O Oscar 2018 pode já ter passado, mas alguns de seus filmes certamente ficarão na lembrança. Dentre eles, um se destacou em meio aos indicados à categoria de Melhor Animação. Você já assistiu um filme pintado à mão? Um filme feito por 125 pintores, que juntos produziram 65 mil frames. Apenas por existir, Com Amor, Van Gogh já merecia toda nossa atenção e créditos. E o resultado é uma verdadeira obra de arte.

Reprodução

O Filme

A trama, como é de se imaginar, fala sobre o pintor holandês Vincent Van Gogh. Ele não é o protagonista da história, mas a mesma gira ao seu redor. Como todos sabemos, Van Gogh ficou famoso não apenas por seu trabalho, mas também por seu estilo exótico e exacerbado. Além de cortar a própria orelha fora, o pintor deu fim a sua vida com uma bala no peito. Mas será que foi exatamente isso que aconteceu? Com Amor, Van Gogh nos faz pensar no assunto.

Durante sua vida, Vincent trocou diversas cartas com o irmão Theo. Todas eram sempre entregues pelo mesmo carteiro, pai de Armand Roulin. Quando um ano após a morte do pintor, o pai encontra uma carta perdida, Roulin resolve entregá-la ao destinatário pessoalmente. O que era para ser uma simples entrega, se transforma em uma grande aventura para Armand. Ele viaja até Arles no sul da França e acaba encontrando pessoas que conheceram Vincent. Cada novo rosto significa uma nova história, e aos poucos, a vida do pintor vai tomando forma.

O que era para ser um conto, se transforma em uma investigação. Armand começa a se questionar sobre o suicídio de Van Gogh, e se pergunta se o pintor realmente tirou sua vida.

Reprodução

O Que Achamos?

Com Amor, Van Gogh é um filme lindo, a melhor homenagem que o pintor francês poderia receber. Mesmo que você não seja um apreciador da arte, a história contada através dela é envolvente e intrigante. Em algum momento do filme, é possível perceber figuras conhecidas por trás dos traços de tinta. Saoirse Ronan, Aidan Turner, Helen McCrory, Jerome Flynn, Chris O’Dowd e Douglas Booth, são alguns dos rostos responsáveis por dar vida aos personagens da trama.

A trajetória de Vincent é conhecida mundialmente. Com o passar dos anos, foi contada e recontada por historiadores, pintores e fãs de seu trabalho. Em Com Amor, Van Gogh nos é mostrada uma nova versão. Os diretores Hugh WelchmanDorota Kobiela trouxeram uma das formas mais inovadoras de contar uma história. Mesmo sendo considerado uma animação, o filme se mostrou extremamente real em diversas cenas. Seria plenamente possível reproduzi-lo com atores e cenários naturais, mas certamente não teria o mesmo efeito. A maneira como o longa foi feito e desenvolvido, o tornou especial. Sem dúvidas uma bela homenagem.

Reprodução

Para a felicidade geral da nação, Com Amor, Van Gogh está disponível na Netflix!

  • Muito Bom
4

Resumo

Com Amor, Van Gogh é o primeiro filme no mundo completamente pintado a óleo. Com cenas belíssimas e uma história intrigante, o longa é a melhor e mais bonita homenagem que o pintor holandês poderia receber.

Sending
User Review
2.88 (8 votes)

Comentários

Notícias relacionadas