Crítica | Power Rangers é o Clube dos Cinco da nova geração

É hora de morfar! 24 anos após a estreia na TV e 22 anos após o lançamento do primeiro filme, Power Rangers estão de volta ao cinema devidamente remodelados. Visando uma franquia cinematográfica, a Lionsgate em parceria com a Saban Entertainment utilizam com eficiência a “fórmula do sucesso” de Star Wars – O Despertar da Força e Creed – Nascido para Lutar. A produção consegue agradar tanto os fãs nostálgicos, hoje trintões, como deve agradar o público infanto-juvenil de hoje.

Com direção de Dean Israelite (Projeto Almanaque) e roteiro de Ashley Miller e Zack Stentz (X-Men: Primeira Classe), a produção ainda bebe da fonte de um clássico dos anos 80, o filme Clube dos Cinco. Pode-se dizer que esse novo Power Rangers é o Clube dos Cinco dessa geração (com as devidas proporções). Diferente da série de TV em que os rangers eram jovens certinhos e exemplos para os colegas de escola, o longa mostra cinco adolescentes desajustados e perdidos no mundo, precisando lidar com problemas escolares, relacionamento com os pais, algo não muito distante dos jovens de hoje.

Mais que um filme de cinco super-heróis, Power Rangers se trata de uma história de amadurecimento. Jason, Billy, Zack, Kimberly e Trini precisam enfrentar suas respectivas dores e aflições. E isso, eles só podem conseguir juntos. Ao encontrarem cinco pedras brilhantes em uma usina, eles descobrem que fazem parte de algo maior que imaginavam. Mais fortes e ágeis ao estilo Poder Sem Limites, eles acabam encontrando uma nave espacial, onde reside Zordon (Bryan Cranston) e Alpha-5 (Bill Hader), que revelam a missão de enfrentar a temida vilã Rita Repulsa (Elizabeth Banks), que despertou após milhares de anos.

O quinteto formado por Dacre Montgomery, RJ Cyler, Naomi Scott, Becky G e Ludi Lin possuem uma ótima sintonia em cena. O destaque vai para RJ Cyler, que interpreta o Billy diferente do original. Além de servir bem como alívio cômico, a construção do personagem é interessante ao tratar o transtorno de espectro autista. A sequência inicial é bem dura com o bullying, e a seguir vemos Billy sendo tratado por Jason não como deficiente, mas alguém a ser respeitado e amado pelo jeito que é. A relação entre os dois é um dos pontos mais bonitos do filme. Interessante perceber que os melhores momentos não acontecem quando eles estão morfados, mas quando eles estão desprotegidos. A cena em que estão acampados e desabafam um para o outro não apenas cria uma comunicação melhor entre eles, mas com o público que identifica os mesmos anseios e dúvidas de qualquer pessoa daquela idade. Esse é o grande potencial do filme. Não é somente um filme de super-heróis corriqueiro. Há muito mais a se oferecer.

Apesar do pouco tempo em cena, Bryan Cranston faz um trabalho redondo como Zordon, que aqui tem uma motivação diferente da série. Elizabeth Banks repete a mesma performance caricata da Rita Repulsa original, mas apresenta um visual mais assustador. Uma pena que seu braço direito Goldar foi descaracterizado. Aqui o personagem não tem vida, é apenas uma desculpa para se tornar o monstro gigante a aterrorizar Alameda dos Anjos. Qualquer nome poderia se dar para tal criatura e a produção utiliza logo de um personagem marcante.  Já o Alpha-5 vivido por capturas de movimento por Bill Hader é tão divertido como no original.

Sobre o tom do filme, a narrativa fica dividida entre o lado despretensioso e divertido da série original com o aspecto mais sombrio e realista. Essa divisão acaba sendo o problema no segundo ato, quando o filme parece não se decidir se segue para o caminho mais cômico ou o mais sóbrio.

