Crítica | Corra! não é apenas um ótimo suspense, mas também um longa bastante reflexivo

Nos últimos anos a Blumhouse Productions vem se estabelecendo como um estúdio especializado em produções de baixo orçamento do gênero suspense/terror aclamados pela crítica e pelo público em geral. A Bruxa, A Visita e o recente Fragmentado foram gratas surpresas e que colocam o estúdio agora como um dos principais em Hollywood. Todas os longas fogem do clichê e buscam, no bom sentindo, dividir opiniões. Cada espectador terá uma opinião distinta do que viu em tela.

Corra! (Get Out) é dirigido por Jordan Peele, ator conhecido pelo trabalho no programa de comédia Key & Peele. Seu primeiro trabalho como diretor surpreende em um filme ousado com emoção, humor e terror fora do padrão. O humor utilizado aqui é ácido e inteligente. Causa aquele riso, mas ao mesmo tempo nos levar a perguntar do porquê estamos rindo. Afinal de contas, é um longa de terror focado na onda de racismo nos EUA.

A história acompanha um final de semana na vida de Chris (Daniel Kaluuya), um jovem afro-americano que visita a propriedade da família de sua namorada Rose (Allison Williams). A princípio, Chris vê o comportamento exageradamente hospitaleiro da família como uma tentativa desajeitada de lidar com a relação interracial da filha, mas, no decorrer do final de semana, uma série de descobertas perturbadoras o levam a uma verdade que ele nunca poderia imaginar.

Qualquer informação a mais sobre a trama seria entregar momentos importantes da fita. Mas o que pode se dizer que a narrativa é eficiente criando uma atmosfera pra deixar o espectador ligado em tudo que acontece ao redor. Nada é aquilo que parece e, a atuação de Daniel Kaluuya é importante para isso. Ele consegue passar com seu olhar e trejeitos a sensação de desconforto ao se sentir literalmente como o prato do dia durante a estadia na casa dos pais da namorada.

Conhecida pela série Girls, Allison Williams apresenta um ótimo desempenho e tem uma reviravolta impressionante. Os experientes Bradley Whitford e Catherine Keener vivem os patriarcas da residência Armitage em atuações assombrosas. Uma outra performance que parecia ser apenas um alívio cômico, mas se torna elemento importante no último ato é Lil Rel Howery no papel de Rod, o amigo de Chris. O fato de Rod ser desconfiado e paranoico com o amigo negro estar ao redor de pessoas brancas não é por menos. Rod é um oficial do TSA, responsável por zelar a segurança e controle de imigração dos transportes nos EUA.

Corra! não é apenas um ótimo suspense, mas um longa bastante reflexivo sobre a nossa sociedade que tapa os olhos com a peneira sobre a questão do racismo. Com uma premissa bem escrita e executada, a produção é uma das grandes surpresas do ano. Recomendo!

 

Sucesso de público e crítica nos EUA, suspense Corra! ganha trailer legendado e data de estreia no Brasil

Corra! (Get Out), suspense assinado pelo ator e diretor Jordan Peele, ganhou trailer legendado e data de estreia no Brasil: 18 de maio. Assista abaixo!

A história acompanha um final de semana na vida de Chris (Daniel Kaluuya), um jovem afro-americano que visita a propriedade da família de sua namorada. A princípio, Chris vê o comportamento exageradamente hospitaleiro da família como uma tentativa desajeitada de lidar com a relação interracial da filha, mas, no decorrer do final de semana, uma série de descobertas perturbadoras o levam a uma verdade que ele nunca poderia imaginar.

Caleb Landry Jones (X-Men – Primeira Classe), Stephen Root (Onde os Fracos Não Têm Vez), Milton “Lil Rel” Howery, Betty Gabriel, Marcus Henderson e Lakeith Stanfield (Straight Outta Compton – A História do N.W.A) também estão no elenco.

Aclamado pela crítica, Corra! já arrecadou US$ 150 milhões em todo o mundo, sendo sucesso de público nos EUA. O filme é produzido pela Blumhouse, responsável por sucessos como Fragmentado, A Visita e a série Atividade Paranormal, e Sean McKittrick, de Donnie Darko.