Após cinco filmes da franquia Transformers, chegou aos cinemas o primeiro filme derivado: Bumblebee. O longa é ambientado na década de 1980 e acompanha a chegada do Autobot mais querido do público na Terra.

Quando Transformers, o primeiro filme da franquia, foi lançado em 2007 havia uma sensação de nostalgia por conta dos antigos personagens estarem ganhando vida na telona e ao mesmo tempo era uma novidade. O longa recebeu críticas razoáveis e foi um enorme sucesso de bilheteria. Porém, ao longo dos anos os filmes acabaram perdendo muito a qualidade e a magia que possuíam no início, até chegarmos em O Último Cavaleiro, de 2017, que foi duramente criticado e não tão apreciado pelo público, gerando a menor bilheteria de toda a franquia.

É compreensível que muitos tenham ficado com o pé atrás quando foi anunciado que um sexto filme da franquia seria lançado, mas Bumblebee logo de cara já supera as expectativas. O longa começa com a guerra desolando Cybertron, onde Bumblebee e seus companheiros lutam contra os Decepticons. Então Optimus Prime envia o robô amarelo para a Terra para protege-la dos vilões. Ele chega aos Estados Unidos em 1987 e se deparara com um grupo de soldados liderados por Jack Burns (John Cena), que imediatamente ordena que o Autobot seja destruído.

Bumblebee é atacado e foge, arrumando esconderijo em um ferro velho onde mais tarde Charlie (Hailee Steinfeld), uma adolescente apaixonada por carros que encontra um velho Fusca e decide consertá-lo. Ela então descobre que seu Volkswagen caindo aos pedaços é mais do que um simples veículo. É claro que a nova amizade será ameaçada pelos vilões Decepticons e pelo governo americano.

Bumblebee se passa bem antes da primeira visita dos Autobots ao planeta e funciona, de certa forma, como um reinicio da franquia, com um novo elenco de personagens humanos. O longa escrito por Christina Hodson (Refém do Medo) mostra uma jornada de crescimento e foca na construção da amizade entre a protagonista e o querido herói robô alienígena, ambos personagens solitários, que sofreram com perdas e que são excluídos. Mas, apesar dos momentos dramáticos, é um filme leve e engraçado.

Hailee Steinfeld (Bravura Indômita) é uma das melhores atrizes da nova geração e está ótima como Charlie, a indicada ao Oscar prova que consegue liderar um filme. John Cena (Não Vai Dar) e Jorge Lendeborg Jr. (Com Amor, Simon) também se destacam bastante em seus papéis, respectivamente como o perfeito soldado americano e o amigo nerd divertido. Obviamente a estrela é Bumblebee, que apesar de não ser o líder de seu povo, consegue ser um personagem com bastante profundidade e é muito fácil gostar dele.

O longa prova que a franquia precisava de uma nova cara, já que as sequencias de Michael Bay não estavam mais funcionando. Bumblebee faz algo que até o ano passado parecia algo impossível: ele torna a perspectiva de ver um filme da franquia Transformers algo bom. Com uma mistura de ação, humor e emoção, o filme deve conquistar o coração do público que procura entretenimento leve e despretensioso. Bumblebee, definitivamente, é o melhor filme da franquia.

Bumblebee chega aos cinemas no dia 25 de dezembro de 2018

4

Ótimo

Bumblebee faz algo que até o ano passado parecia algo impossível: ele torna a perspectiva de ver um filme da franquia Transformers algo bom. Com uma mistura de ação, humor e emoção, o filme deve conquistar o coração do público que procura entretenimento leve e despretensioso. Bumblebee, definitivamente, é o melhor filme da franquia.

Comentários

Notícias relacionadas