O canal Showtime irá realizar uma sequência para Penny Dreadful. A rede de TV a cabo deu sinal verde para Penny Dreadful: City Of Angels, do criador, escritor e produtor executivo de Penny Dreadful, John Logan, que retorna para as mesmas funções. Ele é acompanhado por Michael Aguilar (Kidding), que será o produtor executivo com ele. A produção está prevista para começar em 2019.

Um descendente espiritual da história ambientada na Londres da era vitoriana, o próximo capítulo empregará uma nova visão, novos personagens e enredos. A nova série se passará no ano de 1938 em Los Angeles, uma época e lugar profundamente infundidos com folclore mexicano-americano e tensão social. Enraizada no conflito entre os personagens ligados à divindade Santa Muerte e outros aliados ao Diabo, Penny Dreadful: City Of Angels explorará uma excitante mistura do sobrenatural e da realidade daquele período, criando novos mitos ocultos e dilemas morais dentro de um cenário histórico genuíno.

“Penny Dreadful: City of Angels terá uma consciência social e consciência histórica que escolhemos não explorar nas histórias de Penny Dreadful em Londres”, disse Logan em entrevista ao Deadline. “Agora vamos nos debater com questões políticas, religiosas, sociais e raciais específicas do mundo real e histórico. Em 1938, Los Angeles estava enfrentando algumas questões difíceis sobre seu futuro e sua alma. Nossos personagens devem fazer o mesmo. Não há respostas fáceis. Existem apenas questões poderosas e desafios morais prementes. Como sempre no mundo de Penny Dreadful, não há heróis ou vilões, apenas protagonistas e antagonistas; personagens complicados e conflituosos que vivem no fulcro da escolha moral”

Penny Dreadful estreou em 2014 e teve três temporadas. A série recebeu 13 indicações ao Emmy, uma indicação ao Globo de Ouro para a atriz Eva Green, e ganhou três prêmios BAFTA.

Comentários

Notícias relacionadas