Guardiões da Galáxia Vol. 2 deixa um pouco de lado a fórmula Marvel para exaltar a importância da família

Quando lançado em 2014, Guardiões da Galáxia foi um tiro no escuro. Quem em sã consciência apostaria que um filme estrelado por um guaxinim falante e uma árvore alienígena seria um dos grandes hits daquele ano no cinema? Méritos da Marvel Studios e, principalmente do diretor James Gunn, que retorna novamente à direção em uma produção mais audaciosa e que corria o perigo de não empolgar pela “maldição da continuação”. O primeiro longa apresentou com eficiência Peter Quill, Drax, Rocket, Groot e Gamora, todos personagens de mundos diferentes que acabam se tornando protetores do universo cósmico. Tudo recheado com um visual colorido, trilha sonora nostálgica e com o humor característico das produções do estúdio.

Em entrevistas, James Gunn revela que não se sentiu pressionado em escrever e dirigir Guardiões da Galáxia Vol.2, pois o mais difícil ele conseguiu no primeiro filme ao encontrar o timing correto para adaptar a HQ pouco popular do universo Marvel. Agora, o cineasta intensifica a história aproveitando a sintonia ímpar de seus personagens com uma narrativa que foge um pouco da regra dos filmes do selo Marvel Studios. Sem adentrar em spoilers, mas Guardiões da Galáxia Vol.2 não se sente obrigado em interligar com os próximos filmes do MCU. As referências e os fan services estão presentes, mas Gunn decide apostar em algo que deixou em aberto ao final do primeiro filme.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 pode ser definido como uma aventura espacial de pessoas que sofreram perdas, se sentem solitárias e acabam encontrando um ao outro uma relação de família. Aqui não há busca por Joia do Infinito ou a  ameaça de Thanos. A história é sobre encontrar a si mesmo. É uma busca pelas raízes, algo que às vezes está em nossa frente, mas que custamos em compreender por “n” motivos, o principal seria o orgulho.

E orgulho está muito presente em Peter Quill, o Senhor das Estrelas. Em mais uma atuação competente de Chris Pratt, o herói se sente o ‘líder perfeito’, sem se dar conta que suas atitudes acabam por dividir e afetar a equipe. Depois de uma missão mal sucedida envolvendo seres supremos liderados por Ayesha (Elizabeth Debicki), o grupo acaba se encontrando com Ego (Kurt Russell), o pai de Peter Quill. A descoberta do desconhecido pai biológico de Quill mexe com os ânimos de forma negativa.

Peter Quill não percebe que sua verdadeira família já está ali, mas quando uma peça está faltando para completar seu passado, é quase impossível não buscar respostas. Entre muitas piadas (todas usadas em momentos pontuais), James Gunn se aprofunda na relação entre pai e filho. Usando a trilha sonora como uma personagem a parte, a escolha da canção “Father and Son”, de Cat Stevens, não foi à toa. A linda canção é uma mensagem de amor entre um pai e e filho, que se encaixa perfeitamente na sequência final do filme.

Michael Rooker reprisa o papel da ravager Yondu de maneira sublime. Suas reais motivações em relação a Peter Quill são reveladas e o desfecho é deveras emocionante.

Outra relação familiar desenvolvida na história é entre as irmãs Gamora (Zoe Saldana) e Nebulosa (Karen Gillan). Movidas a ódio por conta da criação de Thanos, a duas se vêem forçadas em uma aliança improvável e, independente de suas origens, família é família. Ambas se sentem desprezadas e deixadas de lado, além de não viverem em um ambiente harmonioso. Em meio a um grupo de desajustados, elas conseguem ter um pouco de avença.

Guardiões da Galáxia Vol.2 é uma das produções mais equilibradas da Marvel Studios. Residindo sua força no excelente elenco, que ganhou muitas (e importantes) adições como a de Sylvester Stallone, o longa supera as expectativas coordenando com eficiência várias tramas em conjunto, sem nunca esquecer do entretenimento com qualidade. Diversão pura!

Cinema: Estreias da Semana – [27 de Abril]

A última semana do mês de Abril chega com grandes estreias nos cinemas de todo o país, os atores Cynthia Nixon, Jennifer Ehle e Keith Carradine estrelam o drama “Além das Palavras” com distribuição da Cineart Filmes. A Imovision e o diretor Pascal Plisson apresentam o filme “O Grande Dia” protagonizado por Nidhi Jha e Albert Gonzalez.

