Crítica | Doutor Estranho introduz multiverso em história introspectiva

A Marvel Studios deu um passo à frente ao introduzir um novo conceito para o seu universo cinematográfico. Doutor Estranho traz novos ares para a fórmula, focando em introduzir o multiverso e, claro, a ascensão de Stephen Strange para se tornar o Mago Supremo. O filme traz um pouco do que conhecemos quando trata-se de origem de heróis, mas ele também consegue ser diferente de tudo que vimos no tema. Scott Derrickson apresenta uma história introspectiva, oposta de que qualquer outra já feita pela Marvel, junto do visual psicodélico de fazer queixos caírem e prédios se dobrarem ao meio.

Stephen Strange, interpretado (ou retirado das páginas de quadrinhos) por Benedict Cumberbatch, é um neurocirurgião arrogante e egocêntrico, que prefere escolher seus casos operatórios à atender qualquer pessoa que pudesse manchar seu histórico de sucesso. E é com essa soberba, enfatizada com seus trejeitos e por toda ambientação de seu apartamento – os inúmeros relógios, o smoking sob medida e o próprio carro esportivo -, que Stephen terá sua inesperada queda e dilema. A caminho de uma palestra comemorativa, o doutor perde o controle do veículo e sai da pista, sofrendo um grave acidente em uma das cenas mais viscerais da Marvel. A partir deste ponto, vemos o ego de Strange buscar todo e qualquer tipo de tratamento para recuperar o movimento de suas mãos e, consequentemente, sua carreira e reputação. Quando todas as alternativas se esgotam, e até mesmo o seu dinheiro, Stephen recorre ao Kamar-Taj, utilizando o que restava de sua enorme renda para viajar até o local e tentar reaver os movimentos de suas mãos.

A Anciã (Tilda Swinton, que está impecável) e Barão Mordo (Chiwetel Ejiofor), tem o papel de revelar a Stephen Strange o quanto ele não conhece do universo em que vive. E nós, espectadores, entramos na mesma viagem do protagonista, já que somos apresentados pela primeira vez ao multiverso e o misticismo envolvido nas histórias do Doutor Estranho. É nesse ponto que Derrickson faz seu filme brilhar, jogando sem medo algum cores vibrantes, viagens astrais, mãos saindo de mãos em um eterno loop (exemplificando a obsessão de Strange pela sua cura), além da própria dimensão negra e resquícios da presença de Dormammu. Doutor Estranho não tem vergonha de ser um filme baseado em quadrinhos, tanto que ele faz questão que saibamos ao decorrer de sua história, visual e humor ácido, que são transpostos fielmente das páginas de Steve Dikto e Stan Lee.

Durante as gravações de Doutor Estranho, principalmente no início, vazaram algumas fotos na internet das filmagens realizadas nas ruas de Nova Iorque, com Benedict Cumberbatch,  Chiwetel Ejiofor e Mads Mikkelsen pulando diversas vezes no meio da rua e rendendo memes nas redes sociais. No entanto, a cena finalizada trata-se de uma mistura de A Origem (Christopher Nolan, 2010) e Matrix (Irmãos Wachowski, 1999), com toda cidade de Nova Iorque dobrando-se centenas de vezes ao meio, portais se abrindo, diversas variações mágicas sendo realizadas: escudos, chicotes, lanças, alteração da realidade (a que realmente existe e a espelhada, que não interfere no mundo real), mudar forma de objetos e artefatos que escolhem seu mago, como o próprio manto de Stephen. Doutor Estranho é um baile visual e fotográfico, além de esbanjar belas atuações de seu estrelado elenco.

O talento de Benedict Cumberbatch é inegável, mesmo para as pessoas que irão conhecê-lo pela primeira vez nesse filme. A transição da arrogância e do egocentrismo, passando pelos delírios e obsessões até a figura sábia e altruísta do Mago Supremo é indiscutível, e talvez seja por isso que Derrickson tenha apostado muito em uma história focada nessa transição do que no desenvolvimento de vilões e grandes ameaças. Kaecilius (Mads Mikkelsen) traz o papel de antagonismo no filme, mas sua participação é exclusivamente feita para apresentar com mais detalhes a Dimensão Negra e o domínio de Dormammu, assim como sua cobiça de conquistar a Terra. Nessa questão, Doutor Estranho pode agradar uns e desagradar outros pela falta de vilões marcantes como Loki e até o discutível Ultron. Por outro lado, há o ponto positivo de todos os eventos da trama escrita por Jon Spaihts e Robert Cargill focarem exclusivamente na evolução de Stephen, assim como na própria resolução do terceiro ato ser consequência direta dessa evolução. O problema, enfim, pode ficar na indecisão de que história contar, faltando um pouco de ambição no roteiro – algo que sobrou no visual e nas sequências de ação.