O visual alienígena dos uniformes combinou com a proposta desse novo filme, o mesmo não se pode dizer dos zords que ficaram deveras artificiais com o CGI utilizado. Mesmo com a limitação orçamental, a série de TV que utilizava as cenas do original japonês, tinha zords e o Megazord bem mais bonitos de se ver em cena. Aqui não funcionou tanto como esperava. Mas, os efeitos em outras cenas foram mais eficientes como no plano sequência do início do filme, que está incrível.

Os fãs saudosos queriam fan service e o filme corresponde. Há momentos de reverência como o tema musical da série, uma homenagem de Becky G, a nova ranger amarela, que usa uma camisa  com o escrito ‘1973’, o ano de nascimento de Thuy Trang (a falecida atriz que viveu a Trini na TV). Além disso, tem a participação de dois atores da série clássica, que gerou comoção na sessão de imprensa que estive.

Por fim, Power Rangers supera as expectativas. Uma releitura antes tratada com receio é uma das produções mais divertidas desse início de ano. Equilibrado, nostálgico e que deixa um caminho aberto para muitas aventuras e construir uma nova geração de fãs.

Ps.: Há uma cena durante os créditos finais. Fiquem atentos!

Vai conferir Power Rangers nos cinemas? Se liga no vídeo que preparados sobre as origens dos Power Rangers e algumas curiosidades:

Cinema: Estreias da Semana – [16 de Março]

Mais uma semana de grandes estreias nos cinemas de todo o país, um dos filmes mais esperados do ano e agora numa versão com atores “A Bela e a Fera” chega aos cinemas estrelado por Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans e Josh Gad.

A Fox Film do Brasil apresenta a comédia “Tinha que Ser Ele” com a participação dos atores James Franco, Bryan Cranston, Zoey Deutch e conta com a direção de Bill Condon.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

A Bela e a Fera 

(Beauty And The Beast) – EUA – 2017 – Romance – Duração: 123 min

Sinopse: Versão do clássico A Bela e a Fera com atores. Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade do progenitor. No castelo ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é na verdade um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.

 

Trailer:

 

Diretor: Bill Condon

Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Josh Gad, Kevin Kline, Ewan McGregor, Stanley Tucci

Distribuidora: Walt Disney

Classificação: Livre

Tinha Que Ser Ele 

(Why Him?) – EUA – 2016 – Comédia – Duração: 112 min

Sinopse: Ned (Bryan Cranston) leva a família inteira para visitar a querida filha Stephanie (Zoey Deutch) durante o feriado do Natal, mas ao encontrá-la entra em conflito com o namorado dela (James Franco), um rapaz excêntrico que ficou rico por causa da internet.

 

Trailer:

 

Diretor: John Hamburg

Elenco: James Franco, Bryan Cranston, Zoey Deutch

Distribuidora: Fox Films

Classificação: 12 Anos

Intocáveis | Remake ganha primeira imagem com Bryan Cranston

Kevin Hart divulgou em sua conta no Instagram as primeiras imagens do remake de Intocáveis, com a presença de Bryan Cranston no papel de Phillip:

O longa francês original, protagonizado por Omar Sy e François Cluzet, lançado em 2011, conta a história de um ex-presidiário que tem a tarefa de cuidar de um milionário tetraplégico. Neil Burger (Divergente) é o diretor do novo filme, a data de lançamento ainda não foi divulgada.

Zordon, Zords e muito mais no novo trailer de Power Rangers

A Lionsgate liberou o novo trailer com novas cenas de Power Rangers, incluindo as primeiras imagens do Zordon e dos Zords.

Power Rangers segue cinco jovens comuns do ensino médio que devem se tornar algo extraordinário quando eles aprendem que a sua pequena cidade Alameda dos Anjos – e o mundo – estão à beira de ser obliterado por uma ameaça alienígena. Escolhido pelo destino, os nossos heróis descobrem rapidamente que eles são os únicos que podem salvar o planeta. Mas, para isso eles terão que superar seus problemas da vida real e se unir como os Power Rangers antes que seja tarde demais.

Dacre Montgomery (Jason, o Ranger Vermelho), RJ Cyler (Billy, o Ranger Azul), Naomi Scott (Kimberly, a Ranger Rosa), Becky Gomez (Trini a Ranger Amarela), Ludi Lin (Zack, o Ranger Preto), Bryan Cranston (Zordon), Bill Hader (voz do Alpha 5) e Elizabeth Banks (Rita Repulsa) formam o elenco.