O diretor James Gunn esta de volta as telonas na nova aventura da Walt Disney, “Guardiões da Galaxia Vol.2” estrelada pelos atores Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista e Vin Diesel. A Vitrine Filmes apresenta o filme “Vermelho Russo” drama em uma co-parceria entre Brasil e Portugal que conta com a participação de Maria Manoella, Martha Nowill e Michel Melamed.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

Além das Palavras 

(A Quiet Passion) – UK, BEL – 2016 – Drama – Duração: 125 min

Sinopse: Quem foi Emily Dickinson, a poetisa que passou quase toda a vida isolada na mansão de seus pais em Massachusetts? Esta biografia nada convencional faz um retrato íntimo dessa personagem ímpar da literatura norte-americana. Considerada uma criança prodígio, Dickinson sofreu um forte trauma emocional ainda jovem, que a forçou a abandonar os estudos e a transformou em um mulher introvertida. Pelo olhar sensível do diretor Terrence Davies (A essência da paixão, Amor profundo), acompanhamos sua jornada pessoal, na qual se comunicava com o mundo exterior através de cartas. Festival de Berlim 2016.

 

Trailer:

 

Diretor: Terence Davies

Elenco: Cynthia Nixon, Jennifer Ehle, Keith Carradine, Emma Bell, Duncan Duff

Distribuidora: Cineart Filmes

Classificação: 12 Anos

Guardiões da Galaxia Vol. 2

(Guardians of the Galaxy Vol. 2) – EUA – 2017 – Aventura – Duração: 137 min

Sinopse: Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill (Chris Pratt).

 

Trailer:

 

 

 

Diretor: James Gunn

Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel

Distribuidora: Walt Disney

Classificação: 12 Anos

O Grande Dia 

(Le grand jour) – FRA – 2015 – Documentário – Duração: 86 min

Sinopse: Um dia na vida de quatro crianças e adolescentes ao redor do mundo. Alberto, de 11 anos, se prepara para uma grande luta de boxe em Cuba. Nidhi, 16, está dando duro para conseguir uma vaga em uma prestigiada universidade de engenharia da Índia. Deegii, 11 anos, está ensaiando para o tão aguardado teste na mais importante escola de contorcionismo da Mongólia, enquanto Tom Ssekabira, 19, sonha em se tornar um guarda florestal em Uganda, para proteger e estudar macacos. Pelos quatro cantos do mundo, meninos e meninas se lançam em um mesmo desafio: ir atrás de seus sonhos e paixões.

 

Trailer:

Diretor: Pascal Plisson

Elenco: Nidhi Jha, Albert Gonzalez, Monteagudo Ensasi, Deegii, Batjargal, Tom Sseka

Distribuidora: Imovision

Vermelho Russo

BRA, POR – 2016 – Drama – Duração:

Sinopse: Marta (Martha Nowill) e Manu (Maria Manoella) são duas atrizes brasileiras que decidem se mudar para Moscou para estudar o célebre método de atuação do russo Constantin Stanislavski. Lá, envolvidas com um diretor de teatro e em um complexo triângulo amoroso, as duas amigas precisarão descobrir como ultrapassar suas diferenças fora e nos palcos, para que elas possam sobreviver em um país diferente.

 

Trailer:

 

Diretor: Charly Braun

Elenco: Maria Manoella, Martha Nowill, Michel Melamed

Distribuidora: Vitrine Filmes

Crítica | Guardiões da Galáxia Vol. 2 é a prova de que menos é mais

Guardiões da Galáxia foi uma enorme surpresa para os fãs do Universo Cinematográfico da Marvel e, além disso, para os amantes de cinema. James Gunn conseguiu apresentar um novo grupo de heróis em um roteiro bem elaborado que mescla humor, ação e um ótimo desenvolvimento de seus personagens. O diretor conseguiu perpetrar um trabalho que conquistou os fãs e que angariou em um contrato para mais dois filmes dos heróis espaciais. A sequência, titulada de Volume 2, tem a missão de superar (ou igualar) as expectativas dos fãs e de trazer novidades a mais nova franquia da Marvel Studios.

A história mostra a equipe atuando em missões em torno da galáxia após seis meses dos acontecimentos do primeiro filme. Em meio a viagens em torno do universo, Peter Quill (Chris Pratt) encontra seu pai, Ego (Kurt Russel) e começa a aprender sobre o seu passado, como também sobre seus genes alienígenas. Gamora (Zoe Saldana), Drax (Dave Bautista), Baby Groot (Vin Diesel) e Rocket Raccoon (Bradley Cooper) acompanham o Senhor das Estrelas em sua jornada pessoal, além de contarem também com a ajuda de Yondu Udonta (Michael Rooker), Nebulosa (Karen Gillian) e Mantis (Pom Klementieff).

