K. Brown (N’Jobu) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com Joe Robert Cole.

T’Challa ilustra o primeiro cartaz de Pantera Negra. O primeiro teaser trailer será exibido hoje!

A Marvel Studios divulgou hoje (09) o primeiro cartaz de Pantera Negra. A arte destaca Chadwick Boseman como T’Challa no trono de Wakanda. O primeiro teaser trailer será exibido mais tarde durante as finais da NBA!

A trama segue T’Challa que, depois da morte de seu pai, o Rei de Wakanda, retorna para casa à nação africana isolada e tecnicamente avançada para triunfar no trono e tomar o lugar legítimo como rei. Mas, quando um poderoso inimigo antigo reaparece, o poder de T’Challa como rei – e Pantera Negra – é testado quando ele é atraído para um formidável conflito que coloca o destino de Wakanda e todo o mundo em risco. Diante da traição e do perigo, o jovem rei deve reunir seus aliados e libertar o poder total da Pantera Negra para derrotar seus inimigos e garantir a segurança de seu povo e seu modo de vida.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia), Forest Whitaker (Zuri), Angela Bassett (Ramonda, mãe de T’Challa), Sterling K. Brown (N’Jobu) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com Joe Robert Cole.

Martin Freeman está no elenco de Pantera Negra

A Marvel Studios iniciou as filmagens de Pantera Negra em Atlanta e uma figura conhecida foi vista no set. Veja abaixo Martin Freeman de volta ao papel de Everett K. Ross de Capitão América: Guerra Civil!

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia), Forest Whitaker (Zuri), Angela Bassett (Ramonda, mãe de T’Challa), Sterling K. Brown (N’Jobu) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com Joe Robert Cole.

Sterling K. Brown é confirmado no elenco de Pantera Negra

A Marvel Studios anunciou hoje que Sterling K. Brown (das séries The People v. O. J. Simpson: American Crime Story, This is Us) está se juntando ao elenco do filme Pantera Negra.

O ator interpretará N’Jobu, uma figura do passado de T’Challa.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia), Forest Whitaker (Zuri), Angela Bassett (Ramonda, mãe de T’Challa) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com  Joe Robert Cole.

Angela Bassett reforça o elenco de Pantera Negra

A Marvel Studios confirmou hoje que Angela Bassett (American Horror Story) está se juntando ao elenco de Pantera Negra. A atriz vai interpretar Ramonda, mãe de T’Challa, aka Pantera Negra.

Bassett ficou conhecida por interpretar a Amanda Waller no filme Lanterna Verde.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia), Forest Whitaker (Zuri) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com  Joe Robert Cole.

Pantera Negra adiciona Forest Whitaker em seu elenco

A Marvel Studios adicionou Forest Whitaker (Rogue One: Uma História Star Wars)Daniel Kaluuya (Sicario) e Florence Kasumba (Capitão América: Guerra Civil) para o elenco de Pantera Negra.

Whitaker vai interpretar Zuri, um ancião de Wakanda. Kaluuya será W’Kabi, um confidente de T’Challa, com Kasumba reprisando seu papel como Ayo, uma integrante da Dora Milaje.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Winston Duke (M’Baku)Lupita Nyong’o (Nakia) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com  Joe Robert Cole.

Pantera Negra escala ator para papel do vilão M’Baku

Segundo informações da VarietyWinston Duke (da série Person of Interest) está se juntando ao elenco de Pantera Negra. O ator será o vilão M’Baku, também conhecido como Homem-Gorila.

Nos quadrinhos, M’Baku é um dos guerreiros poderosos de Wakanda. Integrante da tribo Jabari, ele almeja tomar o trono de T’Challa.

Chadwick Boseman interpreta o personagem título. Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Lupita Nyong’o (Nakia) e Danai Gurira (Okoy) também estão no elenco.

Pantera Negra estreia em 15 de fevereiro de 2018. Ryan Coogler (Creed) dirige e escreve o roteiro em parceria com  Joe Robert Cole.