O criador original Haim Saban será o produtor do novo filme, juntamente com Brian Casentini e Allison Shearmur.

Com direção de Dean Israelite e roteiro de Ashley Miller e Zack Stentz (X-Men: Primeira Classe), os novos Power Rangers irão morfar em 23 de março de 2017.

Power Rangers | Primeira imagem de Bryan Cranston como Zordon circula na internet

Com estreia do novo filme dos Power Rangers cada vez mais próxima, podemos ver como os designers e diretores puderam recriar a icônica série e adapta-la em um novo formato.

Começou a se espalhar pela internet, através de uma publicação no Reddit, a possível primeira imagem de Bryan Cranston como o Zordon. Segundo informações do autor da foto, a imagem foi retirada de um display da Qualcomm durante a CES (Consumer Technology Association) 2017 que está acontecendo nos EUA.

Power Rangers segue cinco jovens comuns do ensino médio que devem se tornar algo extraordinário quando eles aprendem que a sua pequena cidade Alameda dos Anjos – e o mundo – estão à beira de ser obliterado por uma ameaça alienígena. Escolhido pelo destino, os nossos heróis descobrem rapidamente que eles são os únicos que podem salvar o planeta. Mas, para isso eles terão que superar seus problemas da vida real e se unir como os Power Rangers antes que seja tarde demais.

Dacre Montgomery (Jason, o Ranger Vermelho), RJ Cyler (Billy, o Ranger Azul), Naomi Scott (Kimberly, a Ranger Rosa), Becky Gomez (Trini a Ranger Amarela), Ludi Lin (Zack, o Ranger Preto), Bryan Cranston (Zordon), Bill Hader (voz do Alpha 5) e Elizabeth Banks (Rita Repulsa) formam o elenco.

O criador original Haim Saban será o produtor do novo filme, juntamente com Brian Casentini e Allison Shearmur.

Com direção de Dean Israelite e roteiro de Ashley Miller e Zack Stentz (X-Men: Primeira Classe), os novos Power Rangers irão morfar em 23 de março de 2017.

Cinema: Estreias da Semana – 15 de Setembro

O mês de setembro continua com grandes lançamentos para toda a família nas principais redes de cinemas do Brasil.

O terror “Bruxa de Blair” está de volta as telas com num novo grupo de estudantes e protagonizados pelo atores Brandon Scott, Callie Hernandez e Valorie Curry. O ator da incrível série Breaking Bad, Bryan Cranston, estrela o suspense “Conexão Escobar” com distribuição da Paris Filmes.

E duas comédias nacionais chegam aos cinemas, Desculpe o Transtorno com os atores Gregório Duvivier, Clarice Falcão e Dani Calabresa e o filme Turbulência protagonizado por Arthur Vinciprova, Juliana Alves, Letícia Isnard com direção de Tiago Venâncio.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

blair-witch-e1469261806698_jpg_290x478_upscale_q90Bruxa de Blair

(Blair Witch) – EUA – 2016 – Terror – Duração: 90 min.

Sinopse: Um grupo de estudantes de Milwaukee, durante uma viagem para acampar em uma das florestas da região, decide penetrar ainda mais no coração das árvores do que o previsto e acaba descobrindo que a floresta esconde seres perigosos.

 

 

Trailer:

Direção: Adam Wingard
Elenco: Brandon Scott, Callie Hernandez, Valorie Curry
Distribuidora: Paris Filmes
Classificação: 12 Anos


346190-jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxxConexão Escobar

(The Infiltrator) – EUA – 2016 – Suspense – Duração: 127 min.

Sinopse: O agente federal Robert Mazur (Bryan Cranston) conseguiu se infiltrar no maior cartel de drogas colombiano usando a identidade de Bob Musella, um empresário especializado em lavagem de dinheiro. Mazur torna-se amigo de Roberto (Benjamin Bratt), homem de confiança de Pablo Escobar, e inicia seu grande plano. A verdadeira história da batalha de um homem contra o maior cartel de drogas do mundo.

