Tatiana Maslany ganhou nossos corações após suas incríveis atuações em Orphan Black e conseguiu nos deixar mais felizes ao anunciar que participaria da nova série musical Pose, de Ryan Murphy. No entanto, a atriz canadense teve que abandonar o projeto e os criadores da série finalmente explicaram o motivo. Entenda:

Pouco depois de encomendar um drama musical dos anos 80, a FX anunciou que o papel da estrela Orphan Black como professora de dança moderna havia sido reescrito para ser uma mulher afro-americana de 50 anos (agora interpretada por Charlayne Woodard de Leftovers). Durante a turnê de imprensa no Television Critics Association, que aconteceu na última sexta-feira (05), Murphy – co-criador de Pose com Brad Falchuk e Steven Canals – disse aos jornalistas que a decisão de substituir a ganhadora do Emmy foi por questões de idade.

“Quando começamos a filmar o episódio piloto, ficou evidente para mim que Tatiana é uma mulher muito jovem para o papel”, explicou Murphy. “Senti que trabalhando com um elenco jovem, precisávamos de uma figura mais experiente nesse mundo para ser professora de dança. Alguém de uma geração diferente, que fosse um mentor… Precisávamos de uma personagem como Debbie Allen (em Fama de 2009). Todos concordamos que essa foi uma escolha certa para o show”.

Evan Peters (American Horror Story), Kate Mara (House of Cards) e James Van Der Beek (Dawson’s Creek) continuam no elenco.

Na trama, os personagens de Peters e Mara vivem um casal de Nova Jersey, Stan e Patty, que são sugados para o glamour e a intriga da cidade de Nova York na década de 1980. Van Der Beek será o chefe do personagem de Peters, Matt. Maslany seria uma professora de dança moderna que se especializa no talento de Damon (Ryan Jamaal Swain, previamente anunciado).

Pose é co-criado por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Steven CanalsNina Jacobson, Brad Simpson, Alexis Martin Woodall e Sherry Marsh servem como produtores executivos adicionais da série da FX.

Comentários

Notícias relacionadas