VALERIE MACON/AFP/Getty Images)

Stan Lee, a lendária figura de quadrinhos que ajudou a criar muitos dos personagens mais icônicos da Marvel, tem sido notícia ultimamente por razões além do legado de quadrinhos. Ao longo do último mês, vários relatos sobre a vida pessoal de Lee revelaram tentativas bizarras de capitalizar as fortunas do senhor de 95 anos e uma nova reviravolta na história torna a saga ainda mais estranha.

Segundo uma reportagem do Daily Beast, as finanças de Lee teriam sido drenadas (em parte) por disputas contínuas com um ex-parceiro de negócios associado à Hands of Respect, uma organização sem fins lucrativos que tanto Lee quanto sua filha JC estavam envolvidos anteriormente. Esta semana, o site de notícias de celebridades TMZ informou que este ex-colega de trabalho supostamente falsificou documentos médicos em outubro passado para instruir a enfermeira pessoal de Lee a drenar vários frascos de sangue dele.

Originalmente, o TMZ relatou que pessoas próximas a Lee estavam preocupadas com o fato de que o próprio sangue seria vendido na forma de canetas, com o sangue como um substituto para a tinta, mas uma atualização do site alega que o sangue foi usado para carimbar a assinatura de Lee em várias histórias recentes da Marvel Comics, entre elas The Mighty Thor # 700 e uma versão variante de Rise of the Black Panther # 1. De acordo com o TMZ, os quadrinhos estão sendo vendidos na Marvel Avengers S.T.A.T.O.N. de Las Vegas, uma loja de exposição e varejo oficialmente licenciada baseada nos filmes dos Vingadores da Disney e da Marvel Studios atualmente operando na Treasure Island Las Vegas. O site obteve um certificado de autenticidade incluído em um dos quadrinhos estampados – vendido por até $500 dólares – alegando que a assinatura do quadrinho foi “carimbada com a tinta com DNA de Stan Lee”. Uma das muitas coisas curiosas sobre o certificado é que ela liga os quadrinhos e o sangue supostamente roubado de Lee à Hands of Respect, cujo logo é impresso na parte inferior do documento.

Pesquisas online sobre a tinta aparecem pouco além das menções nas redes sociais, mas fãs alegaram estar recebendo outros quadrinhos da Marvel estampados com a assinatura de Lee em tinta com DNA. Além disso, um tópico postado nos fóruns do CGC Comics em fevereiro perguntando sobre os quadrinhos à venda na Marvel Avengers S.T.A.T.I.O.N. com a assinatura de Lee inclui um post alegando representar a loja de varejo da exposição, afirmando que os quadrinhos, carimbados com tinta com DNA de Lee, foram doados com o consentimento de Lee após o tiroteio em Las Vegas que custou a vida de 58 pessoas e deixou 851 feridos em outubro do ano passado.

O site io9 entrou em contato com a assessoria jurídica da Marvel Avengers S.T.A.T.I.O.N. e perguntou sobre o caso, eles responderam com uma declaração sucinta confirmando que as histórias em quadrinhos haviam sido vendidas anteriormente no local, mas que não seriam mais: “Somos uma loja de varejo que comprou produtos da Hands of Respect LLC e da DLK Brand Consulting LLC que aparentavam ser certificados e obtidos com autorização. Os quadrinhos foram removidos de nossas prateleiras imediatamente.” Também procuraram o Hands of Respect, mas eles disseram que ninguém estava disponível para comentar o caso.

Comentários

Notícias relacionadas