poltrona-trolls-posterConhecido no Brasil como Duendes da Sorte, os bonecos Trolls chegam ao cinema em uma divertida adaptação da DreamWorks comandada por Mike Mitchell e Walt Dohrn (de Shrek Para Sempre). O longa corresponde em divertir o público infantil e adulto.

Na trama, os Trolls são seres pequeninos que adoram cantar, dançar e abraçar na floresta. Felicidade eles tem de sobra! Isso acaba irritando os Bergens, monstrengos que só encontram a felicidade quando devoram os Trolls. Depois de uma fuga liderada pelo rei há 20 anos, o esconderijo dos pequeninos é ameaçado novamente pelos monstros que criaram uma data comemorativa para devora-los: o Trollstício. Depois de ver seus amigos serem sequestrados, a princesa Poppy precisa se reunir com o realista Tronco (o único troll que não gosta de cantar, dançar e abraçar) para invadir o lar dos Bergens e salvar seus amigos de serem devorados.

Com uma trilha sonora caprichada, produzida por Justin Timberlake (que também é a voz original do personagem Tronco e compôs a ótima canção-tema “Can’t Stop the Feeling”), a animação possui um bom ritmo trabalhando com eficiência as cenas musicais, que repaginam clássicos como “True Colors”, “September” e “The Sound of Silence”, com a aventura de Poppy e Tronco. Os personagens são carismáticos e apresentam uma dualidade interessante. Enquanto Poppy acredita que o mundo é lindo e maravilhoso, Tronco segue a linha realista (por ora, dura!) do que está lá fora. Os argumentos de um e outro são válidos e se encaixam perfeitamente no nosso cotidiano.

Com isso, o longa tem a eficiente função de mostrar que a felicidade e amor são algo a serem sentidos e não obrigados. A sequência final é o grande momento da fita e passa uma bela lição, principalmente, para aqueles que acreditam que não possam ser felizes. A felicidade está sempre em cada um de nós. Às vezes, precisamos apenas do impulso de uma pessoa especial para encontra-la. Depois, basta seguir adiante.

Ao final, Trolls é mais um acerto da DreamWorks, que entrega uma animação de qualidade, sendo um ótimo entretenimento e que vai além de uma simples distração. Estes pequeninos Duendes da Sorte foram capazes de ensinar o verdadeiro de conceito de amor e felicidade.

  • Ótimo
4

Resumo

Ao final, Trolls é mais um acerto da DreamWorks, que entrega uma animação de qualidade, sendo um ótimo entretenimento e que vai além de uma simples distração. Estes pequeninos Duendes da Sorte foram capazes de ensinar o verdadeiro de conceito de amor e felicidade.

Sending
User Review
4 (2 votes)

Comentários

Notícias relacionadas