Hollywood tem explorado as adaptações de livros para jovens adultos há algum tempo e tem obtido grandes sucessos financeiros e também de crítica. Em 2018 já tivemos algumas dessas adaptações, entre elas Com Amor, Simon e Mentes Sombrias. Agora, a Netflix lançou a comédia romântica Para Todos Os Garotos Que Já Amei, adaptação do primeiro livro da trilogia escrita por Jenny Han.

Para Todos Os Garotos Que Já Amei conta a história da adolescente Lara Jean Covey (Lana Condor) que acaba de entrar para o ensino médio e de se tornar a irmã mais velha em casa, já que sua irmã, Margot (Janel Parrish), foi para a faculdade na Escócia. Lara Jean tem apenas uma amiga na escola, Chris (Madeleine Arthur), e costuma passar a maior parte de seu tempo lendo romances ou cuidando de sua irmã mais nova, Kitty (Anna Cathcart). Ela é uma romântica por natureza, mas esconde suas emoções, principalmente em relação aos garotos que ela gosta, essas emoções são demonstradas apenas nas cartas de amor que ela escreve para todos os garotos pelos quais ela já se apaixonou, cartas secretas que ela mantem guardadas em seu guarda-roupas – porém, um dia essas cartas são enviadas e vão parar nas mãos dos cinco garotos a quem elas são endereçadas.

Uma das cartas chega às mãos de Peter Kavinsky (Noah Centineo), o garoto mais popular da escola e ex namorado da antiga amiga de Lara Jean, Gen (Emilija Baranac). Mas o maior problema é que uma das cartas é entregue para Josh (Israel Boussard), o vizinho e amigo de Lara Jean, que também é o namorado de sua irmã Margot. O maior pesadelo que uma garota tímida como Lara Jean pode enfrentar! Para evitar ter que falar sobre seus sentimentos para Josh, Lara Jean entra em um relacionamento falso com Peter – que está querendo causar ciúmes em Gen. Com isso, Lara Jean descobre que está mentindo para todos que ama e também mentindo para si mesma sobre seus sentimentos.

Para Todos Os Garotos Que Já Amei é dirigido por Susan Johson (Quase Um Segredo) e o roteiro foi adaptado por Sofia Alvarez (Man Seeking Woman). O filme é uma boa adaptação do livro e consegue manter a essência e resume os aspectos que fizeram com que o romance se tornasse um best seller mundial, ainda assim, a comédia romântica consegue atingir os que não leram os livros da mesma forma.

Lana Condor tem uma performance muito sincera como Lara Jean e retrata com perfeição o lado tímido, doce e romântico da personagem. Além disso, ela e Noah Centineo tem bastante química em cena, o que funciona bastante bem para o relacionamento falso dos dois personagens. Um dos destaques certamente é Anna Cathcart como Kitty, com seu humor mais ácido e até mesmo precoce para uma criança.

Para Todos Os Garotos Que Já Amei é uma boa comédia romântica que traz diversidade para o gênero, já que Lara Jean e suas irmãs são de ascendência coreana – o filme e principalmente o livro fazem questão de incluírem traços dessa cultura. O filme tem todos os elementos necessários para se tornar um sucesso entre o publico jovem, mas pode atrair também o publico mais velho fã das comédias românticas dos anos 1980. A Netflix já lançou outras comédias românticas em 2018, entre elas O Plano Imperfeito e A Barraca Do Beijo, mas até agora Para Todos Os Garotos Que Já Amei é a que funcionou melhor.

Para Todos Os Garotos Que Já Amei já está disponível no catálogo da Netflix.

4

Resumo

Para Todos Os Garotos Que Já Amei é o maior acerto da Netflix no gênero de comédia romântica recentemente. A adaptação do primeiro livro da trilogia da Lara Jean Covey é bem feita e consegue capturar todos os aspectos mais relevantes do livro, que são mostrados em uma performance muito carismática de Lana Condor.

Comentários

Notícias relacionadas