Trailer:

Direção: Brad Furman
Elenco: Bryan Cranston, Diane Kruger, John Leguizamo
Distribuidora: Imagem Filmes
Classificação: 14 Anos


565931Desculpe o Transtorno

BRA – 2015 – Comédia – Duração: 97 min.

Sinopse: Um homem (Gregório Duvivier) tem dupla personalidade e incorpora as diferenças entre Rio de Janeiro e São Paulo: Uma hora ele é o certinho e tímido paulistano Eduardo; em outra, se transforma em Duca, um carioca fanfarrão e folgado. Ele se envolve em um grande confusão amorosa quando, apesar de estar em um relacionamento estável com a noiva (Dani Calabresa), seu alter-ego acaba se apaixonando por outra mulher (Clarice Falcão), que ele acaba de conhecer.

Trailer:

Direção: Tomas Portella
Elenco: Gregório Duvivier, Clarice Falcão, Dani Calabresa
Distribuidora: Walt Disney
Classificação: 12 Anos


filmes_11038_posterturbulenciaTurbulência

BRA – 2015 – Comédia Romântica

Sinopse: Aos dezessete anos Beto conhece Agatha numa viagem de avião. O que parecia ser apenas um mero encontro casual, um ano depois, acaba desencadeando uma série de acontecimentos inesperados. Juntos com Cláudio, o primo hiperativo de Beto, e Paula, a temperamental melhor amiga de Agatha, eles terão que enfrentar as turbulências de amadurecer em meio ao século vinte um. Com muitos encontros e desencontros pela estrada, os quatro jovens de personalidades completamente distintas, durante mais de dez anos, acabam sempre tendo um mesmo objetivo em comum, o amor.

Trailer:

Direção: Tiago Venâncio
Elenco: Arthur Vinciprova, Juliana Alves, Letícia Isnard
Distribuidora: Paris Filmes
Classificação: Verificar

Tinha Que Ser Ele? | Comédia com James Franco e Bryan Cranston ganha pôster e trailer

A Fox Film acabar de divulgar o primeiro pôster e o trailer legendado de Tinha Que Ser Ele?, comédia dirigida por John Hamburg (Quero ficar com Poly) e estrelada por James Franco (127 horas), Bryan Cranston (Breaking Bad) e Zoey Deutch (Academia de Vampiros: O Beijo Das Sombras). 

A trama acompanha Ned (Bryan Cranston) – um pai superprotetor – e sua família que visitam a filha na Universidade de Stanford, onde ele encontra seu maior pesadelo: o bem-intencionado, mas socialmente desajeitado namorado de sua filha, um bilionário do Vale do Silício, Laird (James Franco). O certinho Ned acha que Laird, que não tem absolutamente nenhum filtro, é um par extremamente inadequado para sua filha. A rivalidade e o nível de pânico de Ned se intensificam quando ele se encontra cada vez mais fora de sintonia no glamoroso centro de alta tecnologia, e descobre que Laird está prestes a pedir sua filha em casamento.

A estreia de Tinha Que Ser Ele? está prevista para dezembro.

Power Rangers | Bryan Cranston fala sobre o papel de Zordon no cinema

Bryan Cranston conversou com o Entertainment Tonight sobre interpretar Zordon na nova adaptação ao cinema da série Power Rangers.

O ator imitou a voz original do personagem que pertenceu aos atores David Fielding Robert L. Manahan, e revelou que já está trabalhando com captura de movimentos para o papel.

Bryan participou do início da série dublando os monstros e seu trabalho foi tão elogiado, que o ranger azul se chama Billy Cranston em sua homenagem.

Power Rangers segue cinco jovens comuns do ensino médio que devem se tornar algo extraordinário quando eles aprendem que a sua pequena cidade Alameda dos Anjos – e o mundo – estão à beira de ser obliterado por uma ameaça alienígena. Escolhido pelo destino, os nossos heróis descobrem rapidamente que eles são os únicos que podem salvar o planeta. Mas, para isso eles terão que superar seus problemas da vida real e se unir como os Power Rangers antes que seja tarde demais.

