Logan, o último filme de Hugh Jackman no papel do Wolverine, quase contou com um importante personagem do universo X-Men. Em entrevista ao VarietyLiev Schreiber confirmou que foi convidado para reprisar o papel de Dentes de Sabre, mas conflitos de agenda com a série Ray Donovan impediram sua participação.

“Houve um convite desde o início de Hugh Jackman e do diretor James Mangold e eu teria adorado trabalhar nele. Foi muito difícil por conta do cronograma de Ray Donovan, e eu acho que eles foram para uma direção diferente, bem como a história”, comenta.

Schreiber interpretou Dentes de Sabre em X-Men: Origens – Wolverine (2009). O ator só tem elogios para Logan:

“Acho que é um ótimo filme. Estou muito orgulhoso de Hugh e do jeito que ele lidou com essa franquia e esse personagem. Foi uma grande experiência estar envolvido com um deles e trabalhar com eles. Eu senti um misto de emoções quando ouvi dizer que ele iria se aposentar”, finaliza.

Logan se passa em 2029 quando a população mutante diminuiu significativamente e os X-Men acabaram. Logan está perdendo seu fator de cura e se rendeu ao álcool, vivendo como chofer. Ele toma conta de um Professor X doente, que vive escondido. Um dia, uma estranha pede a Logan que dirija uma garota chamada Laura até a fronteira do Canadá. Primeiro, eles recusa, mas o Professor espera há muito tempo que essa garota apareça. Laura tem habilidades de luta extraordinárias e é, em muitas maneiras, similar a Wolverine. Ela é perseguida por figuras sinistras que trabalham para uma empresa poderosa; isso ocorre porque seu DNA contém um segredo que a conecta com Logan.

O filme arrecadou mais de US$ 605 milhões na bilheteria mundial. Logan estreou nos cinemas brasileiros no dia 2 de março e será relançado nos EUA em versão preto e branco no dia 16 de maio.

Leia mais:

Logan é uma despedida merecida e que faltava para o Wolverine

Crítica | Logan é visceral, brilhante e revolucionário

Comentários

Notícias relacionadas