Descubra as novidades da NVIDIA reveladas na #BGS2015

A Brasil Game Show reuniu fãs de Games e também de tecnologias, e quem poderia saber mais do assunto senão a Nvidia.

Quem visitou o estande da Nvidia na edição desse ano certamente não se esquecerá tão cedo das experiências que tiveram com as atrações do estande. Uma das maiores procuras era da GeForce VR Experience que foi aprovado pelo público, já que a maioria nunca teve experiência com esse tipo de equipamento.

Geforce VR Experience
Geforce VR Experience

A empresa levou três estações equipadas como o Oculus Rift que faziam os jogadores imergir no mundo dos games e proporcionando uma experiência única com a novidade.

Já os amantes de velocidade curtiram a estação que a Nvidia preparou para o jogo Project Cars. O game era transmitido em 3 televisores 4k em modo Surround, que ofereciam um amplo campo de visão da pista, imagens em altíssima definição Ultra HD renderizando 1,5 bilhão de pixels por segundo. Para garantir a fluidez de 60 quadros por segundo, a NVIDIA preparou uma máquina avaliada em R$ 40 mil reais e equipada com 3 GPUs GeForce GTX Titan X.

Os fãs de FPS (jogo de tiro em primeira pessoa) puderam experimentar o multiplayer cooperativo de Rainbow Six: Siege e até uma partida entre times de 6×6 jogadores em Call of Duty: Black Ops III, o jogo mais esperado do ano de acordo com a pesquisa Nielsen Game Rank. Exclusiva do estande da NVIDIA, a versão de PC do game mostrava nada menos do que os gráficos do jogo no máximo de qualidade, em monitores da Acer com resolução 4k e quadros de animação em 60fps, utilizando também a tecnologia G-SYNC da NVIDIA.

Além disso o Technical Marketing Manager da NVIDIA, Alexandre Ziebert, estava no estande para falar mais sobre o presente e o futuro da Nvidia. Fizemos um pequeno bate-papo com ele, confira abaixo:

Estamos na feira desde o começo e a maior novidade tecnológica é da Nvidia, então gostaria de saber quais são as novidades do estande da Nvidia?

O nosso tema aqui é o Play The Future, então a gente trazemos as tecnologias do futuro para o público poder experimentar hoje. Temos aqui a realidade virtual, os monitores com tecnologia G-Sync que só existem alguns disponíveis no Brasil, porém mais modelos estarão disponíveis até o final do ano e os jogos que ainda não foram lançados. Temos também a demonstração do produto que nós lançamos recentemente a GTX 950 que já consegue rodar qualquer jogo que é lançamento numa qualidade muito melhor do que os consoles da nova geração que vive apanhando um pouquinho para chegar a 1080p ou 60 quadros por segundo, ela já vai rodar qualquer jogo em uma qualidade bacana.

Estande da NVIDIA
Estande da NVIDIA

Quais são as novidades que a Nvidia proporciona para quem é apaixonado por PC’s e se existe alguma data sobre a próxima placa de vídeo?

A nossa próxima placa de vídeo está prevista para o ano que vem, mas sempre temos algumas novidades pontuais, uma delas é a que lançamos recentemente o sistema Share. As nossas placas já tinham um sistema Shadow Play que era para gravar vídeos e fazer streamings sem perder o desempenho, só que isso você só podia configurar fora do jogo, agora com o Share você tem um overlay dentro do jogo podendo mexer em qualquer configuração e começar a gravar e transmitir tudo por ali, facilmente. Foi integrado também um editor de vídeo, em que você consegue cortar um pedaço de vídeo e mandar para o Youtube e continuar jogando. A grande novidade do Share é para jogar games em estilo cooperação, então você consegue enviar um convite para um amigo, e ele poderá assistir o que você está jogando em tempo real, porque os outros tem aquele delay de 10 a 15 segundos. Então com o Game Streaming ele vai assistir em tempo real e te dar algumas oportunidades legais em que a gente pode passar o controle do seu jogo para o seu amigo e também jogar com você, porque em jogos cooperativos pode se criar um segundo controle dentro da sua máquina para receber os controles do seu amigo. O bacana é que ele não precisa ter o jogo, nem ter uma máquina capaz de rodar o jogo, e nem placa de vídeo e mesmo assim ele pode jogar com você. E esse sistema, o legal é que ele está disponível para todas as placas GTX desde a série 600, então estamos falando de placas lançadas em 2012, ou seja, quem tem a placa ganhou um recurso novo fazendo com que todos ganhem com essa novidade não importando se a placa é nova ou antiga, mesmo a GTX antiga ainda dá para usar.

