Ficha técnica:
Diretor e roteirista: Jordan Peele
Gênero: Terror, Mistério, Suspense
Duração: 1h e 44 minutos
Elenco: Daniel Kaluuya, Allison Williams, Bradley Whitford, Caleb Landry Jones e Catherine Keener

Sinopse: Quando vai visitar a casa da família de sua namorada branca (Allison Williams), Chris (Daniel Kaluuya), um jovem afro-americano, é envolvido na mais sinistra e verdadeira razão do convite. A princípio, Chris entende o comportamento excessivamente gentil da família como uma ansiosa tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas, com o tempo, Chris percebe que a família esconde algo muito mais perturbador.

1 – É um filme de terror que foi indicado ao Oscar

É um filme de terror, um gênero que a Academia tende a ignorar. Ainda mais sendo um longa que estreou há muito tempo, antes mesmo da cerimônia de 2017 e feito por um diretor relativamente desconhecido.

Outro motivo que faz com que o filme de Jordan Peele seja inovador ao obter tantas indicações, é a rara ocorrência de consenso entre a Academia e a população em geral. Normalmente a elite de Hollywood leva em consideração filmes premiados em outros festivais e aclamados pela crítica especializada. Na maioria dos casos, os filmes indicados não tem uma distribuição tão grande como foi a de Corra! nos Estados Unidos e nem o apelo do público mais acostumado aos blockbusters.

2 – É atual e relevante

Corra! invoca temas políticos relevantes para a América moderna, neste caso racismo de semente profunda na classe média alta americana. É uma história sobre diferença entre raças e sobre o privilégio, cheia de imagens políticas em um suspense psicológico, mas que também é capaz de arrancar algumas risadas.

Apesar de ser um filme que fala sobre o racismo, não o vemos descaradamente com pessoas brancas declaradamente supremacistas, mas vindo de pessoas que fingem demonstrar apreço pela cultura negra.

3 – Representatividade

Corra! foi escrito e dirigido pelo afro-americano Jordan Peele e é estrelado pelo também afro-americano Daniel Kaluuya, o resto do elenco é bastante equilibrado. Isso acontecendo em um gênero que é dominado por brancos e orientais e no qual os negros costumam ser os primeiros a morrerem.

4- É assustador

Corra! invoca o medo porque você se sente no lugar do personagem, já que o que o aterroriza pode acontecer com qualquer um de nós. Todos estamos sujeitos a sermos induzido a entrar em uma situação que acaba se tornando um pesadelo, podemos ser hipnotizados e fazer o que não queremos por conta disso, podemos estar andando na rua e sermos sequestrados. Isso prova que muitas vezes a realidade pode ser muito mais assustadora do que simplesmente levar um susto com um fantasma ou monstro.

5 – Mas também é engraçado

Jordan Peele é mais conhecido por seu trabalho em comédias e ele conseguiu levar o humor para seu filme de terror. Há momentos em que o filme nos leva a dar um sorriso amarelo gerado por algum absurdo ou até mesmo por identificação com alguma situação, mas a maioria das risadas ficam por conta das sequências de alívio cômico, em sua maioria protagonizadas por Lil Rel Howery, que interpreta o melhor amigo de Chris – um rapaz sem noção que trabalha no órgão responsável pela segurança e controle de imigração nos Estados Unidos e fica de babá do cachorro de Chris quando ele vai visitar a família da namorada.

Corra! recebeu quatro indicações ao Oscar 2018: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Roteiro Original

O longa já está disponível em DVD e Blu-Ray

Comentários

Notícias relacionadas