James Gunn não só mantém a base do primeiro filme, como também a exagera. Algumas decisões do diretor para sua sequência desagradam, sendo que duas delas foram as que mais agradaram no seu filme de 2014: o humor e a trilha sonora. O filme perde a sutileza e originalidade, embora consiga trazer boas risadas pelo ótimo timing do elenco. O diretor encaixa piadas e sátiras em praticamente todas as cenas de sua trama; umas são realmente engraçadas e outras não chegam perto disso. Drax, outrora engraçado por não entender metáforas e manter-se sempre com uma postura séria, agora virou o principal alívio cômico. As músicas eram encaixadas de forma sutil e acompanhavam perfeitamente o que determinada sequência nos mostrava, mas em sua continuação elas são extremamente forçadas. Os personagens do filme pedem a todo o momento alguma música, mesmo que ela de nada sirva para a ocasião (na maioria das vezes). Em outros pontos da trama existem explicações da letra de uma determinada canção para a história, subestimando o espectador a interpretar e encaixá-la dentro do contexto do enredo, como no primeiro filme.

Apesar desses erros específicos, o contexto da história acerta em fechar arcos importantes que envolvem Peter Quil e seu parentesco desconhecido; Gamora e a relação com sua irmã, Nebulosa; Yondu e seus motivos obscuros para não ter entregado Peter ao seu pai. Todos esses pontos são bem desenvolvidos e alcançam a sensação de continuidade e de que os personagens estão em evolução. Outro elogio que a produção merece é quanto à fotografia e a coreografia das cenas de ação. É indubitável que Thor: Ragnarok pegou como inspiração o visual colorido e vivo de Guardiões da Galáxia, sem contar no enorme trabalho visual que Steve Dikto e Jack Kirby deixaram nos arquivos da Marvel. Alguns momentos do filme parecem ter sido retirados do visual psicodélico de Doutor Estranho (2016, Scott Derrickson), trazendo à tona que James Gunn não tem medo de fazer filmes que sejam baseados em quadrinhos. Pelo contrário, o diretor (também roteirista do filme) homenageia e faz referências a eles sempre que possível.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 não tem a mesma urgência do seu antecessor, tampouco o mesmo peso. James Gunn nos conta uma história que não tem a devida grandiosidade para o momento em que o Universo Cinematográfico da Marvel está, sem contar a terrível sensação episódica, que ao contrário do recente Star Trek: Sem Fronteiras (2016, Justin Lin), não é nada boa. O diretor repete a estrutura narrativa do primeiro e exagera onde acertou, trazendo um bom filme de comédia ao público, mas que não leva a lugar algum; prova de que menos sempre é mais.

Observação: o filme possui mais de duas cenas pós-créditos, sendo que algumas estão entre os créditos e outras depois. Permaneça até o final.

Cinema: Estreias da Semana – [23 de Fevereiro]

A última semana do mês de Fevereiro chega com grandes estreias nos cinemas de todo o país, a super produção “A Grande Muralha” estreia no circuito estrelando os atores Matt Damon e Pedro Pascal, o diretor e também ator Ben Aflleck lança o filme “A Lei da Noite” com a distribuição de Warner Bros e a Paris Filmes apresenta “Internet – O Filme” com os youtubers Felipe Castanhari, Rafinha Bastos e PC Siqueira.

O ator Lucas Till protagoniza o filme “Monster Trucks” com os atores Jane Levy, Holt McCallany e direção de Chris Wedge, um dos filmes indicado ao Oscar 2017 de melhor filme o drama “Moonlight – Sob a Luz do Luar” estreia nos cinemas com a participação de Trevante Rhodes, Mahershala Ali e Janelle Monáe.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

A Grande Muralha 

(The Great Wall) – EUA – 2016 – Ação – Duração: 103 min

Sinopse: No século XV, um grupo de soldados britânicos está combatendo na China e se depara com o início das construções da Grande Muralha. Aos poucos eles percebem que o intuito não é apenas proteger a população do inimigo mongol e que a construção esconde na verdade um grande segredo.

 

Trailer:

 

Diretor: Zhang Yimou

Elenco: Matt Damon, Andy Lau, Pedro Pascal

Distribuidora: Universal

Classificação: 12 Anos

A Lei da Noite 

(Live By Night) – EUA – 2016 – Ação – Duração: 128 min

Sinopse: Boston, década de 1920. Joe Coughlin, filho mais novo de um capitão de polícia, se envolve com o crime organizado. Ele aproveita seus dias rodeado de dinheiro e poder, mas suas escolhas podem levá-lo à prisão, ou até mesmo à morte. Adaptação do livro escrito por Dennis Lehane.