Dacre Montgomery (A Few Less Men) será Jason o Ranger Vermelho, RJ Cyler (Me and Earl and the Dying Girl) será Billy o Ranger Azul, Naomi Scott (Os 33) será Kimberly a Ranger Rosa, Becky G (da série Empire) será Trini a Ranger Amarela, Ludi Lin (Monster Hunt) será Zack o Ranger Preto, Bryan Cranston (Breaking Bad) como Zordon e Elizabeth Banks (A Escolha Perfeita, Jogos Vorazes) será a vilã Rita Repulsa.

O criador original Haim Saban será o produtor do novo filme, juntamente com Brian Casentini e Allison Shearmur.

Com direção de Dean Israelite e roteiro de Ashley Miller e Zack Stentz (X-Men: Primeira Classe), os novos Power Rangers irão morfar em 24 de março de 2017.

Bryan Cranston é escalado para papel de Zordon no novo filme de Power Rangers

O ator Bryan Cranston, da série Breaking Bad, confirmou em sua conta oficial no twitter sua escalação para o reboot de Power Rangers como Zordon.

Para quem não sabe, Bryan já participou do inicio franquia e seu trabalho foi tão elogiado, que o ranger azul se chama Billy Cranston em sua homenagem.

Power Rangers segue cinco jovens comuns do ensino médio que devem se tornar algo extraordinário quando eles aprendem que a sua pequena cidade Alameda dos Anjos – e o mundo – estão à beira de ser obliterado por uma ameaça alienígena. Escolhido pelo destino, os nossos heróis descobrem rapidamente que eles são os únicos que podem salvar o planeta. Mas, para isso eles terão que superar seus problemas da vida real e se unir como os Power Rangers antes que seja tarde demais.

Dacre Montgomery (A Few Less Men) será Jason o Ranger Vermelho, RJ Cyler (Me and Earl and the Dying Girl) será Billy o Ranger Azul, Naomi Scott (Os 33) será Kimberly a Ranger Rosa, Becky G (da série Empire) será Trini a Ranger Amarela, Ludi Lin (Monster Hunt) será Zack o Ranger Preto, e Elizabeth Banks (A Escolha Perfeita, Jogos Vorazes) será a vilã Rita Repulsa.

O criador original Haim Saban será o produtor do novo filme, juntamente com Brian Casentini e Allison Shearmur.

Com direção de Dean Israelite e roteiro de Ashley Miller e Zack Stentz (X-Men: Primeira Classe), os novos Power Rangers irão morfar em 24 de março de 2017.

Eletric Dreams | Bryan Cranston estrelará minissérie britânica

O premiado ator Bryan Cranston (Breaking Bad), será o protagonista da série Eletric Dreams: The World of Philip K. Dick, baseada no livro de Philip K. Dick.

A produção e roteiro ficará por conta do indicado ao Emmy Ronald D. Moore (Battlestar Galactica) e de Michael Dinner (Justified). Além de atuar, Cranston vai participar da produção executiva da minissérie.

De acordo com a Variety, o Sci-Fi terá 10 episódios, produzidos pelo Channel 4 do Reino Unido e será um tipo de coletânea, com cada episódio independente do outro, que ilustrarão a visão profética de Dick em variadas histórias do autor.

“É um sonho que se torna realidade”, afirmou Cranston em comunicado. “Nós estamos muito animados em poder explorar e expandir a coleção de temas encontrados no incrível trabalho desse mestre da literatura”.

Eletric Dreams: The World of Philip K. Dick ainda não tem data de estreia marcada.

Kevin Hart e Bryan Cranston vão estrelar versão americana de Intocáveis

De acordo com o DeadlineKevin Hart (Policial em Apuros) e Bryan Cranston (da série Breaking Bad) vão estrelar a versão americana do sucesso francês Intocáveis.

