Bohemian Rhapsody

Crítica | Bohemian Rhapsody: uma obra de arte digna de Freddie Mercury

Antes mesmo de acabarem as introduções clássicas do começo de um filme, já é possível saber que assistiremos algo diferente. As notas de uma guitarra substituem a já conhecida música clássica da 21st Century Fox. Começam os acordes e pronto, já estamos arrepiados dos pés à cabeça. Embora tenha surgido nos anos 70, canções emblemáticas …