Séries que estrearam em Setembro/2015

Enfim chegou a Fall Season, período no qual a maioria das séries que assistimos estão voltando para uma nova temporada, e também período de séries novas, muitas séries. Mês de Setembro teve tanta série que, para não ficar muito grande o post, tive que deixar algumas de lado – mas elas entraram no post do mês que vem. De crime clichê até comédia “das antigas” , eis aqui grande parte das estreias.

[divider size=”full”]

Limitless (CBS)  starstarstarstar

“Após ingerir uma misteriosa droga, Brian Sinclar ganha a habilidade de usar toda a sua capacidade cerebral, fazendo com que mude a forma de ver as coisas e também sendo útil para o FBI.” – A série segue aquela velho plot do “tenha poderes ou habilidades e ajude a polícia a decifrar casos difícies”, como já visto em Forever, Blindspot, Chuck e etc., mas tem uma temática boa. Ela é mais uma série adaptada de filme, recebendo até o mesmo nome (aqui no Brasil, o filme chegou com o nome Sem Limites em 2011), seguindo a mesma linha da droga que permite acessar toda a capacidade do cérebro toda vez que ingerida. O elenco da série vêm de várias outras séries de investigação, como CSY, Dexter e Law&Order, tendo direito até a Bradley Cooper.

[divider size=”large”]

The Bastard Executioner (FX)  starstar

“Wilkin Brattle, um cavaleiro a cargo do Rei Edward I, troca sua espada por uma vida pacífica como agricultor. Até que a violência de seu passado o encontra novamente, obrigando-o a exercer o cargo mais sangrento de todos.” – Infelizmente, apenas mais uma série medieval, tendo tudo do mesmo de sempre: sangue, espadas, traição, sexo e um camponês bonitão que é um guerreiro forte. A história é bem confusa na maior parte do piloto (o qual é duplo) e não dá para saber onde eles querem chegar direito com a série.

[divider size=”large”]

Scream Queens (FOX)  starstarstar

“Vinte anos após um crime dentro da fraternidade Kappa House, uma série de assassinatos começam a ocorrer, amedrontando não só as novas moradoras da casa, como também todos da Universidade Wallace.” – Scream Queens foi uma das mais esperada estreias desse ano, talvez seja pelo elenco conhecido ou até mesmo pelo gênero que tem, mas ela não é essa coca-cola toda. Ela é daquelas comédias trashs, com personagens engraçados e ridículos e cenas bem idiotas. É um “Todo Mundo Em Pânico” moderninho, porém menos engraçado.

https://www.youtube.com/watch?v=-FtenR69qmk

[divider size=”large”]

Heroes Reborn (NBC)  starstarstar

“Após um ataque terrorista dizimar a cidade de Odessa, no Texas, culpando os EVO’s restantes passam a se esconder e/ou fugir daqueles que os querem extintos.” – Infelizmente, eles não conseguiram fazer algo agradável. Criei muita expectativas para o retorno de Heroes, pois foi uma série que gostei muito, mesmo ela tendo ficado bem ruim conforme as temporadas iam sendo exibidas. Eles erraram em colocar muitas informações para um piloto, sem mesmo dar uma “refrescada” na memória de quem assistiu, causando também desconforto para quem nunca assistiu e não chegou a conhecer os personagens e histórias antigas. Os efeitos especiais, que poderiam ser muito bons, estão ao estilo paint, deixando algo mais para Caminhos do Coração do que para Heroes. Burrice será a minha, que continuarei assistindo mesmo sabendo disso tudo.

https://www.youtube.com/watch?v=4FLHB2zB_cA

[divider size=”large”]

The Player (NBC)  starstar

“Um agente de operações especiais que se tornou um especialista em segurança, não consegue capturar o assassino de sua ex-esposa. Em busca de justiça, o caminho dele cruza com o de uma organização de elite obscura, chamada House, cujos membros apostam se ele pode ou não evitar crimes futuros.” – Espero, realmente, que seja a última série de “pré-crime”. Embora seja legal esse negócio de apostas, a série cai na mesmice. Dentre as que estão fazendo parte da Fall Season, ainda fico com Limitless quando o quesito é mistério/ação/policial.

