[Atenção: spoilers de Vingadores: Guerra Infinita!]

O clímax de Vingadores: Guerra Infinita é quando Thanos estala os dedos portando a Manopla do Infinito. Com isso, metade do universo é dizimado. Joe Russo, um dos diretores do filme, revelou ao ComicBook que o culpado para isso acontecer é Thor.

“Eu diria que os fãs deveriam estar igualmente chateados com Thor, que escolheu jogar o machado no peito de Thanos e não em sua cabeça… Porque ele queria dizer a Thanos que se vingou. Se ele tivesse dado um golpe mortal, esse estalo não teria acontecido. Essas são escolhas que personagens que estão sentindo uma dor imensa fazem. O público pode aprender a empatia com esses personagens porque eles podem crescer através dessas histórias. As histórias podem nos ensinar coisas e devemos tentar ver todas as escolhas a partir da perspectiva do personagem que a tomou”, comentou Joe Russo.

Crítica | Vingadores: Guerra Infinita é o início do fim

Uma jornada cinematográfica que durou dez anos para construir e abrangeu todo o Universo Cinematográfico Marvel, Vingadores: Guerra Infinita leva para telona o confronto mais importante e mortal de todos os tempos. Os Vingadores e seus aliados devem estar dispostos a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poderoso Thanos antes que sua invasão de devastação e destruição acabe com todo o Universo.

Robert Downey Jr., Josh Brolin, Mark Ruffalo, Tom Hiddleston, Chris Evans, Chris Hemsworth, Jeremy Renner, Chris Pratt, Elizabeth Olsen, Sebastian Stan, Benedict Cumberbatch, Paul Bettany, Samuel L. Jackson, Cobie Smulders, Benedict Wong, Zoe Saldana, Karen Gillan, Vin Diesel, Dave Bautista, Pom Klementieff, Scarlett Johansson, Tom Holland e Anthony Mackie estão no elenco.

Dirigido por Anthony e Joe Russo (Capitão América: O Soldado Invernal, Capitão América: Guerra Civil)Vingadores: Guerra Infinita estreou em 26 de abril de 2018. O filme bateu em 11 dias a marca de US$ 1 bilhão.

Comentários

Notícias relacionadas