Doutor Estranho é uma aposta bem sucedida, trazendo um novo universo e um começo para os filmes místicos do estúdio, além das diversas – e sutis – referências dentro do contexto do Universo Cinematográfico, seja um plano aberto de Nova Iorque com o QG dos Vingadores, citações de seus feitos no mundo físico e até mesmo a introdução de outra Joia do Infinito, presente no Olho de Agamotto. Fica muito claro qual será a participação de Strange e o que está resguardado para seus próximos filmes, afinal, Doutor Estranho não só será um novo começo para o estúdio, como também será o personagem mais importante das novas fases e será decisivo no tom delas.

Observação: o filme possui duas cenas pós-créditos que fazem conexões importantes com as Fases 3 e 4, portanto, permaneça no seu lugar e aguarde pelas surpresas.

Anciã, Mordo e Kaecilius são destaque nos novos cartazes de Doutor Estranho

A Marvel Studios divulgou mais três cartazes individuais de Doutor Estranho. As artes destacam Tilda Swinton (Anciã), Mads Mikkelsen (Kaecilius) e Chiwetel Ejiofor (Barão Mordo)!

A trama acompanha a história do neurocirurgião Doutor Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) que, após um terrível acidente de carro, descobre o mundo oculto de mágica e dimensões alternativas.

Chiwetel Ejiofor (Barão Mordo), Michael Stuhlbarg (Doutor Nicodemus West), Tilda Swinton (Anciã), Rachel McAdams, Mads Mikkelsen (Kaecilius), Amy Landecker e Scott Adkins também estão no elenco.

Doutor Estranho estreia em 03 de novembro no Brasil. Scott Derrickson (A Entidade, O Exorcismo de Emily Rose) dirige a partir do roteiro de Jon Spaihts (Prometheus).

Assista ao segundo trailer de Triple 9, com Woody Harrelson e Kate Winslet

Open Road Films divulgou o segundo e intenso trailer de Triple 9, thriller policial estrelado por Woody Harrelson (Jogos Vorazes) e Kate Winslet (Steve Jobs). Veja no player abaixo!

A trama envolve um grupo de policiais corruptos, chantageados pela máfia russa, para realizar um assalto aparentemente impossível que envolve o assassinato de um policial novato.

Casey Affleck (Interestelar), Chiwetel Ejiofor (Perdido em Marte), Aaron Paul (da série Breaking Bad), Gal Gadot (Batman vs Superman – A Origem da Justiça), Teresa Palmer (Meu Namorado é um Zumbi), Norman Reedus (da série The Walking Dead) e Anthony Mackie (Capitão América 2 – O Soldado Invernal) também estão no elenco.

Triple 9 estreia em 26 de fevereiro nos EUA. John Hillcoat (A Estrada) dirige a partir do roteiro de Matt Cook.

Assista ao trailer internacional de Triple 9

A Entertainment One divulgou para o mercado internacional o trailer de Triple 9, thriller policial estrelado por Woody Harrelson (Jogos Vorazes) e Kate Winslet (Steve Jobs). Veja no player abaixo!

A trama envolve um grupo de policiais corruptos chantageados pela máfia russa para realizar um assalto aparentemente impossível que envolve o assassinato de um policial novato.

Casey Affleck (Interestelar), Chiwetel Ejiofor (Perdido em Marte), Aaron Paul (da série Breaking Bad), Gal Gadot (Batman vs Superman – A Origem da Justiça), Teresa Palmer (Meu Namorado é um Zumbi), Norman Reedus (da série The Walking Dead) e Anthony Mackie (Capitão América 2 – O Soldado Invernal) também estão no elenco.

Triple 9 estreia em 19 de fevereiro de 2016 nos EUA. John Hillcoat (A Estrada) dirige a partir do roteiro de Matt Cook.

Veja o novo trailer de Olhos da Justiça, refilmagem de O Segredo dos Seus Olhos

O STX Entertainment divulgou o segundo trailer de Olhos da Justiça, versão americana de O Segredo dos Seus Olhos, sucesso argentino ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro. Veja no player abaixo!

Na trama, uma equipe unida de investigadores do FBI – Ray (Chiwetel Ejiofor) e Jess (Julia Roberts), juntamente com a supervisora Claire (Nicole Kidman) – é subitamente despedaçada quando descobrem que a filha adolescente de Jess foi brutalmente e inexplicavelmente assassinada. Agora, 13 anos mais tarde, depois da procura obsessiva para o assassino indescritível, Ray finalmente descobre uma nova pista que pode permanentemente resolver o caso. Ninguém está preparado, porém, para o chocante, segredo inconfessável que irá revelar os efeitos duradouros, destrutivos da vingança pessoal sobre a alma humana.