[divider size=”large”]

The Muppets (ABC)  starstarstarstar

“Os adoráveis fantoches de nossa infância voltam para a TV nessa série de estilo mockumentary, seguindo a vida pessoal e profissional de cada personagem” – Eu sempre amei os Muppets – tanto que tenho um Caco (ou Kermit, mas eu prefiro o primeiro mesmo) de pelúcia até hoje – e, uma série com eles, me trouxe boas lembranças. Ela tem uma comédia mais adulta, como se tivesse o foco mais para esse público do que para crianças, mas não chega a ser algo forte. Não sei onde os produtores pretendem chegar com uma série assim, mas enquanto estiver ativa, eu irei acompanhar.

[divider size=”large”]

Life In Pieces (CBS)  starstarstarstar

“Uma comédia sobre o dia-a-dia de uma família, narrada por diferentes membro, formando histórias separadas em um único episódio.” – Tem uma pegada meio Modern Family, devido ao fato das diferentes narrações e alguns plots em um episódio só, mas, para uma série que tem apenas vinte minutos, vale a pena acompanhar. Tem uma história legal e cômica, e cada membro tem uma personalidade própria, se diferenciando das outras séries com o mesmo estilo.

[divider size=”large”]

Quantico (ABC)  starstarstarstarstar

“Um olhar sobra vida e o treinamento de jovens recrutados pelo FBI na base Quantico, em Virginia.” – Talvez o melhor piloto desse mês, na minha opinião. O episódio é bom em todos os sentidos, desde o elenco até o formato de como as coisas vão se passando, no caso temos cenas do presente, junto com cenas do passado – onde mostra o treinamento deles na base. Espero que a ABC aposte bem nessa série, para que possamos ter, pelo menos, um final adequado e excelente.

https://www.youtube.com/watch?v=iRnFFinkCFA

[divider size=”large”]

Blood & Oil (ABC)  starstarstarstarstar

“Um jovem casal, buscando enriquecer para pagar dívidas milionárias, se muda para Rock Springs, na Dakota do Norte, uma região que começou a prosperar depois da maior descoberta de petróleo já feita na história do país. Assim que chegam, percebem que, para chegar ao petróleo, terão que começar pela lama. Confrontados por um magnata implacável, eles apostam alto e arriscam tudo, incluindo o casamento.” – Quando penso que iria sentir falta de Revenge, o nosso novelão favorito, a ABC nos presenteia com isso. Para quem gosta desse tipo de série, Blood & Oil é uma ótima aquisição para a grade, pois tem tudo o que Revenge tinha, desde traições até festas milionárias. Os atores são ótimos, e a história, apesar de um pouco clichê e óbvia, tem tudo para levar para umas duas ou três temporadas. Ela fica em segundo lugar de melhores pilotos da Fall Season, perdendo só para Quantico.

[divider size=”full”]

Tive algumas decepções nesse mês, como, por exemplo, Scream Queens, achei uma comédia trash – o que já tava na cara, porém bem forçado, e a atuação deixa a desejar também. A série Hand Of God, da Amazon.Com, já teve todos os episódios disponibilizados e, por isso, tentarei fazer um Projeto Piloto separado. E, por fim, para aqueles que gostam de Neil Patrick Harris, recomendo assistir Best Time Ever, que é tipo um Programa Do Silvio Santos, só que com o Neil.

É isso, caso queira saber de séries que estrearam nos meses passados, basta clicar aqui.

14 rostos familiares que veremos nas novas séries

Estamos na Fall Season 2015, época de novas séries e temporadas que chegam na nova programação dos canais de televisão. Novas séries e também rostos familiares que presenciamos em séries anteriores e que agora vão estrelar em novos projetos.

Listamos 14 rostos familiares que veremos nas novas séries de televisão. Confira a lista!

Zachary Levi em Heroes Reborn

De onde você o conhece: O primeiro destaque de Levi na televisão foi na sitcom Less Than Perfect, onde ele atuou por quatro temporadas. Mas seu papel mais conhecido foi como o agente nerd Chuck Bartowski na série Chuck.

Em Heroes Reborn, Levi estará mostrando o seu lado negro como Luke Collins, um vigilante vingativo que tenta matar aqueles com superpoderes (agora chamados de “Evos”), depois que sua família sobre uma grande tragédia.

Wesley Snipes em The Player

De onde você o conhece: Snipes apareceu em vários filmes memoráveis, incluindo Passageiro 57, Homens Brancos Não Sabem Enterrar e O Demolidor. Mas o astro é talvez mais conhecido pelo seu papel na trilogia Blade, O Caçador de Vampiros.