As Placas da Nvidia são muito melhores que os gráficos do console, então existe a possibilidade da Nvidia começar um novo rumo, uma mudança de mercado para fazer um console ou vamos acoplar a um console, porque o pessoal tem migrado muito para o PC já que o console não atinge as expectativas gráficas. Existe alguma possibilidade?

Nós encaramos a GeForce como uma plataforma, então assim o PC é uma plataforma aberta com que qualquer empresa possa desenvolver um Hardware e lançar no mercado, mas o nosso objetivo com a plataforma GeForce é cuidar dos nossos usuários, porque os jogadores de PC são bastante exigentes e gostam de jogar com o detalhe máximo e sempre foi assim, só que os jogos tem aquele monte de configurações para adequar a qualidade gráfica de acordo com a sua máquina e isso era muito complicado e para isso foi criado o GeForce Experience, se você usar o otimizador nele, ele vai rodar o jogo da melhor forma possível na máquina e a gente tem observado que até por essa exigência os jogadores para jogar um jogo de jogo de tiro por exemplo, tem que ser com teclado e mouse e não com um joystick, por isso nós temos a exclusividade de jogar Call of Duty em PC aqui no estande. Na própria Activision você tem o console e só aqui você pode jogar no PC. Então nós procuramos cuidar dos nossos usuários, garantindo que sempre que sair um jogo, nós lançamos um drive otimizado para ele no dia do lançamento do jogo, inclusive mesmo quando o jogo não é lançado. Por exemplo, saiu o beta do Battlefront e nós já lançamos um driver otimizado para ele junto com o beta.

Qual o objetivo da Nvidia no Brasil?

Nosso objetivo é oferecer placas de alto desempenho com baixo consumo e preços acessíveis, por exemplo, nós lançamos a nova GTX 950 a nossa placa gamer que de entrada vai rodar os jogos em qualidade melhor que o console e com um preço acessível. Temos todo um ecossistema que a gente está criando para o GeForce Experience, que são otimização de jogos, gravação de gameplay, fazer streaming junto com o sistema Share para compartilhar seus jogos com seus amigos e novos recursos que estão sendo implementados e todo o programa GameWorks que serve para implementar efeitos visuais fantásticos que a Nvidia cria e disponibiliza para os desenvolvedores para eles poderem implementar nos seus jogos de forma simples, vamos supor que vá sair um novo jogo de RPG de dragões e então criamos uma tecnologia de fogo fantástica, então o desenvolvedor não precisa criar uma tecnologia nova de fogo, ele pode implementar a nossa e já lançar o jogo e acaba sendo um benefício para aqueles que tem a GeForce, porque ele terá um efeito visual exclusivo por causa da Nvidia.

NVIDIA 2

Temos também a novidade que todos aqui da feira estão loucos para experimentar, que é o Oculus Rift. Qual é a ideia da Nvidia em relação a este tipo de tecnologia?

O objetivo da Nvidia é que a GeForce seja a plataforma preferida para a tecnologia VR (Realidade Virtual) tanto para o consumidor como para o desenvolvedor. Aqui nós estamos utilizando o Oculus Rift na versão quase final, é o protótipo Crescent Bay que já tem as especificações finais, e a Nvidia tem a parceria com outras desenvolvedoras com essa tecnologia, ou seja, a indústria já está preparando os seus jogos, não para um dispositivo especifico mas para a realidade virtual, então qualquer um deles já estará funcionando bem.

Entrevista realizada em parceria com o Geek Saw