Lançado em 2011, o longa original foi estrelado por Omar SyFrançois Cluzet. A trama segue Philippe (Cluzet), um refinado multimilionário tetraplégico francês, que precisa de um auxiliar de enfermagem para o auxiliar nas suas atividades rotineiras. O contratado é Driss (OSy), um senegalês radicado nos subúrbios de Paris, que acaba de cumprir uma pena de seis meses de prisão e que não tem qualquer formação para o cargo, porém Driss de uma forma um tanto “errada” faz Phillippe ter prazer pela vida novamente.

A Variety informa que Simon Curtis (Sete Dias com Marilyn, A Dama Dourada) está em negociações para dirigir o remake a partir do roteiro de Paul Feig (A Espiã que Sabia de Menos).  A Weinstein Company planeja o início das filmagens ainda neste ano.

HBO divulga teaser e data de estreia de All the Way, com Bryan Cranston

A HBO revelou finalmente a data de estreia de seu novo telefilme, All the Way. A trama, que é inspirada na peça da Broadway, irá estrear no sábado, dia 21 de maio às 20h nos Estados Unidos.

All the Way | Veja a primeira imagem de Bryan Cranston no filme da HBO

Contando que ninguém menos que Bryan Cranston (de “Trumbo” e “Breaking Bad“) em seu papel principal, a minissérie relata o que acontecia por trás dos panos no tumultuado primeiro ano do presidente Lyndon B. Johnson, após o assassinato do Presidente John F. Kennedy.

A produção será dirigida por Jay Roach (de “Virada no Jogo” e “Trumbo“), a partir de um roteiro adaptado de Robert Schenkkan, que já ganhou um Tony pela peça. Além de Cranston, o filme conta com Anthony Mackie, Melissa Leo, Bradley Whitford, Stephen Root, Marque Richardson, Aisha Hinds, Todd Weeks, Mo McRae, Spencer GarrettFrank Langella.

Crítica | Trumbo – Lista Negra retrata um período conturbado em Hollywood

386078.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxInspirado no livro de Bruce Cook, Trumbo – Lista Negra acompanha o conturbado período em Hollywood, que podemos classificar de caça às bruxas. Se nos tempos de hoje, pessoas públicas sofrem represálias por expor seu posicionamento político, vide o que aconteceu com Chico Buarque recentemente, imaginem no século passado, quando um dos mais talentosos roteiristas de cinema foi perseguido pelo Comitê de Atividades Antiamericanas.

Com a Guerra Fria, o senado americano foi forçado a investigar nomes de profissionais ligados ao Partido Comunista, entre eles, de Dalton Trumbo. Dono de uma personalidade forte, o roteirista e escritor era um defensor dos direitos trabalhistas e se declarava um comunista. Trumbo e mais profissionais acabaram integrando a Lista Negra, que continha nomes de pessoas ligadas ao partido comunista e que, não poderiam trabalhar em Hollywood. A partir daí, muitos nomes talentosos tiveram suas carreiras encerradas. Contudo, Trumbo continuou trabalhando em grandes filmes, mas assinando com pseudônimos.

Dirigido por Jay Roach e escrito por John McNamara, Trumbo – Lista Negra soa mais como um telefilme do que uma longa cinematográfico. A narrativa, a estrutura técnica é simplista. O longa ainda apresenta um sério problema em se definir como um drama ou comédia, faltando consistência narrativa desde o início da fita. Os personagens são pouco aproveitados e estereotipados. A colunista Hedda Hopper é interpretada brilhantemente por Helen Mirren, mas ela é vista apenas como uma bruxa deplorável. Edward G. Robinson, interpretado pelo competente Michael Stuhlbarg, é apresentado no longa como um delator, sendo que na história real, o ator foi enganado. O comediante Louis C.K. interpreta o fictício roteirista Arlen Hird e se destaca no papel de um sujeito idealista. Sua cena diante dos congressistas é uma das mais eficientes.

Bryan Cranston faz jus a indicação ao Oscar. Seus trabalhos sempre envolvem uma intensidade apaixonante em cada cena, mesmo em produções pífias como o remake de O Vingador do Futuro. Uma pena que esta produção limita sua composição do personagem. Contudo, a sequência final é notória, o que provavelmente garantiu seu reconhecimento pela Academia.