Marvel divulga logo de seus próximos filmes durante a Comic-Con

Durante a Comic con, a Marvel iniciou seu painel apresentando o novo logo da Marvel Studios e depois exibiu o logo modificado de seus próximos filmes – Pantera Negra, Thor Ragnarok, Doutor Estranho, Guardiões da Galáxia 2 e também Capitã Marvel.

Thor e Guardiões ficaram um pouco diferente das outras e tem uma vibe bem 80’s não é mesmo?

 

Danai Gurira entra para o elenco de Pantera Negra

Uma das protagonistas de The Walking Dead, a atriz Danai Gurira, conhecida pelo papel de Michonne, foi confirmada no elenco de Pantera Negra (Black Panther) durante o painel da Marvel neste sábado no concorrido Hall H da San Diego Comic Con.

A atriz será Okoye, uma ex-Dora Milaje que participa de uma ordem de mulheres que são treinadas e serão guarda-costas do rei de Wakanda.

A personagem que faz parte da tribo J´Kuwali, age como uma tradicional e companheira do rei, falando somente em hausa, um dialeto africano que não é falado por todos em Wakanda.

Pantera Negra chega aos cinemas em 16 de Fevereiro de 2018.

Pantera Negra | Michael B. Jordan pode ser o vilão do filme

Segundo o Hollywood Reporter, o ator Michael B. Jordan, que recentemente estrelou Creed e foi o Tocha Humana no último filme do Quarteto Fantástico, deve se juntar ao elenco do filme do Pantera Negra, provavelmente, como um dos vilões da história, entretanto, o papel do ator ainda não foi confirmado.

Se Jordan realmente for confirmado no elenco, isto marcará mais um trabalho do ator com o diretor Ryan Coogler, ambos já trabalharam juntos em Creed e Fruitvale Station.

Outro vilão que deve dar as caras no longa é Ulysses Klaw vivido por Andy Serkis, que possivelmente deve se transformar no Garra Sônica, um dos grandes vilões do herói de Wakanda.

Pantera Negra chega aos cinemas em 16 de Fevereiro de 2018.

Lupita Nyong’o está em negociações para entrar no elenco de Pantera Negra

A atriz Lupita Nyong’o está em negociações para viver o interesse amoroso de Chadwick Boseman no filme da Marvel, Pantera Negra.

Ryan Coogler (Creed, Fruitvale Station) foi confirmado pela Marvel Studios para dirigir o longa, que faz parte da Fase 3 do universo cinematográfico Marvel.

Um dos últimos trabalhos de Lupita aconteceu em Star Wars: O Despertar da Força onde emprestou sua voz para o personagem Max Kanata. A atriz também estará no próximo filme da Disney, Queen of Katwe.

Pantera Negra chega aos cinemas em 2018.

 

Crítica | Capitão América: Guerra Civil é um dos melhores filmes de quadrinhos de todos os tempos

Os irmãos Joseph e Anthony Russo tinham uma enorme responsabilidade em suas costas: adaptar uma das maiores e consagradas sagas do Universo Marvel, a Guerra Civil. História feita pós 11 de Setembro de 2001, quando a seguinte questão permaneceu na cabeça de todo povo americano “Devemos trocar nossa liberdade em prol da nossa segurança?“. Nos quadrinhos, os heróis teriam que se registrar, revelar suas respectivas identidades e atuar a mando do governo. O Homem de Ferro fica no lado do governo defendendo a segurança, e o Capitão América no lado da liberdade. Essa é uma das premissas principais da Guerra Civil, mas como funciona no filme?

Os acontecimentos do Universo Cinematográfico da Marvel culminaram na Guerra Civil, dos quais são citadas a destruição de Nova Iorque, de Washington DC e Sokovia, além de uma nova catástrofe, inspirada essencialmente no arco dos quadrinhos. Essa soma de destruição traz o sentimento de culpa para a maioria dos Vingadores e o mais afetado é o próprio Anthony Stark, criador do Ultron e principal responsável pelo acidente de Sokovia. Os governos de díspares países assinam o famoso Acordo de Sokovia, solicitando que todos os super-heróis trabalhem para o governo e sejam acionados somente quando ele solicitar, evitando que eles atuem de forma livre pelo mundo. Isso causou a cisão dos Vingadores, mas não é o único foco do filme.