Com direção e roteiro de Billy Ray (Intrigas de Estado), Olhos da Justiça estreia em 10 de dezembro.

Veja o cartaz de Sobre Justiça e Obsessão, com Julia Roberts

O STX Entertainment divulgou o cartaz de Sobre Justiça e Obsessão, versão americana de O Segredo dos Seus Olhos, sucesso argentino ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro. Veja abaixo!

Na trama, uma equipe unida de investigadores do FBI – Ray (Chiwetel Ejiofor) e Jess (Julia Roberts), juntamente com a supervisora Claire (Nicole Kidman) – é subitamente despedaçada quando descobrem que a filha adolescente de Jess foi brutalmente e inexplicavelmente assassinada. Agora, 13 anos mais tarde, depois da procura obsessiva para o assassino indescritível, Ray finalmente descobre uma nova pista que pode permanentemente resolver o caso. Ninguém está preparado, porém, para o chocante, segredo inconfessável que irá revelar os efeitos duradouros, destrutivos da vingança pessoal sobre a alma humana.

Com direção e roteiro de Billy Ray (Intrigas de Estado), Sobre Justiça e Obsessão estreia em 26 de novembro.

poltrona_secretintheireyes_poster_11set15

Assista ao trailer do remake de O Segredo dos Seus Olhos

O STX Entertainment divulgou o primeiro trailer de O Segredo dos Seus Olhos, versão americana do sucesso argentino ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro. Veja no player abaixo!

Na trama, uma equipe unida de investigadores do FBI – Ray (Chiwetel Ejiofor) e Jess (Julia Roberts), juntamente com a supervisora Claire (Nicole Kidman) – é subitamente despedaçada quando descobrem que a filha adolescente de Jess foi brutalmente e inexplicavelmente assassinada. Agora, 13 anos mais tarde, depois da procura obsessiva para o assassino indescritível, Ray finalmente descobre uma nova pista que pode permanentemente resolver o caso. Ninguém está preparado, porém, para o chocante, segredo inconfessável que irá revelar os efeitos duradouros, destrutivos da vingança pessoal sobre a alma humana.

Com direção e roteiro de Billy Ray (Intrigas de Estado) o remake O Segredo dos Seus Olhos estreia em 23 de outubro nos EUA.

Revelado o papel do ator Chiwetel Ejiofor em Doutor Estranho

Baron_Mordo-iOSDepois de muita especulação sobre o papel de Chiwetel Ejiofor em Doutor Estranho, o Deadline conseguiu descobrir que o ator indicado ao Oscar por 12 Anos de Escravidão, será o Barão Mordo, um inimigo do Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch), que teve sua primeira aparição em 1963 nos quadrinhos.

Nos quadrinhos, Stephen Estrange é um arrogante neurocirurgião que sofre um acidente e fere as mãos o suficiente para acabar com sua carreira. Ele viaja para o Himalaia onde aprende magia. Eventualmente, ele torna-se o feiticeiro supremo da Terra, protegendo-o de todas as formas de ameaças místicas.

Doutor Estranho estreia em 04 de novembro de 2016. Scott Derrickson (A EntidadeO Exorcismo de Emily Rose) dirige a partir do roteiro de Jon Spaihts (Prometheus).

Margot Robbie, Chris Pine e Chiwetel Ejiofor no primeiro trailer de Z for Zachariah

Estrelado por Margot Robbie, Chris Pine e Chiwetel Ejiofor, Z for Zachariah, adaptação ao cinema do romance pós-apocalíptico de Robert C. O’Brien, ganhou seu primeiro trailer. Veja no player abaixo!

Na trama, após uma guerra nuclear, uma jovem mulher (Robbie), sobrevive sozinha. Temendo que ela pode realmente ser a última mulher na Terra, ela então encontra um outro ser humano (Ejiofor): um cientista distraído que quase foi levado à loucura pela exposição à radiação e sua busca desesperada por outros. Um frágil e imperativo fio de confiança os conectam. Mas quando um estranho (Pine) entra no vale, seu vínculo precário começa a desvendar.

Dirigido por Craig Zobel e escrito por Nissar Modi, Z for Zachariah estreia em circuito limitado no dia 21 de agosto nos EUA.

Veja a primeira imagem de Margot Robbie, Chris Pine e Chiwetel Ejiofor em ‘Z for Zachariah’

Z for Zachariah, adaptação ao cinema do romance pós-apocalíptico de Robert C. O’Brien, ganhou sua primeira imagem. Veja abaixo Margot Robbie, Chris Pine e Chiwetel Ejiofor:

poltrona_Z- for-Zachariah_09nov14

Na trama, Robbie interpreta uma jovem que vive em uma fazenda e sobrevive a uma guerra nuclear.

Com direção de Craig Zobel, Z for Zachariah ainda não tem previsão de estreia.