HBO divulga trailer do documentário Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds

A HBO divulgou hoje o trailer de Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds, documentário sobre as atrizes Carrie Fisher e Debbie Reynolds, que faleceram na última semana. Veja no player abaixo!

O documentário é um retrato íntimo da realeza de Hollywood em toda sua excentricidade.

Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds chamou a atenção da crítica em muitos festivais de cinema de prestígio, incluindo o Festival de Cinema de Cannes de 2016, o Festival de Cinema de Telluride e o Festival de Cinema de Nova York.

A estreia foi antecipada para o dia 07 de janeiro em virtude da morte repentina das atrizes.

Debbie Reynolds estava na Califórnia com a família organizando o funeral da filha, falecida no dia 27 de dezembro, quando sofreu um derrame e foi levada às pressas para o hospital. Ela não resistiu e acabou falecendo um dia depois da morte de Carrie.

“Ela queria ficar com Carrie”, disse o filho Todd Fisher para a Variety.

Entre os papeis mais marcantes da carreira de Reynolds está o clássico Cantando na Chuva, de 1952.

Carrie Fisher havia sido hospitalizada depois de sofrer uma parada cardíaca na última sexta-feira (23), enquanto estava a bordo de um avião que ia de Londres para Los Angeles. Fisher foi socorrida no avião e levada para a UTI.

HBO antecipa estreia do documentário sobre Carrie Fisher e Debbie Reynolds

Diante das inesperadas mortes das atrizes Carrie Fisher e Debbie Reynolds, a HBO decidiu antecipar a estreia do documentário Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds.

O filme será exibido no sábado, dia 07 de janeiro, exclusivamente na emissora americana.

O documentário é um retrato íntimo da realeza de Hollywood em toda sua excentricidade.

Bright Lights: Starring Carrie Fisher and Debbie Reynolds chamou a atenção da crítica em muitos festivais de cinema de prestígio, incluindo o Festival de Cinema de Cannes de 2016, o Festival de Cinema de Telluride e o Festival de Cinema de Nova York.

Debbie Reynolds estava na Califórnia com a família organizando o funeral da filha, falecida no dia 27 de dezembro, quando sofreu um derrame e foi levada às pressas para o hospital. Ela não resistiu e acabou falecendo um dia depois da morte de Carrie.

“Ela queria ficar com Carrie”, disse o filho Todd Fisher para a Variety.

Entre os papeis mais marcantes da carreira de Reynolds está o clássico Cantando na Chuva, de 1952.

Carrie Fisher havia sido hospitalizada depois de sofrer uma parada cardíaca na última sexta-feira (23), enquanto estava a bordo de um avião que ia de Londres para Los Angeles. Fisher foi socorrida no avião e levada para a UTI.