Fuller House, o retorno da série Três é Demais (Full House) produzido pela Netflix, não terá o retorno das irmãs gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen. As informações são do Hollywood Reporter.

“Embora Ashley e Mary-Kate não estejam fazendo parte, eu sei o quanto Full House tem um significado para elas e o quanto as duas tem um carinho pela família. Foi emocionante ver como elas construíram suas carreiras profissionais, e eu apoio a sua escolha para se concentrar em suas marcas de moda e vários empreendimentos empresariais. Eu aprecio seu apoio e bons desejos em relação a Fuller House”, disse o produtor executivo Robert L. Boyett.

A sequência da comédia terá a volta de Candace Cameron-Bure (D.J), Jodie Sweetin (Stephanie Tanner), Andrea Barber (Kimmy Gibbler) e Dave Coulier (Joey). John Stamos, que será o produtor executivo, retornará como Jesse. Negociações com Bob Saget e Lori Loughlin estão acontecendo.

A trama vai acompanhar a vida da agora adulta D.J. (Candace Cameron Bure), a filha mais velha de Danny. Ela é uma veterinária e recém-viúva, que mora em São Francisco e está grávida de seu terceiro filho. A irmã mais jovem de D.J., Stephanie (Jodie Sweetin), uma musicista, e sua amiga de infância Kimmy Gibbler (Andrea Barber), que agora é mãe de Ramona, uma adolescente, se mudam para ajudar D.J. a cuidar dos dois filhos – J.D., um rebelde de doze anos, e de Max, um garoto neurótico de sete anos.

A Netflix encomendou 13 episódios para Fuller House, que estreia em 2016.

Comentários

Notícias relacionadas