Sebastian Stan acredita na sólida amizade entre o Capitão América (Chris Evans) e Bucky Barnes, seu personagem. Com o Universo Cinematográfico Marvel se preparando para maior ameaça de todas que é Thanos, todos os heróis se juntam com um objetivo em comum: se certificarem de que os capangas do Titã Louco não consigam pegar as joias do infinito que ele tanto precisa para executar seus planos que mudariam todo o universo. Enquanto Vingadores: Guerra Infinita é sobre o plano geral, os fãs também estão interessados nos relacionamentos entre os personagens. Afinal, a enorme franquia é construída sobre seus personagens atraentes e os relacionamentos de uns com os outros.

Um novo spot pata TV de Guerra Infinita ofereceu aos fãs uma pequena cena do reencontro de Bucky e Steve após a decisão de colocar Bucky em criostase até que os cientistas de Wakanda descobrissem uma maneira de tirar todos os traços da lavagem cerebral que a HYDRA havia feito nele. Como esperado, essa cena foi a cereja do bolo do vídeo, apesar de terem mostrado outras cenas inéditas, o que ilustra o investimento emocional das pessoas na amizade dos dois. Mas passados dois anos desde o último encontro, é curioso ver a quantas anda essa amizade, especialmente após os eventos de Capitão América: Guerra Civil. Stan está confiante de que os dois homens continuam muito amigos.

(Reprodução/Infinity War TV Spot)

Em uma conversa com o site Hey U Guys durante o tapete vermelho do evento de divulgação de Guerra Infinita em Londres, Stan falou brevemente sobre a amizade que começou lá no inicio dos anos 1900 e durou mesmo após Steve ganhar seus superpoderes. Agora, após tudo que eles passaram nos últimos anos, o ator diz que está certo de que o laço especial entre os dois irá continuar e irá desafiar o tempo e que nem mesmo a chegada de Thanos pode mudar a lealdade que eles têm um com o outro. “Bem, você sabe, isso nunca vai acabar. É a história. Seu passado nunca te deixa. O importante é o que você aprende com ele”, disse Stan. Confira o vídeo completo (em inglês):

A amizade entre o Capitão e Bucky é uma das mais singulares e celebradas do Universo Cinematográfico Marvel devido ao seu efeito cascata. A recusa de Steve em resgatar seu amigo mais velho trouxe sérios problemas e até mesmo lhe custou o status de herói americano. Mas ele está disposto a deixar tudo pata trás apenas para ter certeza de que conseguirá manter seu melhor amigo a salvo. Em retrospectiva, apesar de tudo o que aconteceu na trilogia do Capitão América, o relacionamento dos dois é, em última análise, a base dos três filmes. Agora que eles estão indo enfrentar uma ameaça ainda maior, não há duvidas de que estarão preparados para se sacrificarem um pelo outro.

Ironicamente, parece que a história do Capitão está começando a acabar (há rumores de que ele irá morrer no próximo filme dos Vingadores), já a história de Bucky parece estar só começando. Se ele ira ficar com o manto do Capitão América ou não ainda não sabemos, mas de qualquer forma, parece que o Universo Cinematográfico Marvel está colocando ele no centro dos lideres da segunda geração de heróis que está por vir. Pantera Negra deu a entender que ele pode assumir o manto do Lobo Branco e deixará de ser o vilão Soldado Invernal. A trajetória de Bucky na franquia pode ser muito lenta, mas se isso significa que os fãs ainda poderão vê-lo além de Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores 4, então a espera pode valer a pena.

Vingadores: Guerra Infinita chega aos cinemas em 26 de abril

Comentários

Notícias relacionadas