Crítica | Sully – O Herói do Rio Hudson exalta a competência do homem comum

Assistir Sully – O Herói do Rio Hudson, o mais novo filme de Clint Eastwood, foi um pouco duro depois do trágico acontecimento com a delegação do clube Chapecoense. O longa que deveria ter estreado no final de novembro, acabou sendo adiado por conta do ocorrido. A produção conta os bastidores do pouso de emergência de um avião com 155 passageiros no Rio Hudson em 2009. O que seria um acidente com vítimas fatais, acabou se tornando um ato de competência, algo que faltou no piloto do avião da Chape.

Inspiro no livro Highest Duty, o roteiro de autoria de Todd Komarnicki não exalta o piloto Chesley Sullenberger (Tom Hanks) como o típico herói americano. A trama mostra um sujeito comum, que estava apenas exercendo seu trabalho. Mas em todo caso envolvendo acidentes aéreos, há uma investigação profunda e, o longa mostra os bastidores com a NTSB desmistificando a figura de Sully, indo de encontro se o pouso forçado foi realmente necessário ou se poderia ter sido evitado, já que por pouco não houve vítimas fatais.

Ou seja, alguém tem que pagar o preço. E neste caso, Sully é o alvo. E não poderia haver uma melhor escolha para o papel que não seja Tom Hanks. O ator que já possui uma afeição imediata do público, traz uma performance que pode classificar como humana, gente como a gente. Sully é apresentado como um homem amado pelo público, mas questionado pela imprensa e a agência investigadora. Em nenhuma das situações, ele se sente confortável. Nunca precisou responder tantas perguntas ou imaginou se tornar um persona popular. Com uma simplicidade peculiar, Hanks emprega com eficiência esse confronto diário de Sully.

Eastwood desempenha uma direção meticulosa focando mais na investigação do que no acidente em si. Interessante que a sequência do impacto do avião é apresentada em meio a flasbacks inicialmente, como se quisesse dizer que o importante não está lá. Mas durante o segundo para o terceiro ato, a sequência é apresentada por inteira e o resultado é impressionante.

Mesmo se rendendo ao melodramático no final, Sully – O Herói do Rio Hudson é um importante retrato sobre a coragem do homem comum. Há muitos Sullys por aí, que arriscam suas vidas, que trabalham duro e não esperam e nem querem nada em troca. Por fim, uma produção pequena, mas um dos melhores trabalhos de Clint Eastwood e uma baita atuação de Tom Hanks.

Sully – O Herói do Rio Hudson | Veja o trailer IMAX do drama estrelado por Tom Hanks

Warner Bros. Pictures divulgou o trailer IMAX de Sully – O Herói do Rio Hudson, novo filme de Clint Eastwood (Menina de Ouro, Gran Torino) estrelado por Tom Hanks (Ponte dos Espiões). Veja no player abaixo!

A trama inspirada em fatos acompanha o dia 15 de janeiro de 2009, quando o mundo testemunhou o “Milagre no Hudson”. O capitão Sully (Hanks) deslizou seu avião desativado para as águas geladas do rio Hudson, salvando a vida de todos os 155 passageiros a bordo. No entanto, mesmo com Sully sendo anunciado pelo público e pela mídia por seu feito inédito, uma investigação se desenrolava que ameaçou destruir sua reputação e sua carreira.

Aaron Eckhart interpreta Jeff Skiles, o co-piloto. Laura Linney (Kinsey) vive Lorraine Sullenberger, a esposa de Sully.

Sully – O Herói do Rio Hudson estreia em 09 de setembro nos Estados Unidos. No Brasil, o longa chega aos cinemas no dia 1º de dezembro. Eastwood dirige a partir do roteiro de Todd Komarnicki.

Tom Hanks vive piloto no primeiro trailer de Sully – O Herói do Rio Hudson

Depois das primeiras imagens reveladas, a Warner Bros. Pictures revelou o trailer de Sully – O Herói do Rio Hudson, novo filme de Clint Eastwood (Menina de Ouro, Gran Torino) estrelado por Tom Hanks (Ponte dos Espiões). Veja no player abaixo!

A trama inspirada em fatos acompanha o dia 15 de janeiro de 2009, quando o mundo testemunhou o “Milagre no Hudson”. O capitão Sully (Hanks) deslizou seu avião desativado para as águas geladas do rio Hudson, salvando a vida de todos os 155 passageiros a bordo. No entanto, mesmo com Sully sendo anunciado pelo público e pela mídia por seu feito inédito, uma investigação se desenrolava que ameaçou destruir sua reputação e sua carreira.

Aaron Eckhart interpreta Jeff Skiles, o co-piloto. Laura Linney (Kinsey) vive Lorraine Sullenberger, a esposa de Sully.

Sully – O Herói do Rio Hudson estreia em 09 de setembro nos Estados Unidos. No Brasil, o longa chega aos cinemas no dia 1º de dezembro. Eastwood dirige a partir do roteiro de Todd Komarnicki.

Sully | Veja o cartaz e a primeira imagem do novo filme de Clint Eastwood

Warner Bros. Pictures revelou o primeiro cartaz e imagem de Sully, novo filme de Clint Eastwood (Gran Torino). Veja abaixo os protagonistas Tom Hanks (Ponte dos Espiões) e Aaron Eckhart (O Cavaleiro das Trevas)!

A trama inspirada em fatos acompanha o dia 15 de janeiro de 2009, quando o mundo testemunhou o “Milagre no Hudson”. O capitão Sully (Hanks) deslizou seu avião desativado para as águas geladas do rio Hudson, salvando a vida de todos os 155 passageiros a bordo. No entanto, mesmo com Sully sendo anunciado pelo público e pela mídia por seu feito inédito, uma investigação se desenrolava que ameaçou destruir sua reputação e sua carreira.

Eckhart interpreta Jeff Skiles, o co-piloto. Laura Linney (Kinsey) vive Lorraine Sullenberger, a esposa de Sully.

Sully estreia em 09 de setembro nos EUA. Eastwood dirige a partir do roteiro de Todd Komarnicki.

Aaron Eckhart se junta ao elenco do novo filme de Clint Eastwood

De acordo com o Hollywood ReporterAaron Eckhart (Batman: O Cavaleiro das Trevas) está se juntando ao elenco do novo filme de Clint Eastwood (Sniper Americano).

O ator se junta a Tom Hanks (Capitão Phillips).

A trama será inspirada na história do Capitão Chesley “Sully” Sullenberger, veterano piloto responsável por um pouso de emergência no Rio Hudson, em 2009. Com as duas turbinas do avião sem potência, Sully conseguiu salvar a vida dos 155 passageiros a bordo. O acontecimento ficou conhecido como o “Milagre no Hudson”.

Hanks vai interpretar Sully, enquanto Eckhart viverá Jeff Skiles, copiloto que ajudou o capitão.

Todd Komarnicki (Amor e Guerra e A Estranha Perfeita) escreveu o roteiro a partir do livro de memórias Highest Duty: My Search for What Really Matters.

Ainda sem título, o longa ainda não tem previsão de estreia.