 

Trailer:

 

Diretor: Ben Affleck

Elenco: Ben Affleck, Zoe Saldana, Elle Fanning

Distribuidora: Warner Bros

Classificação: 14 Anos

Internet – O Filme

BRA – 2016 – Comédia – Duração: 95 min

Sinopse: Construído através da coletânea de oito esquetes, “Internet – O Filme” traz a irreverência e a espontaneidade dos conteúdos de humor audiovisual das redes sociais e da internet para o cinema. Em uma convenção de youtubers, os personagens entram em vários conflitos uma vez que todos eles estão em busca da fama a qualquer preço.

 

 

Trailer:

 

 

Diretor: Fillipo Capuzzi Lapietra

Elenco: Felipe Castanhari, Rafinha Bastos, PC Siqueira

Distribuidora: Paris Filmes

Classificação: 14 Anos

Monster Trucks 

EUA – 2017 – Ação – Duração: 105 min

Sinopse: Procurando um jeito de sair de sua cidade e se dar bem fazendo o que gosta, Tripp (Lucas Till) controi um Monster Truck, uma caminhonete gigante feita com peças de carros sucateados. Certa noite, depois de um acidente provocado por uma empresa que perfura o solo em busca de petróleo, uma estranha criatura busca no caminhão um esconderijo e encontra surpreendentemente, no rapaz, um amigo.

 

Trailer:

 

Diretor: Chris Wedge

Elenco: Lucas Till, Jane Levy, Holt McCallany

Distribuidora: Paramount

Classificação: Livre

Moonlight: Sob a Luz do Luar 

EUA – 2016 – Drama – Duração: 111 min

Sinopse: Black (Trevante Rhodes) trilha uma jornada de autoconhecimento enquanto tenta escapar do caminho fácil da criminalidade e do mundo das drogas de Miami. Encontrando amor em locais surpreendentes, ele sonha com um futuro maravilhoso.

 

Trailer:

 

Diretor: Barry Jenkins

Elenco: Trevante Rhodes, Mahershala Ali, Janelle Monáe

Distribuidora: Diamond Films

Classificação: 16 Anos

Crítica | A Lei da Noite é um trabalho incompleto de Ben Affleck

Sempre subestimado, Ben Affleck mostrou ser muito mais que um típico galã de Hollywood. Desde que passou a assumir a função de diretor com Medo da Verdade (2007), o ator mostrou uma excelência por trás das câmeras comprovadas com Atração Perigosa (2009) e Argo (2012), o último proporcionando-lhe o Oscar de Melhor Filme.

Com bons filmes, mais desafios surgem. E o projeto dos sonhos de Affleck sempre foi adaptar A Lei da Noite, romance de 2012 de Dennis Lehane, autor de Medo da Verdade. Com esse projeto, a Warner Bros. (parceira de todos os filmes do ator) esperava mais um filme vistoso aclamado pela crítica e que estaria entre os favoritos do Oscar 2017. Acabou que foi tudo por água abaixo e a produção resultou em um prejuízo de U$75 milhões para o estúdio. A Lei da Noite pode ser resumido em um filme com boas intenções, um visual noir incrível, mas que soa incompleto. Um longa que caminha sem um desfecho.

Estrelado e dirigido por Ben Affleck, o filme bebe da fonte do gênero gângster, que gerou grandes obras marcadas por cineastas como Martin Scorsese, entre outros. Affleck tenta resgatar essa atmosfera e consegue. O início do filme situado em seu personagem é um dos pontos fortes do filme.

Situado entre as décadas de 1920 e 1930, a história segue Joe Coughlin (Affleck), o filho prodígio do capitão de polícia de Boston (Brendan Gleeson). Depois de se mudar para Ybor City, Tampa, Flórida, ele se torna um contrabandista de bebidas alcoólicas e, mais tarde, um notório gângster.

O filme constrói com eficiência o cenário da época fazendo o parâmetro entre o crescimento da cidade com o surgimento do crime organizado, a força oculta do Ku Klux Klan, jogos de azar e o comércio ilegal de bebidas alcoólicas. Com tudo vindo fácil, Joe Coughlin se vê seduzido a entrar nesse mundo, onde percebe um caminho mais fácil para uma vingança pessoal. Há interessantes discussões no primeiro ato sobre caráter entre Joe e seu pai. Os diálogos entre os dois são executados de forma sublime.

A grande falha do filme é não aceitar o lado obscuro do protagonista. Affleck tenta fazer de Joe um herói incompreendido, que se sente forçado a combater seus rivais, pois eles que são os bandidos. Enquanto A Lei da Noite poderia seguir os passos de Boardwalk Empire em que os fins justificam os meios, o filme se apresenta apenas como um conto moral com o bandido começando a se dar conta de seu papel violento na sociedade, e, assim, busca ser o mocinho da vez.

