Ler é Bom, Vai | #Girlboss, uma divertida aula sobre negócios por Sophia Amoruso

Há quem diga que gostar de um livro depende muito do momento em que seus pensamentos se encontram e definitivamente #GIRLBOSS é um clássico exemplo disso. Provavelmente teria achado ele entediante em outras épocas, mas me identifiquei muito com a fase iniciar de Sophia Amoruso – inclusive marcando algumas de suas frases -, e devorei o livro em apenas alguns dias.

Em #GIRLBOSS, assim como na série homônima da Netflix, Sophia nos relata sobre os momentos cruciais de sua carreira e como sua vida girou em torno disso. Em boa parte das páginas temos situações engraçadas e de superação, que transformam o livro em uma espécie de guia para o sucesso inesperado. Quando ela resolve partir para apenas instruções e termos técnicos nós já estamos apaixonados pela história, e por mais que se torne burocrático e monótono, Amoruso sabe como manter seu público preso em suas palavras.

“Não importa onde você está na vida, você vai poupar muito tempo ao não se preocupar demais com o que os outros pensam de você […]. Você é quem você é, então, acostume-se com isso.”

Uma das maiores qualidades de Sophia é não ligar para o que os outos podem vir a pensar de suas ações – ela realmente não liga para as consequências. Sejam seus ideais anarquistas e anticapitalistas, ela sempre procurar tirar o melhor proveito de todas as situações e dar a volta por cima a seu favor. A maneira fácil e objetiva como Sophia escreve nos traz para dentro de seu universo e parece que estamos lendo um conto fantástico ao invés de pura realidade. Você pode não concordar com tudo o que ela faz e/ou diz, pois o lado impulsivo da moça é facilmente confundido com prepotente e petulante. Entretanto, o objetivo desse grande relato chamado #GIRLBOSS não é saber nossa opinião e sim apenas contar uma história.

Seja você uma ou um adolescente, duvido não ter vontade de sair pedindo carona pelo país e vivendo as loucuras de Sophia sem a menor preocupação com o dia de amanhã. Lembre-se, porém, de tudo que ela teve a ensinar em seu “roteiro”. Não é todo mundo que irá sentar em frente ao computador, criar uma conta no eBay e alguns meses depois ter um império de milhões de dólares. Sophia é bem clara em tudo que diz, procurando sempre vangloriar-se e trazer mais público para sua empresa, mas não iludindo o leitor de que tudo tenha sido fácil.

“Quando as vendas aumentavam, perto das festas de fim de ano, eu ficava tirando fotos da tela toda vez que o saldo da conta subia, porque eu não sabia se algum dia veria novamente tanto dinheiro acumulado. Eu queria lembrar, para sempre, como eram ter tantos zeros juntos.”

#GIRLBOSS é uma grande aula divertida e objetiva sobre como ter seu próprio negócio, mesclando uma dissertação cômica e pessoal com termos técnicos e burocráticos do mercado. Por mais que apareça bastante entre as páginas, a palavra “sorte” não pode descrever e levar todo o mérito pelo sucesso de Sophia Amoruso. Não, ela não passou pelos típicos rituais de uma adolescente – escola, faculdade, estágio e emprego -, mas talvez tenha batalhado mais pelos seus objetivos do que muitos. Aprender a lidar com pessoas e dedicar-se intensamente a seus sonhos foi o que transformou a menina de 22 anos na multimilionária dona da Nasty Gal.

Por fim, a autora optou por também incluir depoimentos de outras #GIRLBOSSes, que em algum momento tiveram suas histórias unidas em um só lugar. A única crítica está nas partes finais do livro, que demoram mais a passar do que a obra inteira. Sophia tenta nos convencer de coisas e introduzir de qualquer maneira os princípios da Nasty Gal, indo contra todas as suas ações até então. Não é algo que comprometa a trama como um todo, longe disso, mas evita que tenhamos um fechamento com chave de ouro.

 

Primeiras Impressões | De forma divertida e agitada, Girlboss nos ensina a nunca desistir dos sonhos

Você provavelmente nunca ouviu falar de uma marca norte-americana chamada Nasty Gal, e muito menos de sua criadora / CEO, Sophia Amoruso, mas se você é um fã das séries da Netflix – o que certamente você é -, esses dois nomes vão se tornar populares no seu vocabulário muito em breve.

O serviço de streaming vai lançar no dia 21 de abril a série Girlboss, baseada na trajetória de Sophia desde seus piores dias, até se tornar uma das únicas milionárias norte-americanas que conseguiu sua fortuna sozinha. Aos 22 anos, ela resolveu vender roupas antigas no eBay para conseguir dinheiro, depois de ser demitida de seu emprego e não conseguir arrumar nada que rendesse um salário decente. Trabalhando de recepcionista em uma universidade, Sophia se surpreendeu com o poder da internet após vender uma jaqueta vintage por mais de 600 dólares, tendo comprado-a por 9 em um brechó.