Os Russos tinham que dar sequência ao que foi feito nos últimos filmes do Sentinela da Liberdade, abordando a relação com Bucky Barnes (Sebastian Stan) e trazer o foco da Guerra Civil ao protagonista, o próprio Capitão América – e eles conseguiram. Trata-se de um filme dele, não um Vingadores 2.5, como foi especulado, assim que a película foi anunciada. Mesmo assim, somos apresentados a ambos pontos de vista de todo conflito, percebemos que cada lado tem sua própria razão e uma conjectura plausível para isso; mas sabemos que o embate entre eles torna-se cada vez mais inevitável. Esse é um dos pontos em que o filme brilha, conseguindo desenvolver um drama pessoal pra cada personagem, justificando suas atitudes ao longo do filme. E esse aspecto da trama fica ainda mais fácil de se assimilar quando temos uma enormidade sequência de filmes que nos contam sobre cada um dos vingadores; nós já os conhecemos, sabemos suas motivações e suas respectivas personalidades. Guerra Civil não seria possível sem toda essa bagagem emocional que carregamos de todos os personagens envolvidos no filme, entretanto, existem duas novas peças chave aparecendo pela primeira vez: Pantera Negra e Homem-Aranha.

Captain-America-3-Civil-War-Spider-Man-Marvel-Best-Movies

Homem-Aranha foi fruto de uma novela entre Marvel Studios e Sony Pictures; as empresas tentaram conciliar seus universos durante anos. A primeira tentativa foi em 2012, quando O Espetacular Homem-Aranha saiu nas telas de cinema. O estúdio da Marvel esperou o envio de toda arquitetura do prédio da Oscorp para inseri-lo no filme dos Vingadores, mas a Sony não conseguiu terminar a tempo e o filme acabou estreando sem o easter egg. Desde então, essa conversa de união acabou ficando somente nos bastidores e ocorreu finalmente após o fracasso de bilheteria e crítica de O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro. O ator Tom Holland foi anunciado como o novo Amigão da Vizinhança, e dentro do filme, ele é espetacular. O Cabeça de Teia não tem uma participação essencial dentro do enredo, trata-se de uma aparição pontual, histórica e extremamente divertida, honrando o personagem da forma que nenhum outro filme conseguiu. Ele luta fazendo piadas o tempo inteiro (com referências extremamente nerds), age como um verdadeiro adolescente no meio de uma luta de adultos, usa seus cartuchos de teia e tem movimentos acrobáticos retirados das páginas de quadrinhos. Quando ele apareceu, tanto como Peter Parker quanto como Homem-Aranha, o cinema veio abaixo. Mal podemos esperar para vê-lo em seu filme solo, Spider-Man: Homecoming.

Black-Panther-Captain-America-Civil-War-Concept-Art

O Pantera Negra, interpretado de maneira fenomenal por Chadwick Boseman, tem uma importância muito mais significativa dentro da trama da Guerra Civil, permanecendo do início ao fim do filme. Somos apresentados as suas raízes de Wakanda, toda sua crença, ao manto e significado do Pantera Negra na sua terra. Dentro de toda proposta do filme, T’Challa funciona muito bem, além de ser brilhante, por parte da Marvel, trazer um personagem historicamente importante para os cinemas. O Pantera Negra foi criado justamente quando não haviam personagens negros significativos nos quadrinhos, e ele era a representação de um negro fazendo parte da realeza de um povo que nunca foi escravizado. Dentro de todo conceito cultural da época, ele é um dos personagens mais importantes da Marvel. No contexto da Guerra Civil, ele é fundamental no embasamento político do Acordo de Sokovia, assim como no desenrolar de toda trama em diante. Nas mãos dos irmãos Russo, que sabem respeitar cada personagem como verdadeiros fãs, o Pantera Negra se sobressaiu, deixando ansiosos os entusiastas que querem ver seu desenvolvimento no filme solo.