The Player, descrito como um thriller, acompanha Alex (Philip Winchester, de Strike Back) um ex-agente que agora trabalha como especialista em segurança dos milionários de Las Vegas. Quando Alex é acusado de matar a esposa Ginny, um grupo formado por pessoas muito poderosas lhe oferece a liberdade se ele concordar em ajudá-los a evitar crimes. Enquanto realiza seu trabalho, ele tenta descobrir o assassino de Ginny e desvendar as verdadeiras intenções do grupo.

John Stamos em Grandfathered

De onde você o conhece: Stamos viveu Jesse na série Três É Demais (Full House).

Produzida e estrelada por John Stamos, esta comédia acompanha o solteiro que tem sua vida completamente alterada quando descobre que é pai e também avô.

O filho Gerald (Josh Peck) é o oposto do pai. Um amável especialista em computadores que agora está desempregado, razão pela qual ele procura por Jimmy. Com ele está sua filha de dois anos, fruto de uma noite de sexo que ele teve com Vanessa (Christina Milian), uma jovem destrambelhada que, ao conhecer Jimmy, se sente instantaneamente atraída por ele. Situação que não agrada Gerald.

Emma Roberts, Lea Michele e Jamie Lee Curtis em Scream Queens

De onde você as conhece: A rainha do grito Jamie Lee é bastante conhecida pelos filmes Halloween, Prom Night, You Again e Freaky Friday. Emma Roberts fez parte do elenco de Pânico 4 e American Horror Story. Já Lea Michele é mais conhecida pelo seu papel na série Glee como Rachel.

Em Scream Queens, Emma será novamente uma vadia malvada que se chama Chanel, a presidente da fraternidade Kappa. Lea Michele será Hester, uma garota com escoliose que idolatra a presidente da fraternidade. Já Jamie Lee Curtis será a Decana da faculdade, ela luta contra o preconceito no sistema das fraternidades e também tenta descobrir quem é o assassino misterioso.

Chace Crawford em Blood & Oil

De onde você o conhece: Crawford deu vida ao personagem Nate Archibald na série teen Gossip Girl.

Em Blood & Oil Crawford traz um pouco do charme de Nate Archibald para o papel de Billy Lefever, um homem ambicioso que se propõe a deixar sua marca na indústria de óleo de Dakota do Norte, apesar de não saber nada sobre o negócio.

Melissa Benoist em Supergirl

De onde você a conhece: Benoist deu vida a Marley Rose, na quarta temporada de Glee. Nos cinemas ela teve grande participação no filme Whiplash onde interpretou Nicole.

Ken Jeong em Dr. Ken

De onde você o conhece: Provavelmente de muitos filmes de comédia, mas seus papeis mais importantes foram na série Community e na série de filmes ‘Se beber não case’.

Dr. Ken é baseada na vida de Ken Jeong, a história de um cara irritado porém amável, que vive na correia entre ser médico e ser pai.

Jennifer Carpenter em Limitless

De onde você a conhece: Carpenter deu vida a Debra Morgan em Dexter.

Limitless mostra a história de Brian Sinclair (Jake McDorman) que usa uma droga experimental chamada NZT para potencializar seu cérebro e ajudar o FBI em casos complicados.

Mark-Paul Gosselaar em Truth Be Told

De onde você o conhece: Recentemente estrelou na série Franklin & Bash como Breckin Meyer por quatro temporadas.

Gosselaar retorna à televisão na nova comédia da NBC, que visa combater os tabus do sexo através de dois casais que são melhores amigos e vizinhos.

Stephen Moyer em The Bastard Executioner

De onde você o conhece: Moyer deu vida ao vampiro Bill Compton por seis temporadas em True Blood.

Ed Westwick na série Wicked City

De onde você o conhece: Ed deu vida ao charmoso Chuck Bass em Gossip Girl.

Em Wicked City, Ed será um assassino em série que se chama Kent.

Jane Lynch em Angel from Hell

De onde você a conhece: Lynch eternizou a personagem Sue Sylvester em Glee.

Neste novo projeto, a exagerada e cara-de-pau Amy (interpretada por Lynch) entrará na vida da jovem Allison alegando ser o seu anjo da guarda. Nasce uma amizade no mínimo improvável entre as duas, embora Allison não esteja bem certa se Amy é um anjo mesmo ou apenas uma doida varrida.