A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou mudanças para o Oscar 2020. Apesar de toda a polêmica envolvendo Netflix e a premiação motivada por grandes nomes como Steven Spielberg, os longas de serviços de streaming não serão excluídos das categorias.

Mas a Academia estabeleceu uma regra: O filme precisa ser sido exibido por sete dias, com pelo menos três sessões diárias no cinema. No primeiro dia de exibição nas telonas, ele já poderá ser incluído no catálogo dos serviços.

A categoria de Melhor Filme Estrangeiro ganhou um novo nome: Melhor Filme Internacional. As regras seguem as mesmas com filmes produzidos fora dos EUA e sem a língua inglesa. A única mudança foi na lista de pré-candidatos que passou de 7 para 10 filmes, com 7 sendo determinados pelo comitê de filmes internacionais e os outros 3 sendo escolhidos pelo comitê executivo de premiação de filmes internacionais.

As outras mudanças foram nas categorias Melhor Maquiagem e cabelo – ampliada de 3 para 5 indicados e a lista de pré-candidatos passando de 7 para 10 filmes. E nas categorias Melhor Filme Animado, que não precisa mais de um número mínimo de lançamentos. Já curta-metragem animado e live action, os filmes passam a ser elegíveis também com exibições em Nova York (anteriormente, as exibições aconteciam apenas em Los Angeles).

A 92ª edição do Oscar acontecerá em 09 de fevereiro de 2020.

Comentários

Notícias relacionadas