Assistimos os quatro primeiros episódios da série e o que podemos dizer é: se continuar com o ritmo agitado e engraçado presentes a partir do segundo episódio (o primeiro é introdutório, então pode não parecer interessante), o show tem tudo nas mãos para atingir grande sucesso. Britt Robertson consegue deixar para trás a personagem monótona de Under the Dome, e oferece jovialidade e carisma a protagonista Sophia. Robertson apresenta todas as características que uma “adolescente-adulta” em sua situação teria e é a responsável por boa parte da atenção do espectador nos episódios. O elenco ainda apresenta outro ator de Under the Dome, o veterano Dean Norris, no papel do pai de Sophia, Jay.

Juntando-se a Norris e Robertson, temos Ellie ReedAlphonso McAuley e Johnny Simmons, além de outros atores que participam de um arco pequeno de episódios. Ainda não sabemos como a série irá seguir, mas aparenta ser bem divertida. Com episódios de em média 26 minutos, quando começamos a gostar da história ela acaba e o próximo já vem em seguida. Definitivamente algo gostoso e fácil de se ver!

Girlboss | Assista ao trailer da série da Netflix sobre Sophia Amoruso

A Netflix divulgou o trailer completo de Girlboss, série inspirada em um dos livros mais vendidos no topo da lista do New York Times, #Girlboss, de Sophia Amoruso – fundadora da marca de moda Nasty Gal. Veja no player abaixo!

Girlboss é centrada em Amoruso (Britt Robertson), que começou a vender roupas customizadas no eBay e, com a idade de 28 anos, havia construído um multi-milionário império da moda, a Nasty Gal. Girlboss tem como criadora e produtora executiva Kay Cannon (A Escolha Perfeita 1& 2, 30 Rock), também showrunner da série.

Ellie Reed (Annie), Alphonso McAuley (Dax), Johnny Simmons (Shane) e Dean Norris (Jay) também estão no elenco.

Charlize Theron (Monster: Desejo Assassino, Jovens Adultos),​ Laverne McKinnon e Beth Kono​, da produtora Denver & Delilah, Christian Ditter (Como Ser Solteira) e Sophia Amoruso são os produtores executivos. Ditter também dirigiu episódios da série, uma produção da Netflix com 13 episódios de meia hora. A série estreia em 21 de abril.

Girlboss | Série que contará a história de Sophia Amoruso ganha teaser e data de estreia

Inspirada em um dos livros mais vendidos no topo da lista do New York Times, #Girlboss, de Sophia Amoruso – fundadora da marca de moda Nasty Gal -, a série de 13 episódios Girlboss ganha data de estreia na Netflix: dia 21 de abril de 2017.

Girlboss é centrada em Amoruso (Britt Robertson), que começou a vender roupas customizadas no eBay e, com a idade de 28 anos, havia construído um multi-milionário império da moda, a Nasty Gal. Girlboss tem como criadora e produtora executiva Kay Cannon (A Escolha Perfeita 1& 2, 30 Rock), também showrunner da série.

Charlize Theron (Monster: Desejo Assassino, Jovens Adultos),​ Laverne McKinnon e Beth Kono​, da produtora Denver & Delilah, Christian Ditter (Como Ser Solteira) e Sophia Amoruso são os produtores executivos. Ditter também dirigiu episódios da série, uma produção da Netflix com 13 episódios de meia hora.

Girlboss é estrelada por Britt Robertson (Sophia), Ellie Reed (Annie), Alphonso McAuley (Dax), Johnny Simmons (Shane) e Dean Norris (Jay).

Dean Norris entra para o elenco de Girlboss, nova comédia da Netflix

Famoso por seu papel em Breaking Bad, Dean Norris, assinou contrato para participar da nova comédia da Netflix, Girlboss, inspirada na autobiografia de Sophia Amoruso, famosa empresária que começou revirando lixo.

Escrita por Kay Cannon (Pitch Perfect) e dirigida por Christian Ditter (Love, Rosie), a série gira em torno de Sophia (Britt Robertson), uma adolescente rebelde e sem dinheiro que se recusa a amadurecer, mas que ao começar a fazer sucesso vendendo roupas online, percebe a dificuldade em ser a chefe de sua própria vida.

A primeira temporada de Girlboss terá 13 episódios e estreia em 2017.

Girlboss | Britt Robertson vai estrelar série de comédia da Netflix

A Netflix anunciou o desenvolvimento de Girlboss, série de comédia inspirada no livro best-seller do NY Times de mesmo nome escrito por Sophia Amoruso.

Britt Robertson (Tomorrowland) será a protagonista Sophia, uma rebelde que se recusa a crescer. Ela se depara com a sua paixão de vender sua linha de roupas vintage e tornar-se uma mulher de negócios improvável. Enquanto ela constrói seu império de varejo de moda, ela percebe o valor e a dificuldade de ser a chefe de sua própria vida.

Os 13 episódios de Girlboss terão Kay Cannon (A Escolha Perfeita 2) como showrunner. Charlize Theron (Mad Max – Estrada da Fúria), Laverne McKinnon, Christian Ditter (Como Ser Solteira)Sophia Amoruso serão os produtores executivos. Ditter também vai dirigir a série.