Ao final, A Lei da Noite é um filme ambicioso, que soava ser o grande trabalho da carreira de Ben Affleck. Contudo, a pretensão do ator e diretor se tornou um filme que introduz com eficiência várias temáticas interessantes, mas que não são concluídas da mesma forma. Uma produção marcada por erros e acertos.

Assista ao incrível primeiro teaser trailer de Guardiões da Galáxia Vol. 2

E a espera acabou! Depois do diretor James Gunn divulgar o primeiro pôster, agora é a vez do público conferir o primeiro trailer de Guardiões da Galáxia Vol. 2.

A trama continua as aventuras da equipe, enquanto atravessam os confins do cosmos. Os Guardiões devem lutar para manter sua família recém-descoberta juntos, enquanto eles desvendam os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill. Antigos inimigos se tornam novos aliados e personagens favoritos dos fãs dos quadrinhos clássicos virão ajudar os nossos heróis, enquanto o universo cinematográfico Marvel continua a se expandir.

Chris Pratt (Peter Quill/Senhor das Estrelas); Zoe Saldana (Gamora); Dave Bautista (Drax); Vin Diesel (voz do Groot); Bradley Cooper (voz do Rocket); Michael Rooker (Yondu); Karen Gillan (Nebula); e Sean Gunn (Kraglin) reprisam seus papeis. As novidades no elenco são Pom Klementieff (Oldboy), Elizabeth Debicki (Evereste), Chris Sullivan (da série The Knick) e Kurt Russell (Os 8 Odiados).

Guardiões da Galáxia 2 estreia em 27 de abril de 2017 no Brasil. A continuação será novamente dirigida e escrita por James Gunn.

A Lei da Noite | Novo filme de Ben Affleck ganha primeiro trailer

A Warner Bros. Pictures divulgou o primeiro trailer de A Lei da Noite (Live By Night), novo filme dirigido e estrelado por Ben Affleck (Atração Perigosa, Argo). Veja abaixo!

O filme é inspirado no livro Os Filhos da Noite, de Dennis Lehane (autor de A Ilha do Medo, Sobre Meninos e Lobos). A produção marca a segunda colaboração entre o escritor e o cineasta, depois do sucesso do elogiado Medo da Verdade.

A Lei da Noite situa-se nos turbulentos anos 1920, quando a proibição da Lei Seca americana não interrompeu o fluxo de bebidas em estabelecimentos ‘underground’ dirigidos por mafiosos de boa lábia. A oportunidade de ganhar poder e dinheiro estava à disposição para qualquer homem com ambição e nervos suficientes, e Joe Coughlin, o filho do Superintendente da Polícia de Boston, há muito tempo deixou para trás sua rígida educação para sucumbir à adrenalina de ser um fora-da-lei. Mas, mesmo entre criminosos há regras, e Joe desobedece a maior delas: trair duplamente um poderoso chefão da máfia, roubando seu dinheiro e sua mulher. O romance ardente termina em tragédia, e Joe começa a trilhar uma rota de vingança, em que ambição, romance e traição o levam do submundo de Boston para os degraus esfumaçados dos porões de contrabando de rum na cidade de Tampa.

Elle Fanning, Sienna Miller, Zoe Saldana, Chris Messina e Chris Cooper também estão no elenco.

Leonardo DiCaprio, Jennifer Davisson KilloranJennifer Todd produzem o filme junto com Affleck.

A Lei da Noite estreia em 12 de janeiro de 2017 no Brasil.

 

Cinema: Estreias da Semana – 01 de Setembro

A primeira semana do mês de setembro chega com diversos lançamentos nas telonas de todo o país.

A Califórnia Filmes apresenta o drama europeu “A Comunidade” com direção de Thomas Vinterberg. A renomada atriz brasileira Sonia Braga estrela o filme “Aquarius” com a distribuição da Vitrine Filmes e o jovem ator de Hollywood Jacob Tremblay, que vem conquistando plateias de todo o mundo, estrela junto com os atores Kate Bosworth e Thomas Jane o terror “O Sono da Morte“.

Uma das grandes estreias do ano, “Star Trek: Sem Fronteiras“, finalmente chega ao cinemas brasileiros com a direção de Justin Lin e com um elenco de primeira, que inclui Chris Pine, Zachary Quinto, Simon Pegg e Zoe Saldana. A Paris Filmes traz ao circuito a comédia romântica nacional “Um Namorado Para Minha Mulher” com os atores Ingrid Guimarães, Caco Ciocler, Domingos Montagner e Miá Mello.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

145738.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxxA Comunidade

(Kollektivet) – DIN, HOL – 2016 – Drama – Duração: 11 min.