Ao final, Trumbo – Lista Negra é uma boa produção, que pecou pela limitação da forma como Dalton Trumbo é representado em tela. O roteirista era muito mais do que um sujeito raivoso e indignado durante as perseguições políticas.

Cinema: Estreias da Semana – 28 de Janeiro

A ultima semana de Janeiro começa com os lançamentos de diversos filmes para a família toda, a Rede Record e a Paris Filmes apresentam “Os Dez Mandamentos – O Filme” com os atores Guilherme Winter, Sérgio Marone e Camila Rodrigues, temos também o mais novo filme de ação da Warner Bros “Caçadores de Emoção – Além do Limite” com Luke Bracey, Edgar Ramírez e Ray Winstone.

Will Ferrell e Mark Wahlberg estrelam a mais nova comédia de Hollywood “Pai em Dose Dupla” com distribuição pela Paramount no Brasil, e o novo filme do diretor Jay Roach “Trumbo – Lista Negra” chega aos cinemas com o indicado ao Oscar 2016 de Melhor Ator Bryan Cranston e também estrelam o filme Diane Lane, Elle Fanning e Helen Mirren.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

poster-filme-os-dez-mandamentos-originalOs Dez Mandamentos – O Filme

2015 – BRA – Drama – Duração: 120 min.

Sinopse: Adaptação cinematográfica baseada na Bíblia e na célebre novela homônima da Rede Record, um dos maiores fenômenos de audiência dos últimos tempos da televisão brasileira. A épica e emocionante saga de Moisés, retratada na novela, que cobre mais de cem anos de história e adapta livremente quatro livros da Bíblia, ganhará cenas inéditas e um final diferente do veiculado na televisão.

Trailer:

Direção: Alexandre Avancini

Elenco: Guilherme Winter, Sérgio Marone, Camila Rodrigues

Distribuidora: Paris Filmes

Classificação: 12 Anos

Caçadores-de-Emoção-Poster-Nacional-01Caçadores de Emoção – Além do Limite

(Point Break) – EUA – 2015 – Ação – Duração: 114 min.

Sinopse: Um jovem agente do FBI (Luke Bracey) tem como missão se infiltrar em meio a atletas de esportes radicais, suspeitos de cometerem uma série de roubos nunca vistos até então. Não demora muito para que ele se aproxime de Bodhi (Édgar Ramirez), o líder do grupo, e conquiste sua confiança.

Trailer:

Direção: Ericson Core

Elenco: Luke Bracey, Edgar Ramírez, Ray Winstone

Distribuidora: Warner Bros

Classificação: 14 Anos

559515Pai em Dose Dupla

(Daddy’s Home) – EUA – 2015 – Comédia – Duração: 96 min.

Sinopse: Brad (Will Ferrell) é executivo em uma rádio e se esforça para ser o melhor padrasto possível para os dois filhos de sua namorada, Sarah (Linda Cardellini). Mas eis que Dusty (Mark Wahlberg), o desbocado pai das crianças, reaparece e começa a disputar com ele a atenção e o amor dos pimpolhos.

Trailer: 

Direção: Sean Anders

Elenco: Will Ferrell, Mark Wahlberg, Linda Cardellini

Distribuidora: Paramount

Classificação: 12 Anos

386078.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxTrumbo – Lista Negra

EUA – 2015 – Drama – Duração: 125 min.

Sinopse: O roteirista Dalton Trumbo (Bryan Cranston) tem uma história singular em Hollywood: apesar de ter escrito algumas das histórias de maior sucesso da época, como A Princesa e o Plebeu (1953), ele se recusou a cooperar com o Comitê de Atividades Antiamericanas do congresso e acabou preso e proibido de trabalhar. Mesmo quando saiu da prisão, Trumbo demorou anos para vencer o boicote do governo, sofrendo com uma série de problemas envolvendo familiares e amigos próximos.

Trailer:

Direção: Jay Roach

Elenco: Bryan Cranston, Diane Lane, Elle Fanning, Helen Mirren.

Distribuidora: California Filmes

Classificação: 14 Anos