Enquanto a CCXP se prepara para se despedir de mais uma edição, os painéis continuam revelando novas informações aos fãs. Na tarde de hoje, o diretor de Como Treinar o Seu Dragão 3, Dean Dubois aproveitou para comentar sobre a produção.

“O maior desafio do terceiro filme, é que o Soluço tem que aprender a viver sem o Banguela. A amizade com esse Fúria da Noite, fez dele uma pessoa respeitada. Entretanto, também conhecemos a Fúria da Luz, que é de uma espécie muito próxima. A gente vai descobrir o tipo de dragão que ela é.”

Quando perguntado sobre o relacionamento entre Soluço e Banguela, Dubois fez a alegria dos fãs.

“Soluço entende que ele tem que acreditar nele mesmo, nas pessoas ao seu redor. O mundo fica cada vez menor, eles precisam achar um lugar onde se sintam seguros. Além disso, esse filme vai brincar um pouco com a linha do tempo. É divertido a forma como podemos vê-los crescer.”

Durante o painel, uma longa cena de Como Treinar o Seu Dragão 3 foi exibida. Nela podemos ver Astrid, Soluço, Banguela e seus amigos tentando libertar alguns dragões. Mas enfrentar inimigos furiosos certamente não será algo fácil.

O Mundo Oculto

Quando questionado sobre o Mundo Oculto, Dean Dubois esclareceu.

“No mundo oculto a gente queria algo que representasse a forma que os dragões tenham sempre sido parte do nosso mundo. Queríamos algo mágico, mas que fizesse sentido na física do mundo real. Além disso, criamos um lugar que fosse interminável.”

Por fim, o diretor mencionou o processo que passou ao longo dos filmes.

“Foi uma evolução em termos educacionais para mim (em relação a Como Treinar o Seu Dragão 1 e 2). Conforme o tempo passou, a tecnologia evoluiu. O primeiro filme foi nosso primeiro filme usando computação gráfica. Antes tínhamos que usar gráficos, matemática. Agora pode ser feito de uma forma muito mais vasta.”

Comentários

Notícias relacionadas