Com apenas dois episódios exibidos até o momento em sua primeira temporada, American Gods, a adaptação do livro de Neil Gaiman pelo canal Starz foi renovada para sua segunda temporada!

De acordo com o Deadline, estimasse que a segunda temporada da série vá estrear em meados de 2018. Embora a contagem de episódios ainda não tenha sido determinada, podemos esperar que a segunda temporada tenha pelo menos a mesma quantidade de oito episódios da temporada atual.

Confirmando a renovação da série, o presidente do canal Starz, Carmi Zlotnik fez a seguinte declaração: “Bryan Fuller, Michael Green e Neil Gaiman troxeram evolução na arte da televisão de forma narrativa, estrutural e gráfica com American Gods, e estamos muito satisfeitos por trabalhar novamente com estes artistas enquanto eles continuam a construir mundos e guerras dos deuses”.

Leia também: Novos cartazes apresentam os personagens da série

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

No Brasil a série é exibida pelo serviço de streaming Amazon Prime.

Comentários

Notícias relacionadas