Leitores vorazes sempre acabam por devorar todo e qualquer livro que vem pela frente, independente do tema, autor ou título. Existem aqueles, porém, que nos relutamos a ler por serem considerados ‘da moda’ e se tornarem óbvios demais para entrar em nossa lista de leitura. É exatamente sobre eles que a TAG do mês de julho da Aliança de Blogueiros Literários do Rio de Janeiro vai falar, sobre aqueles livros que todo mundo leu, menos eu!

Divulgação/Allen & Unwin

Sempre fui muito fã do universo criado por J.R.R. Tolkien, mas confesso que após ler todos os volumes de O Senhor dos Anéis, fiquei com preguiça para ler O Hobbit. Os três livros de O.S.A foram a leitura mais arrastada que tive na vida, com seus detalhes exagerados e informações desnecessárias. Acompanhei toda a trilogia de filmes no cinema, tendo inclusive gostado mais do que os filmes baseados na saga de livros. O Hobbit está na lista de exemplares para ler antes de morrer, mas cuja leitura não está não tão próxima de acontecer!

Divulgação/Submarino

Desde que comecei a fazer amizades por conta dos livros, o nome de Julia Quinn sempre era citado em algum momento. Sou fã de romances, mas as capas de época me mantiveram o mais longe possível de suas obras por não ser meu assunto preferido. Não sei se algum dia darei chance a Quinn de compor minha estante, cujos principais autores de romance são Nicholas Sparks e JoJo Moyes.

Divulgação/Versus Editora

Assim como Julia Quinn, Carina Rissi é considerada a autora favorita de muitas pessoas ao meu redor. Diferente da anterior, porém, as capas de seus livros me atraíram para um tipo de romance mais moderno, com assuntos mais atualizados e relacionamentos “reais”. A pilha de livros para ler, porém, ainda permanece grande e aumentando a cada dia mais. Rissi receberá minha atenção em breve, mas não agora.

Comentários

Notícias relacionadas