As sequências de ação, principalmente todo duelo do aeroporto (acredite, você não viu nada dela em todo material divulgado até então), são as melhores dentro de um filme baseado em história em quadrinhos. Posso ir mais longe: quiçá da história do cinema. É incrível a forma que Joseph e Anthony sabem trabalhar cada momento de ação, sem deixar o espectador perdido em um caos visual de muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, como foi em Vingadores: Era de Ultron. Além da ação, os diretores sabem trabalhar muito bem o balanceamento do humor e do drama, sem quebrar momentos tensos do filme com piadas desnecessárias. Homem-Formiga (Paul Rudd) é também um dos personagens que consegue roubar a cena quando aparece, principalmente por ser a primeira vez que se reúne junto com todos os outros vingadores. Sendo pequeno, ele consegue roubar um grande momento do filme. Vemos também uma evolução notável da Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), utilizando seus poderes com muito mais habilidade e eficiência, além de estar extremamente mais forte. O próprio Falcão (Anthony Mackie) teve seus upgrades e está muito mais significativo no campo de batalha. Cada um tem seu momento de brilhar, e alguns conseguem ofuscar os próprios protagonistas e antagonistas do filme, Capitão América e Homem de Ferro.

capamfight

Os destaques de atuação são de Chris Evans e Robert Downey Jr.,que entregam performances dignas de cada personagem, mostrando que a cada filme que fazem conseguem se sentir mais a vontade e conhecer melhor os personagens que interpretam. Por parte dos coadjuvantes, Tom Holland e Chadwick Boseman se destacam mais do que os outros, trazendo uma nova perspectiva ao universo que já conhecemos.

O terceiro ato – e mais emocionante do filme -, se destaca pelo peso emocional de cada diálogo e de cada momento de ação. Todo golpe, seja ele desferido por Steve Rogers ou Tony Stark, tem um peso dramático. Daniel Brühl faz o papel do vilão Zemo, sendo o único ponto negativo e talvez desnecessário do filme, servindo somente como plot para que determinados eventos aconteçam. Já existe muito conflito entre os personagens, o que me faz questionar se ele realmente era necessário dentro da trama. Daniel atua muito bem dentro da proposta que lhe foi dada, mas seu personagem permanece oculto para, talvez, uma nova aparição em futuros filmes. Apesar disso, Capitão América: Guerra Civil é um filme impecável. Dando vida as páginas escritas por Mark Millar e desenhadas por Steve McNiven, os irmãos Russo fazem essa luta épica ser um presente aos fãs. As consequências da Guerra Civil vão moldar o Universo Marvel em diante, e ao final do filme, temos a sensação de que esse momento pontual de toda história que foi construída desde o primeiro Homem de Ferro é apenas um episódio do que ainda está por vir.

Capitão América: Guerra Civil deixa em aberto diversas lacunas a serem preenchidas com o restante da fase 3, e mesmo com a sensação episódica, é um dos melhores filmes de quadrinhos de todos os tempos; por tudo que foi construído antes e por tudo em que resultou.

Ryan Coogler é confirmado na direção de Pantera Negra

Ryan Coogler (Creed, Fruitvale Station) foi confirmado pela Marvel Studios para dirigir o filme do Pantera Negra, que faz parte da Fase 3 do universo Marvel do cinema. O diretor já estava em negociações com o estúdio.

Veja também: Assista ao primeiro trailer de Capitão América: Guerra Civil

Chadwick Boseman será o protagonista do filme, que estreia em 16 de fevereiro de 2018. O roteiro foi escrito por Robert Cole.

Veja também: Capitão América, Homem de Ferro e Pantera Negra são capa da revista EW

O personagem fará sua primeira aparição em Capitão América: Guerra Civil, que estreia em 06 de maio de 2016.