COLORAÇO – A febre dos (novos) livros de colorir

Brigadeiro, coxinha disso e daquilo e outras comidinhas básicas receberam o tal raio gourmetizador e parece que essa tal onda de “recriar” coisas que fizeram parte da nossa infância não parou por aí. Aqueles livros que comprávamos nas bancas por um ou dois reais ou aqueles desenhos que fazíamos nossos pais imprimir para testar o …