Crônicas de Natal

Final do ano chegando, é hora de relembrar os velhos clássicos de Natal. É provável que já tenhamos visto Esqueceram de Mim e O Grinch umas centenas de vezes. É provável também, que ainda vamos assistí-los outras centenas. Independente do formato que tenha, do rumo que siga, todos os filmes natalinos trazem diversos elementos em comum. Seja pelo Papai Noel descendo pela janela, por alguma confusão que vá prejudicar a ceia de Natal ou pelos biscoitos deixados na lareira, não há como fugir da temática. Mas ainda há maneiras de surpreender ao público com o bom velhinho. A Netflix conseguiu, e o nome disso é Crônicas de Natal.

O Grinch

Crônicas de Natal

Crônicas de Natal foi o terceiro filme natalino lançado pela Netflix em 2018. O streaming nos trouxe também A Princesa e a Plebeia e O Feitiço de Natal. Embora não tenha sido o primeiro, foi sem dúvidas o melhor.

O longa traz a história de Kate e Teddy Pierce, dois irmãos acostumados a sempre comemorar o Natal. Entretanto, uma perda recente na família tirou-lhes totalmente o ânimo para comemorações. Teddy está indo por um caminho perverso, e Kate só quer ver a família toda reunida mais uma vez. O que ela não esperava, porém, era que tal presente chegaria justamente pelas mãos do Papai Noel.

Qual criança nunca tentou ficar acordada até tarde para ver o protagonista do Natal descer pela chaminé? Com os irmãos Pierce não foi diferente, mas ao contrário do que geralmente acontece, eles conseguiram. Kate não apenas se satisfaz em ver o Papai Noel, como decide embarcar em seu trenó. Quando o irmão vai atrás dela, os dois se metem em uma grande confusão, pondo em risco o Natal de todas as crianças no mundo. Juntos, precisam reavivar o amor que existem entre eles e enfim, concertar a besteira que fizeram. Mas não sem antes se divertir no trenó com o bom velhinho. É então que Crônicas de Natal toma forma.

"<yoastmark

O Filme

A história de Crônicas de Natal é perfeita para ser assistida em família, durante o almoço do dia 25. Com um ritmo gostoso, o longa não nos deixa impacientes ou com vontade de mudar de canal, pelo contrário. É daquelas produções que nos deixa com um sorriso no rosto durante toda a duração.

Quanto aos efeitos audiovisuais, o longa não decepciona. Boa parte do filme se passa em um lugar fictício, seja ele o saco de presente do Papai Noel ou o que poderíamos imaginar do Polo Norte. Além disso, temos personagens pra lá de divertidos que, infelizmente, não passam de computação gráfica. Duvido você não se apaixonar pelos pequenos elfos ajudantes do bom velhinho. Vão contra o senso comum, se é que pode haver um para duendes. Em Crônicas de Natal, temos criaturinhas verdadeiramente adoráveis, do tipo que nos farão querer ganhar um de Natal.

"<yoastmark

O Elenco

Uma vez que estamos lidando com um filme sobre o Natal. não é de se espantar que o grande astro seja…o Papai Noel. E a Netflix não poderia ter escolhido rosto melhor para estampar seu último sucesso. Kurt Russel é o bom velhinho dos sonhos de muita criança. Divertido, espontâneo e pra lá de moderno, Russel constrói um personagem fantástico, do tipo que Crônicas de Natal precisa que seja.

A sintonia do ator com os mais novos é o que desenvolve o espírito natalino do longa. Não podemos esquecer o objetivo central do filme: a luta dos irmãos para reconstruir a relação que tinham antes da grande perda na família. Judah Lewis e Darby Camp interpretam os jovens Pierce, e para a pouca idade, o resultado é bastante satisfatório. As crianças transparecem a ingenuidade característica da idade, principalmente nos momentos em que estão se aventurando para tentar corrigir a besteira que fizeram.

"<yoastmark

  • Excelente
4.5

Excelente

Crônicas de Natal é o típico filme para assistirmos com a família em uma tarde de domingo. Entretanto, após assistir pela primeira vez, certamente não irá querer vê-lo apenas em um dia da semana.

Comentários

Notícias relacionadas