Algo sem precedentes acaba de acontecer em Hollywood! O diretor Ridley Scott confirmou que Kevin Spacey não faz mais parte do elenco de All the Money in the World, drama inspirado em fatos, que já teve trailer divulgado e tem estreia prevista para dezembro deste ano.

Mesmo com a produção já finalizada, a Sony Pictures e Scott optaram pela retirada do ator após os escândalos de assédio sexual. No filme, Spacey interpretou o magnata J. Paul Getty, que se recusou a pagar resgate pelo neto sequestrado. Christopher Plummer foi contratado para refazer as cenas de Kevin Spacey, que estava irreconhecível em cena pela maquiagem. Além disso, o ator estava na corrida para uma indicação ao Oscar.

A trama segue o sequestro de John Paul Getty III (Charlie Plummer), de 16 anos, e a tentativa desesperada de sua devotada mãe Gail (Michelle Williams) de convencer seu milionário avô a pagar o resgate. Quando Getty Sr. se recusa, Gail tenta influenciá-lo enquanto os sequestradores de seu filho se tornam cada vez mais voláteis e brutais. Com a vida de seu filho no equilíbrio, o conselheiro de Gail e Getty (Mark Wahlberg) se tornam aliados improváveis na corrida contra o tempo que finalmente revela o valor verdadeiro e duradouro do amor em relação ao dinheiro.

Romain Duris e Timothy Hutton também estão no elenco.

O filme é inspirado em fatos a partir do livro de John Pearson. O roteiro foi escrito por David Scarpa (The Day the Earth Stood Still, The Last Castle).

All the Money in the World estreia em 22 de dezembro.

Comentários

Notícias relacionadas