Fernando Raposo foi o primeiro autor nacional que me contatou desde que a coluna de livros surgiu. Depois de tantas obras internacionais que passaram por aqui, E muito bom dar valor a algo que saiu de dentro do Brasil – principalmente quando é muito bom! Sempre deixei claro que sou fã de fantasia, sendo esse meu tipo favorito de livro. Quando li a premissa de Hollen – Anjo caído , tinha certeza que iria gostar da trama antes mesmo de começar a lê-la. O assunto envolvendo anjos, demônios e Deus, um diferente daquele que estamos acostumados a ver em assuntos religiosos, me agrada muito! Apesar de Fernando ter me pedido pela resenha, já a traria de qualquer forma para o Ler é Bom, Vai! Estejam prontos ou não, bem vindos ao Submundo!

Você pode achar que já conhece a história do anjo caído – e o nome dele é Lúcifer. Caso seja fã da série de TV, provavelmente irá começar o livro imaginando Hollen com o sotaque britânico e as piadinhas infames que a gente adora. Fiquem tranquilos, a história de Raposo está muito longe disso. Os elementos sobrenaturais transbordam pelas páginas e fiquei espantada com a criatividade do autor. Não é fácil criar algo que nos distancie da realidade cada vez mais, mas Fernando não apenas o faz, mas desenvolve tudo de maneira que faça sentido até para nós mortais.

“A corrupção distorceu a utopia criada por Deus. Sem aceitar o advento do homem, Lúcifer, a Estrela da Manhã, engendrou a maior de todas as traições, e uma guerra sem precedentes mobilizou as hostes celestes. Derrotado, uma ruptura se fez no plano divino, precipitando a terça parte dos anjos à ruína. Arrependido de ter se aliado a Lúcifer, Hollen, um anjo caído, elevou suas orações, clamando pelo perdão. Capturado pelos infernais, foi condenado à morte, sendo lançado no abismo sem fim, fadado a cair por toda a eternidade. No mais desolador dos cenários, percebeu que seus lamentos foram ouvidos, recebendo de Deus uma chance de obter sua redenção. Resgatado das profundezas, encontrou-se no mundo dos homens. O horizonte a sua frente se apresentou nebuloso e os trovões romperam as nuvens, revelando que uma tempestade estava por vir. Cruzando as cortinas que separam os mundos físico e astral e as barreiras do tempo, Hollen terá que lutar por sua vida e pela continuidade da obra divina.”

Como é possível perceber, o livro narra a história de um anjo chamado Hollen. que foi expulso do céu e aprisionado no Sheol por toda a eternidade. Seu castigo seria punir os pecadores aqui na Terra, mas o bom coração do anjo o atrapalha. Após implorar pelo perdão a Deus, ele recebe uma chance salvar as pessoas em uma cidade rodeada por acontecimentos estranhos. Para a surpresa do anjo, os responsáveis pelos mistérios são criaturas que ele não desejava ter de voltar a ver: seres infernais que retornaram a vida depois de serem destruídos no Dilúvio. E é aqui que a ficção adquire um pouco de realidade, pois tais demônios retornaram a Terra como humanos – já encontrou algum por aí?

Divulgação

Para entender a ira de Hollen, Fernando nos mostra um pouco de seu passado e o porque da punição que lhe foi aplicada. Durante uma grande guerra ocorrida anteriormente, nosso protagonista cometeu o erro de ficar ao lado de Lúcifer e, consequentemente, contra Deus. Quando a vitória caiu sobre o rival, coube ao mesmo castigar os inimigos – e Hollen estava entre eles. Mesmo atendendo ao seu pedido de perdao, o anjo se encontra perdido na Terra, em forma humana e sem poderes celestiais. Ele resencia sequestros misteriosos de mulheres, que simplesmente desapareceram da cidade sem deixar rastros. A resposta para seus problemas é pior do que ele imaginava e o anjo nunca desejou tanto ter suas habilidades de volta.

Hollen me surpreendeu muito. As expectativas já eram altas após ter lido a sinopse, mas as reviravoltas que surgem no decorrer das páginas somam qualidade no enredo.O leitor pode pensar que não irá entender a história em alguns momentos – acredite, eu o fiz -, mas Fernando nos explica tudo com os mínimos detalhes. As transições entre o passado e o presente alternam a imagem que temos do anjo caído, que cai no gosto do público logo de cara. O que Hollen pode ter feito para merecer tal castigo? Não deixe seu título angelical te enganar, pois assim como todos nós, foram as escolhas erradas que provocaram consequências para o protagonista. E não pense que você estará diante de uma lavagem cerebral contra ou a favor de determinada religião, longe disso. Independente da crença que tenha, este livro certamente irá te encantar desde a primeira página.

Confesso que não sou muito fã de e-books, razão pela qual levei mais do que o tempo necessário para concluir a leitura. Entretanto, em determinado momento do livro praticamente esqueci que estava diante de algo digital. As palavras surgiam na tela e eu só consegui descansar quando finalmente cheguei ao final. 349 páginas irão passar mais rápido do que você imagina, acredite. O autor utiliza os mais diversos elementos de desenvolvimento da trama para nos conquistar, desde pequenos plot twists a revelações chocantes.

Divulgação

Não há como descrever melhor Hollen – Anjo caído sem dar spoilers ou revelar alguma informação importante. A melhor maneira de se deixar conquistar pela história de Fernando Raposo é lendo-a, conhecendo seus personagens e tudo aquilo que gira em volta dos mesmos.

Caso esteja interessado em comprar o livro – http://zip.net/bftC78

E não deixe de conferir as redes sociais :

Skoob: https://www.skoob.com.br/hollen-526145ed533976.html

Fanpage: https://www.facebook.com/HollenAnjoCaido/

Twitter do autor: http://www.twitter.com/FATRAPOSO

  • Muito Bom
4
Sending
User Review
0 (0 votes)

Comentários

Notícias relacionadas