Mundo em Caos é um relançamento no Brasil pela editora Intrínseca, desta vez, da forma que a obra de Patrick Ness (Sete Minutos Depois da Meia-Noite) merecia. Em 2011, a edição da Pandorga passou despercebido no Brasil. Agora motivado pelo lançamento do filme, a Intrínseca trouxa uma edição caprichada com a capa em alto relevo e as bordas das páginas em vermelho. O livro ainda traz um conto extra que expande o universo do autor.

Originalmente, Mundo em Caos foi lançado no Reino Unido em 2008. O livro originou uma trilogia com os capítulos O Motivo, A Missão e A Guerra. A obra apresenta algumas das influências e temas que o autor gosta de trabalhar: mundo distópico, ficção científica e crítica social.

A trama é situada em um planeta chamado Novo Mundo. O planeta foi colonizado por humanos depois que a Terra se torna um lugar inabitável. Os humanos acabaram enfrentando seres extraterrestres que lhes transmitiram um vírus, fazendo os animais falarem, matando todas as mulheres e fazendo com que os homens passassem a ouvir seus pensamentos, que ficou conhecido como Ruído. Houve uma grande guerra vencida pelos homens, mas as perdas foram imensuráveis. Sem mulheres não existe a geração de novas vidas. A humanidade está caminhando para uma inevitável extinção.

O protagonista da história é Todd, o único garoto que nasceu no planeta antes da Guerra. Perto de completar 14 anos, o menino será declarado homem pela comunidade. Ao lado do seu fiel companheiro, o cão falante Manchee, ele descobre mistérios sobre o Novo Mundo. Os ruídos são permanentes, todos escutam os pensamentos um do outro. O silêncio não existe. Mas durante uma expedição, Todd e Manchee presenciam o silêncio pela primeira vez. Eles encontram uma garota chamada Viola, que consegue esconder seu ruído de todos os homens. A descoberta de uma garota atiça a curiosidade de Todd sobre o Novo Mundo, mas coloca ele, seu cão e a garota em perigo quando passam a serem perseguidos por todos os lados.

Patrick Ness cria um universo e narrativa instigantes desde as primeiras páginas. Os capítulos sempre terminam de uma forma que deixa impossível não continuar a leitura. Ele consegue nadar por diversos temas com grande eficiência. Ora Mundo em Caos é sci-fi e na próxima página se torna um thriller alucinante. O autor utiliza do cenário distópico para empregar crítica sociais ao estilo de vida predatório dos homens, o grandes exterminadores de recursos do mundo.

O único defeito de Mundo em Caos é que ele termina, deixando o leitor na grande expectativa para acompanhar a continuação. É esperar que o próximo livro seja lançado o quanto antes no Brasil.

A chegada de Mundo em Caos pela Intrínseca estaria acompanhado da adaptação cinematográfica. Porém, o longa dirigido por Doug Liman (No Limite do Amanhã) passou por refilmagens e foi adiado para 2020. O filme será estrelado por Tom Holland (Vingadores: Ultimato) e Daisy Ridley (Star Wars – A Ascensão Skywalker).

Comentários

Notícias relacionadas