Mulher-Maravilha 1984 será o segundo filme da Amazona, mas não encare como uma sequência direta. Em entrevista ao Vulture, o produtor Charles Roven comparou o próximo filme com Indiana Jones e James Bond, que traziam histórias que não eram encaradas como uma continuação. E ele acrescenta que a diretora Patty Jenkins pensa da mesma forma.

“Ela estava apenas determinada que este filme deveria ser a próxima iteração da Mulher Maravilha, mas não uma continuação. E ela definitivamente está cumprindo isso. É um período de tempo completamente diferente e você terá uma noção do que Diana estava fazendo nos anos seguintes. Mas é uma história completamente diferente que estamos contando. Mesmo que tenha muitas coisas emocionais, muito humor, muita ação corajosa”, disse o diretor.

Situado nos anos 80, a trama irá mostrar Diana Prince enfrentando um novo inimigo: a vilã Mulher-Leopardo.

O filme é estrelado por Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Chris Pine como Steve Trevor, Kristen Wiig no papel da Mulher-Leopardo, Pedro Pascal (Narcos) Natasha Rothwell (Insecure, Love, Simon).

Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder, Patty Jenkins, Stephen Jones e Gal Gadot produzem o filme. Rebecca Roven Oakley, Richard Suckle, Wesley Coller, Geoff Johns e Walter Hamada são os produtores executivos. Hans Zimmer (trilogia Cavaleiro das Trevas, O Homem de Aço, Batman vs Superman) será o compositor da trilha sonora.

Mulher-Maravilha 1984 estreia em 05 de julho de 2020. Patty Jenkins, responsável pelo primeiro filme, assume novamente a direção.

Kristen Wigg - Mulher-Maravilha 1984 Kristen Wigg - Mulher-Maravilha 1984

Comentários

Notícias relacionadas