Sinopse: Na década de 1970, Erik (Ulrich Thomsen) e Anna (Trine Dyrholm) são um casal de acadêmicos cheio de sonhos. Junto com a filha, Freja, eles montam uma comuna em um elegante bairro de Copenhague para dividir a casa e viver em conjunto com outras pessoas. Querendo estar no centro da história e realizar o sonho de viver em grupo, eles realizam jantares, reuniões e festas. Levados pelo mesmo sonho, um caso de amor abala a pequena comunidade, fazendo com que esse grupo de sonhadores e idealistas acordem para a realidade.

Trailer:

Direção: Thomas Vinterberg

Elenco: Ulrich Thomsen, Trine Dyrholm, Lars Ranthe

Distribuidora: Califórnia Filmes

Classificação: 14 Anos

241687Aquarius

BRA, FR – 2016 – Drama – Duração: 141 min.

Sinopse: Clara (Sonia Braga) tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife, onde criou seus filhos e viveu boa parte de sua vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

Trailer:

Direção: Kleber Mendonça Filho

Elenco: Sonia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos

Distribuidora: Vitrine Filmes

Classificação: 18 Anos

469877O Sono da Morte

(Before I Wake) – EUA – 2016 – Terror – Duração: 96 min.

Sinopse: Logo após perder o filho pequeno, o casal Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) aceita adotar Cody (Jacob Tremblay), um garoto da mesma idade. O filho adotivo se adapta bem à nova família, mas ele tem um problema: os seus sonhos se tornam realidade, e os pesadelos, especialmente, podem ser mortais. Quando Jessie e Mark investigam o passado do garoto, descobrem histórias sinistras.

 

Trailer:

Direção: Mike Flanagan

Elenco: Kate Bosworth, Thomas Jane, Jacob Tremblay

Distribuidora: Playarte

Classificação: 14 Anos

127123Star Trek – Sem Fronteiras

(Star Trek Beyond) – EUA – 2016 – Ficção – Duração: 122 min.

Sinopse: Após sofrerem com a ira de John Harrison (Benedict Cumberbatch), Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto), Uhura (Zoe Saldana), McCoy (Karl Urban), Sulu (John Cho), Chekov (Anton Yelchin) e Scotty (Simon Pegg) retornam à Enterprise para uma nova e difícil aventura intergaláctica.

 

 

Trailer:

Direção: Justin Lin

Elenco: Chris Pine, Zachary Quinto, Simon Pegg, Zoe Saldana

Distribuidora: Paramount

Classificação: 12 Anos

namoradoparaminhamulher_1Um Namorado Para Minha Mulher

BRA – 2014 – Comédia Romântica – Duração: 106 min.

Sinopse: Cansado das reclamações da esposa, homem contrata um sedutor profissional para conquistá-la e tornar-se seu amante. Versão brasileira do argentino Um Namorado Para Minha Esposa (2008), dirigido por Juan Taratuto.

 

 

 

Trailer:

Direção: Julia Rezende

Elenco: Ingrid Guimarães, Caco Ciocler, Domingos Montagner, Miá Mello, Paulo Vilhena, Marcos Veras, Letícia Colin, Marcelo Laham, Paulinho Serra.

Distribuidora: Paris Filmes

Classificação: 12 Anos

Uhura, Scotty e Sulu ganham seus cartazes de Star Trek: Sem Fronteiras

Paramount Pictures divulgou mais três cartazes de Star Trek: Sem Fronteiras. Veja na galeria abaixo o engenheiro chefe Scotty e os tenentes Sulu e Uhura!

Na trama,  capitão Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto), Uhura (Zoe Saldana), McCoy (Karl Urban), Sulu (John Cho), Chekov (Anton Yelchin) e Scotty (Simon Pegg) embarcam em uma missão envolvendo uma perigosa guerra intergaláctica. As novidades são Idris Elba como o vilão e Sofia Boutella no papel de Jaylah.

Veja mais: Assista ao segundo e empolgante trailer de Star Trek: Sem Fronteiras

Com direção de Justin Lin, Star Trek: Sem Fronteiras estreia em 1º de setembro no Brasil. Pegg escreve roteiro ao lado de Doug Jung (da série Banshee). J.J. Abrams, diretor dos dois primeiros filmes da nova franquia, assume a produção.

Paramount divulga o segundo cartaz de Star Trek: Sem Fronteiras

Paramount Pictures divulgou hoje o segundo cartaz de Star Trek: Sem Fronteiras . Veja na galeria abaixo!

Na trama,  capitão Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto), Uhura (Zoe Saldana), McCoy (Karl Urban), Sulu (John Cho), Chekov (Anton Yelchin) e Scotty (Simon Pegg) embarcam em uma missão envolvendo uma perigosa guerra intergaláctica. As novidades são Idris Elba como o vilão e Sofia Boutella em um papel misterioso.

