Ler é Bom, Vai | Uma Dobra no Tempo e Um Vento à Porta

Há quem diga que uma vida é bem vivida é aquela marcada por riquezas e prazeres. Besteira em minha opinião. Afinal, de que adiantam bens materiais se não restarão lembranças quando fomos embora? Madeleine L’Engle soube viver sua vida, de fato. A escritora estadunidense faleceu em 2007, mas seu legado permanecerá para sempre na literatura mundial. Dessa …

Ler é Bom, Vai | O Milésimo Andar, de Katharine McGee!

Uma das maiores conquistas de 2018, embora o ano esteja apenas começando, foi iniciar uma parceria com a Editora Rocco. Assim como todo fã de Harry Potter (desde 2001), sempre tive essa editora como referência. Após algumas tentativas, finalmente conseguimos firmar a parceria – e eu não poderia estar mais feliz. Antes de mais nada, …

Ler é Bom, Vai | O Assassino do Zodíaco, de Sam Wilson

Em 2018, o Poltrona Nerd conseguiu a honra de se tornar parceiro do Grupo Editorial Pensamento. O grupo conta com o trabalho de quatro grandes editoras: Pensamento, Cultrix, Seoman e Jangada. Nossa parceria não poderia ter começado melhor. A Jangada nos enviou o livro O Assassino do Zodíaco, escrito por Sam Wilson. Antes de começar …

Ler é Bom, Vai | Ainda Sou Eu, de JoJo Moyes

Quando fiquei sabendo do lançamento de Ainda Sou Eu, não consegui evitar pensar se seria realmente necessário. Como Eu Era Antes de Você é meu livro favorito da autora até hoje. Quando a continuação foi lançada, fiquei extremamente feliz. Depois de Você conseguiu responder a principal pergunta que ficou em aberto após o primeiro livro: …

Ler é Bom, Vai! | Como Parar o Tempo, de Matt Haig

Embora tenha sido lançado em outubro, demorei para ler Como Parar o Tempo. O motivo? A sinopse não havia me atraído inicialmente. Eis que em 2018 tomei a decisão de ignorar sinopses e seguir com a leitura. E foi o que fiz após descobrir a citação de Neil Gaiman – um dos meus favoritos – …

Ler é Bom, Vai | A trilogia Cinquenta Tons, Grey e Mais Escuro, de E L James

O primeiro volume da trilogia de Erika Leonard James chegava as livrarias há quase sete anos. Publicado em 2011, Cinquenta Tons de Cinza logo chamou a atenção pelo tipo de conteúdo erótico. Distanciando-se dos clássicos romances da literatura, onde verdadeiros príncipes encantados, a trama nos apresenta uma versão deturpada do “mocinho”. Christian Grey logo parece …