Geoff Johns anuncia que Doomsday Clock ficará bimestral

Seguindo o lançamento da mais recente edição de Doomsday Clock, veio o anúncio que a série se tornará bimestral, de acordo com o CBR. O roteirista Geoff Johns anunciou via Twitter.

“Nós estamos trocando para bimestral”, Johns escreveu no Twitter. “Eu sei o quão decepcionante é isso, sério. Nós estamos dando nosso melhor para preparar 32 páginas, e reduzir para 20 não é uma opção”.

A série, escrita por Jonhs e desenhada por Gary Frank, teria 12 edições lançadas mensalmente, mas está se provando mais demorada do que foi antecipado. Ao invés de reduzir o número de páginas por edição, ou trazer artistas para auxiliar, Johns e Frank decidiram ajustar o cronograma.

Atrasos entre edições não são desconhecidos na indústria de quadrinhos, especialmente quando importantes eventos e grandes artistas estão envolvidos. Doomsday Clock é um projeto ambicioso, e 32 páginas por mês sempre parecia algo desafiador, ainda mais pelo nível de detalhismo de Frank.

Isso significa que a série, que supostamente estaria concluída em dezembro de 2018, agora irá até 2019. Doomsday Clock está sendo promovida como se passasse cerca de um ano no futuro do Universo DC, então ainda não está claro como isso irá afetar o planejamento das outras séries da DC.

Doomsday Clock #3 já está disponível.

Comentários

Notícias relacionadas