Com direção de Justin Lin, Star Trek: Sem Fronteiras estreia em 1º de setembro no Brasil. Pegg escreve roteiro ao lado de Doug Jung (da série Banshee). J.J. Abrams, diretor dos dois primeiros filmes da nova franquia, assume a produção.

Assista ao segundo e empolgante trailer de Star Trek: Sem Fronteiras

A Paramount Pictures divulgou o segundo trailer de Star Trek: Sem Fronteiras durante um evento especial para fãs em Los Angeles. Assista abaixo!

Chris Pine, Simon Pegg, Zachary Quinto, Anton Yelchin, Karl Urban, Zoe Saldana e John Cho estarão de volta a bordo da U.S.S. Enterprise. As novidades são Idris Elba como o vilão e Sofia Boutella em um papel misterioso.

Com direção de Justin Lin, Star Trek: Sem Fronteiras estreia em 1º de setembro no Brasil. Pegg escreve roteiro ao lado de Doug Jung (da série Banshee). J.J. Abrams, diretor dos dois primeiros filmes da nova franquia, assume a produção.

Primeiro trailer de Star Trek Beyond é divulgado

Depois de algumas imagens e de o próprio trailer de Star Trek Beyond terem vazado, a Paramount decidiu divulgar de forma oficial o trailer do novo longa. Confira:

Chris Pine, Simon Pegg, Zachary Quinto, Anton Yelchin, Karl Urban, Zoe Saldana e John Cho estarão de volta a bordo da U.S.S. Enterprise. As novidades são Idris Elba como o vilão e Sofia Boutella em um papel misterioso.

Com direção de Justin Lin, Star Trek Beyond estreia em 08 de julho de 2016, ano que marca os 50 anos da série. Pegg escreve roteiro ao lado de Doug Jung (da série Banshee).

Fatos e curiosidades | 17 atores que fizeram filmes da Marvel e DC

O SuperHeroHype reuniu uma lista com atores que estiveram em adaptações ao cinema dos quadrinhos da Marvel e DC. Ao todo são 17 atores que figuraram entre heróis, vilões ou meros coadjuvantes nos dois universos.

Ben Affleck

Em 2003, o ator e diretor ganhador de 2 Oscars estreou no mundo dos heróis interpretando Matt Murdock em Demolidor, versão da Fox dos quadrinhos da Marvel. O filme foi um fiasco e Affleck foi um dos culpados pelo resultado negativo. Agora, mais experiente, o ator será o novo Batman no universo compartilhado da DC Comics. Além de Batman vs Superman, Ben Affleck já tem presença confirmada como Bruce Wayne em Esquadrão Suicida, Liga da Justiça e o próximo filme solo do Cavaleiro das Trevas.

James Marsden

Marsden interpretou Scott Summers, o Ciclope, na trilogia original de X-Men. Em 2006, o ator pôde ser visto nos cinemas nos filmes X-Men 3 e em Superman - O Retorno, quando interpretou Richard White, o marido de Lois Lane.

Ryan Reynolds

Em 2004, Reynolds interpretou Hannibal King em Blade Trinity, terceiro e último filme da série Blade, estrelada por Wesley Snipes. Saindo da Marvel, o ator ingressou no universo DC Comics ao interpretar Hal Jordan em Lanterna Verde (2011). Fracasso em bilheteria, o longa acabou nem ganhando uma continuação. Contudo, seu grande papel está mesmo no universo Marvel. Depois de interpretar Deadpool em X-Men Origens: Wolverine (2009), ele ganhou a oportunidade de estrelar o filme solo do mercenário falastrão, considerado um dos filmes mais aguardados de 2016.

Chris Evans 

No ano de 2005, o desconhecido Chris Evans interpretou Johnny Storm em Quarteto Fantástico e na sequência Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007). Os dois filmes da Fox foram motivos de piada com o ator na lista dos piores do ano. Deixando a Marvel de lado, o ator participou do filme Os Perdedores (2010), adaptação dos quadrinhos da DC Comics. Porém, no ano de 2011, ele conseguiu seu grande papel: Steve Rogers na adaptação da Marvel Studios, Capitão América: O Primeiro Vingador, Os Vingadores (2012), Capitão América: O Soldado Invernal (2014) e Vingadores: Era de Ultron (2015). Em 2016, ele retorna ao papel do herói no longa Capitão América: Guerra Civil.

Idris Elba

Antes de ficar conhecido como Heimdall nas adaptações da Marvel Studios de Thor, Idris Elba esteve na adaptação da DC de Os Perdedores (2010), com Chris Evans e Zoe Saldana no elenco. Elba também esteve em outra adaptação de um personagem da Marvel, mas sob o comando da Columbia Pictures, quando interpretou Moreau em Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança.

