Sempre que pensamos em Orlando, lembramos do Walt Disney World Resort. O complexo de parques é o sonho de boa parte dos jovens que o acompanharam por uma tela de televisão na infância. O que muitos não sabem, porém, é que existe uma Flórida muito além de castelos e princesas. Contrastando com a fantasia, os entornos dos parques abrigam pessoas no auge de suas realidades. Enquanto muitos atravessam oceanos para ter a chance de conhecer o reino de Mickey e Minnie, crianças moram a poucos passos dos portões de Magic Kingdom, e não poderiam estar mais distantes de adentrá-los. E é sobre elas que Projeto Flórida nos conta.

Reprodução

O Filme

Moonee (Brooklynn Prince) é uma criança de forte personalidade. Com seus poucos anos, já viu e viveu experiências que não deveria ter presenciado. Longe de viver na realidade que a cerca, rodeada de lojas de presentes e turistas endinheirados, ela aprende a achar graça nas coisas mais simples. Dia após dia, a menina acorda serelepe e com um sorriso no rosto. Seu sonho ainda é conhecer o principal parque do complexo de Walt Disney, mas enquanto isso, se diverte com sorvetes e cusparadas em carros vizinhos.

A mãe de Moone está longe de poder ser considerada um exemplo. Halley (Bria Vinaite) foi mãe jovem demais e cria a filha sozinha. Não há dúvidas de que ela é apaixonada pela menina, mas falha em tarefas básicas. A dieta de Moone é composta por sorvetes, panquecas, refrigerantes e hambúrgueres, que sobram da lanchonete em que sua amiga trabalha. Halley a mantém limpa e com um teto para morar, mas não poupa a garota de seus palavrões.

Bobby Hicks (Willem Dafoe) tenta gerenciar o complexo habitacional Magic Castle. Enquanto é obrigado a lidar com concertos e arranjos, ele é como um anjo da guarda das crianças. Do seu próprio jeito estranho, tem um comportamento protetor com quase todos os moradores. É um sentimento carinhoso, mas que não inclina para o lado dramático.

Reprodução

O Elenco

Brooklynn Prince é o nome a ser lembrado em Projeto Flórida. A menininha de 7 anos rouba a cena desde o primeiro momento. Pode-se dizer sem sombra de dúvidas que ela é uma das melhores atrizes mirins dos últimos tempos. A pouca idade não faz jus a atuação digna de gente grande. Prince se mostra muito à vontade diante das câmeras, com um comportamento orgânico e reações completamente naturais. Ao lado dos amigos Jancey (Valeria Cotto) e Scooty (Christopher Rivera), ela explora os arredores do Magic Castle sem medo, impondo sua vontade sempre que possível.

Halley não poderia ter sido interpretada por alguém melhor do que Bria Vinaite. Não é possível julgar a mãe de Moone apenas com princípios maniqueístas. Até que ponto podemos afirmar se ela é ou não uma boa mãe? O que é ser uma boa mãe? A menina pode não ter a vida de princesa que deseja, mas é livre, feliz e extremamente amada pela mãe. Mas isso é suficiente?

Willem Dafoe embarcou em um dos melhores trabalhos de sua carreira. Embora seja caracterizado como coadjuvante, seu personagem protagoniza os melhores diálogos do filme. O jeito despojado de Dafoe se encaixou perfeitamente no personagem. Bobby é carinhoso ao mesmo tempo em que é levemente ranzinza.

Reprodução

O Que Achamos?

Projeto Flórida está entre as melhores produções que compõe os indicados ao Oscar 2018. Diferente do molde tradicional de filmes, não há um início, meio ou fim. O objetivo do diretor Sean Baker não foi seguir um modelo já existente, mas sim contar uma história. A infância de Moone é retratada de forma verdadeira, sem glamour. A questão principal do longa gira justamente em torno da realidade na qual vivem as crianças.

Moone é um exemplo a ser seguido, principalmente para aqueles que enchem os filhos de brinquedos por julgarem-nos necessários. A menina não precisa de muito para se divertir. Ela tem consciência da proximidade de seu pequeno quarto/casa em relação ao complexo de Walt Disney. E procura criar suas próprias aventuras por causa disso. Um exemplo disso está na cena em que observa vacas em um terreno baldio atrás do hotel. Quando chama aquilo de safári, ela cria sua própria versão do Animal Kingdom.

Por fim, Projeto Flórida também um filme que homenageia o cinema. Nada é por acaso no longa. As cores que estão no cenário e nas roupas das crianças, por exemplo, transmitem ingenuidade. O colorido das cenas ajudam a criar a imagem do mundo fantástico de Moone.

Estamos acostumados a ter uma noção ampla das cenas, onde podemos visualizar todos os elementos. No filme, enquanto as crianças correm de um lado para o outro, a câmera as acompanha e leva o espectador junto. O que poderiam ser situações comuns, com esse recurso se transformam em momentos frenéticos e maravilhosos.

Reprodução

Comentários

Notícias relacionadas