Dumbledore (Jude Law) e Grindelwald (Johnny Depp) não aparecem juntos em nenhuma cena de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald. Apesar dos dois personagens terem tido um relacionamento no passado, de acordo com a autora J.K. Rowling, Law e Depp não se encontrarão em nenhum ponto do filme.

Em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, Dumbledore pede ao ex-aluno de Hogwarts, Newt Scamander (Eddie Redmayne) para ajudá-lo a recapturar Grindelwald, que escapou da custódia do Congresso Mágico dos Estados Unidos da América. Grindelwald está recrutando seguidores em um plano covarde de criar um exercito de bruxos puro sangue para reinar sobre o resto do mundo mágico e do não mágico também. Rowling admitiu que os dois homens tiveram um relacionamento amoroso, apesar de isso não ter sido abertamente apontado nos livros da saga Harry Potter.

Em uma entrevista para o Entertainment Weekly, Law admitiu que não teve chance de trabalhar com Depp:

“Eu não tenho nenhuma cena com Johnny, na verdade, Como eu já disse antes, essa é apenas a segunda parte de uma história bem mais longa. Eu sempre o admirei há distância, mas nós não nos conhecemos e eu ainda não o conheci nesse projeto. De muitas maneiras, isso combina com o relacionamento como já faz muitos anos desde que eles se viram. Então há uma complexidade nisso que é divertida para mim. Mais uma vez, o passado se revelará”

Após Rowling completar a série de livros Harry Potter, ela eventualmente revelou que Dumbledore era gay. Law falou sobre como o fato pode ou não afetar a forma como os espectadores veem o personagem no filme.

“O que vocês precisam lembrar é que este é apenas o segundo filme de Animais Fantásticos em uma série de filmes e o que é brilhante sobre a escrita de Jo é a forma com a qual ela revela seus personagens, descascando-os até o coração ao longo do tempo. Vocês vão conhecer Alvo nesse filme, obviamente ainda terá muito mais para conhecer no futuro. Aprendemos um pouco sobre seu passado no começo deste filme, e os personagens e seus relacionamentos se desdobrarão naturalmente, o que eu estou animado para revelar. Mas nós não vamos revelar tudo de uma vez”

David Yates, o diretor de Os Crimes de Grindelwald, admitiu que o filme não irá mostrar explicitamente Dumbledore como um personagem gay. De acordo com Law, isso não significa que o relacionamento romântico entre Dumbledore e Grindelwald não será mencionado mais para frente. Por enquanto, no entanto, o atual filme pretende fugir disso. A decisão de fazer isso, porém, poderia ter mais a ver com o fato de Depp estar no elenco do que com homofobia. Mas sim o fato da ex-mulher de Depp, Amber Heard, ter o acusado de violência doméstica, o que fez com que muitos fãs de Harry Potter criticassem a escolha do ator como o vilão icônico. No entanto, Rowling continua a defender essa decisão de escolha, mas suas declarações fazem pouco para satisfazer muitos fãs que criticaram a escolha em primeiro lugar.

Apesar disso, parece que o filme será muito menos focado em Grindelwald do que o planejado inicialmente. Levando em conta a fala de Law, assim como o pouco que tem de Grindelwald no trailer, parece que a Warner Bros. também está um pouco nervosa com o envolvimento de Depp com a franquia. Porém, pode ser bastante desapontador para os fãs de Harry Potter de longa data que esperavam ver Dumbledore e Grindelwald juntos e até mesmo falando sobre seu relacionamento. Considerando a história que os dois homens têm um com o outro, é bastante estranho eles não aparecerem juntos. Teremos que aguardar os próximos filmes para ver se esse encontro vai acontecer.

Comentários

Notícias relacionadas