Laurence Fishburne

O eterno Morfeu de Matrix dublou o Surfista Prateado no filme Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007). No ano de 2013, ele assumiu o papel de Perry White, o editor-chefe do Planeta Diário, no filme O Homem de Aço. Ele irá reprisar o papel em Batman vs Superman - A Origem da Justiça, que estreia em 2016.

Natalie Portman 

Portman interpretou a bela Evey em V de Vingança, adaptação dos quadrinhos Vertigo (selo da DC Comics), e surpreendeu ao raspar o cabelo. No ano de 2011, a atriz recém-ganhadora do Oscar ingressou no universo da Marvel Studios ao interpretar Jane Foster em Thor e Thor: O Mundo Sombrio (2013).

Hugo Weaving

Parceiro de Natalie Portman em V de Vingança, Hugo Weaving se saiu muito bem como o misterioso V. O mesmo se esperava quando o ator assumiu o papel do vilão Caveira Vermelha em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011). Desde então, a Marvel Studios nunca mais procurou o ator sobre um possível retorno.

Adewale Akinnuoye-Agbaje

O Mr. Eko da série Lost interpretou o elfo negro Algrim em Thor: O Mundo Sombrio (2013), adaptação da Marvel Studios. Em 2016, o ator será visto como o vilão Crocodilo em Esquadrão Suicida, adaptação da Warner Bros. sobre a equipe de mercenários da DC Comics.

Michael Fassbender

Antes de reinar como a versão jovem de Magneto em X-Men: Primeira Classe (2011) e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), adaptação da Fox dos quadrinhos da Marvel, o ator participou os filmes 300 e Jonah Hex, ambas adaptações inspiradas em quadrinhos da DC Comics. 
Em 2016, o ator alemão vai reprisar o papel do mutante em X-Men: Apocalipse.

Josh Brolin

Brolin foi o protagonista de Jonah Hex, adaptação dos quadrinhos da DC Comics, considerado um dos piores filmes de 2010. Agora, o ator interpreta o vilão Thanos no universo da Marvel Studios. Sua primeira aparição foi em Guardiões da Galáxia (2014).

Djimon Hounsou

Hounsou interpretou o Papa Midnite na adaptação de Constantine, do selo Vertigo. Em 2014, o ator foi visto no papel de Korath em Guardiões da Galáxia (2014), da Marvel Studios.

Tao Okamoto 

A bela japonesa interpretou Mariko, o par romântico de Logan em Wolverine: Imortal (2013), da Marvel. Em 2016, a atriz será vista como Mercy Graves em Batman vs Superman - A Origem da Justiça, adaptação da DC Comics.

Tommy Lee Jones

Em Batman Eternamente (1995), Tommy Lee Jones interpretou o vilão Duas-Caras. Mas, o ator vai ficar lembrado como o rabugento Coronel Chester Phillips em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011).

Tim Robbins

Quem se lembra dessa? Tim Robbins estava no elenco de Howard, o Super-Herói (1986), adaptação dos quadrinhos da Marvel. Em 2011, o ator ingressou no universo DC ao interpretar Hammond no filme Lanterna Verde.

Ned Beatty

O comediante Ned Beatty participou dos filmes Superman (1978) e Superman II (1980) no papel de Otis, o capanga de Lex Luthor. Poucos se lembram, mas ele também esteve no filme do Capitão América de 1990.

Zoe Saldana

Papeis de mulheres fortes, independente se Marvel ou DC, é com ela. Saldana viveu a durona Aisha em Os Perdedores (2011) e agora interpreta a guerreira Gamora, vista em Guardiões da Galáxia (2014).

I Kill Giants | Zoe Saldana se junta ao elenco da adaptação

Segundo informações do ComingSoonZoe Saldana (Guardiões da Galáxia) está se juntando ao elenco de I Kill Giants, adaptação da conceituada graphic novel de Joe Kelly.

A atriz se junta a jovem Madison Wolfe, que vai interpretar a protagonista Barbara.

A trama acompanha uma menina desajustada chamada Barbara (Wolfe) lutando contra monstros reais e imaginárias em sua vida.

Zaldana vai interpretar Sra Molle, a psicóloga de Barbara, que desempenha um papel fundamental, ajudando a menina a superar as ameaças internas e externas, formando uma ligação inspiradora com ela no processo.

Anders Walter fará sua estreia na direção de I Kill GiantsChris Columbus produz a adaptação via 1492 Pictures/Ocean Blue Entertainment. As filmagens estão agendadas para 2016.