Leonardo será Leonardo

Uma dose dupla de Leonardos está chegando aos cinemas. Leonardo DiCaprio será o pintor e inventor, Leonardo da Vinci, nos cinemas. A Paramount conseguiu adquirir os direitos do filme após uma pequena batalha com a Universal.

A trama será baseada no livro de Walter Isaacson que carrega o nome do italiano. O mesmo narra a história de vida de Da Vinci, assim como a influência de suas artes na área da ciência. A cinebiografia já tem num nome para assinar seu roteiro, John Logan, de “007 – Operação Skyfall”. Além de protagonizar o longa, DiCaprio irá produzi-lo ao lado de Jennifer Davisson. Infelizmente, ainda não foram revelados mais detalhes sobre a produção e nem quando deve chegar as telas.

O livro foi publicado em outubro de 2017 e desde então segue na lista dos mais vendidos. De acordo com a Editora Intrínseca, responsável pela publicação da obra, o autor usou mais de 7 mil anotações do artista para compor sua biografia, mostrando o lado mais humano desta personalidade mundial. O autor pretende mostrar em seu filme, como o entusiasmo de Da Vinci influenciou suas pinturas e invenções. De acordo com seu livro, o italiano vivia um tanto quanto deslocado por ser ilegítimo, gay, vegetariano, canhoto, histérico e distraído.

Divulgação/Intrínseca

Curiosidades

  • Walter Isaacson já publicou livros sobre Albert Einstein, Henry Kissinger, Steve Jobs e Benjamin Franklin.
  • Leonardo DiCaprio não têm o nome do pintor italiano por acaso. Em 1974, quando sua mãe estava grávida e ele deu o primeiro chute, ela examinava uma obra de Da Vinci.
  • Leonardo Da Vinci não é o primeiro livro de Isaacson a ganhar adaptação para o cinema. O filme “Steve Jobs”, lançado em 2015 e protagonizado por Michael Fassbender, também é baseado em uma obra do autor.
  • Logan irá escrever o roteiro do longa, enquanto DiCaprio se prepara para estrelar o próximo filme de Quentin Tarantino.

Comentários

Notícias relacionadas