Crítica | Mare Nostrum: Faltou mais encanto no filme de Ricardo Elias

Mare Nostrum, novo filme de Ricardo Elias (Os 12 Trabalhos), traz uma plot interessante. Há poesia, há magia na narrativa. Mas será preciso muito esforço para compreender o seu objetivo, dado o tom discreto e quase sussurrante da história. A má condução prejudica o que poderia ser uma enriquecedora experiência para o espectador. Sobre o …