Charlie Hunnam não está interessado em ser o Arqueiro Verde no cinema

Enquanto o Arqueiro Verde está sendo interpretado por Stephen Amell no universo DC da TV, o personagem ainda não fez sua aparição no Universo Estendido da DC nas telonas. Um dos nomes solicitados pelos fãs é o ator Charlie Hunnam, conhecido por seu papel na série Sons of Anarchy.

Em uma entrevista recente ao Yahoo Movies, o ator foi questionado sobre a ideia de interpretar o Arqueiro Verde nos filmes da DC, mas sua resposta pode não deixar os fãs muito contentes. Hunnam disse que não está interessado no papel e que também não sebe quem é o Arqueiro Verde.

Eu não cresci fã de quadrinhos e não vi nenhum desses filmes da Marvel ou filmes do Batman. Não é meu gosto. Tenho que confessar que não sei quem é o Arqueiro Verde. Não é parte da minha visão de carreira e o que aspiro.

Rei Arthur – A Lenda da Espada é o trabalho mais recente de Charlie Hunnam  e estreia ainda em 2017.

David Meunier se junta ao elenco de Arrow como Ishmael Gregor

A quinta temporada de Arrow está se aproximando e mais atores entram para o elenco. Dessa vez, David Meunier, conhecido por seu trabalho em Justified, foi confirmado como Ishmael Gregor. O personagem é um dos alter-egos do demônio Sabbac, que também será um personagem recorrente na quinta temporada.

De acordo com o anúncio da CW, o Ismael será um importante personagem do passado de Oliver no que diz respeito a máfia russa. Nos quadrinhos, o personagem é um imigrante russo, que se tornou um chefe da máfia em Nova York e acabou por ser possuído pelo demônio Sabbac em um ritual.

Sabbac é um dos principais antagonistas do Renegados, um grupo da DC que já contou com nomes como: Batman, Mulher-Gato, Asa Noturna, Caçador de Marte e Arsenal.

A 5ª temporada de Arrow estreia em 05 de outubro nos EUA.

Arqueiro Verde | HQ do pesonagem na fase Rebirth vende mais de 90.000 cópias

A reformulação editorial da DC, Rebirth, vem trazendo elementos consagrados dos personagens da editora e promete trazer a alegria de volta às HQs. Um dos personagens, que mais parece estar se beneficiando com essa ideia é o Arqueiro Verde.

Além da volta do icônico cavanaque, Oliver também voltou com sua antiga relação com a Canário Negro. Essas mudanças fizeram que, Green Arrow: Rebirth vendesse mais de 90.000 cópias nos EUA desde seu lançamento na semana passada.

Se o número for mesmo confirmado, a HQ assinada por Benjamin PercyOtto Schmidt vai se tornar a revista do Arqueiro que mais vendeu na história recente. Dado as grandes vendas, o quadrinho terá uma reimpressão, que chegará na terra do Tio Sam no dia 29 desse mês.

Arte de John Romita Jr. é o tema das capas variantes da DC de abril

250px-John_Romita_Jr,_2006As capas variantes da DC do mês de abril vão prestigiar a arte do mestre John Romita Jr. (foto), o veterano desenhista é mais conhecido por seu trabalho na Marvel, mas vem fazendo trabalhos importantes na DC como: Superman e os spin-offs de Dark Knight III. John Romita Jr. é filho de outro consagrado desenhista da Marvel, John Romita Sr. Romitinha se destacou na Casa das Ideias por seus desenhos em Homem-Aranha, X-Men, Homem de Ferro e Demolidor.

Confira a lista de HQs com capas variantes pelo lendário desenhista:

  • Action Comics #51
  • Aquaman #51
  • Batman #51
  • Batman/Superman #31
  • Cyborg #10
  • Deathstroke #17
  • Detective Comics #51
  • The Flash #51
  • Grayson #19
  • Green Arrow #51
  • Green Lantern #51
  • Harley Quinn #27
  • Justice League #50
  • JLA #10
  • Martian Manhunter #11
  • Red Hood/Arsenal #11
  • Robin: Son of Batman #11
  • Sinestro #22
  • Starfire #11
  • Superman #51
  • Superman/Wonder Woman #28
  • Superman: Lois and Clark #7
  • Teen Titans #19
  • Titans Hunt #7
  • We Are Robin #11
  • Wonder Woman #51

Confira também algumas capas conseguidas com exclusidade pelo Comic Book.com:

John Barrowman vai escrever a HQ do Arqueiro Negro para a DC

A história secreta do Arqueiro Negro, Malcom Merlyn, era algo que despertava a curiosidade dos fãs de Arrow agora, o ator John Barrowman, intérprete do personagem, vai desvendar esse mistério escrevendo uma HQ digital de 12 partes. A revista contará, além do ator, com sua irmã ajudando nos roteiros e a arte de Daniel Sampere.

Sobre a nova empreitada, Barrowan disse a TVInsider:

Minha irmã e eu somos fãs de quadrinhos e alguns anos atrás, tivemos a ideia de uma equipe de super-heróis DC da década de 50 que ficou perdida na história. Nós pensamos em atualizar o grupo para os dias atuais. Eu fui até Geoff Johns, diretor criativo da DC Comics, e lançei a ideia para ele e sua equipe. Enquanto estávamos conversando, eu mencionei que Carole e eu gostaríamos de escrever o passado de Malcolm também. Geoff sabia que Carole e eu tínhamos escrito algumas coisas juntos … Depois que tivemos a aprovação de Geoff, nos pesquisamos o que já havia sido escrito sobre Malcolm Merlyn.

Confira a capa da HQ:

poltrona-aqueiro-negro

Arrow: The Dark Archer #1 estará disponível digitalmente no aplicativo da DC em 13 de Janeiro, e terá lançamentos bimensais depois disso.

Com informações de Newsarama

David Goyer fala sobre o filme do Arqueiro Verde que nunca aconteceu

David Goyer
David Goyer

David Goyer, diretor e roteirista, que já trabalhou em filmes como Batman Begins, Batman: O Cavaleiro das Trevas, O Homem de Aço e o mais recente Batman vs Superman: A Origem da Justiça, falou sobre a sua tentativa de fazer um filme do Arqueiro Verde, com a presença de diversos vilões da DC.

Green Arrow: Escape from Super Max, tinha um script ambicioso, que incluía a presença de vilões como Lex Luthor, Charada e Coringa.

Goyer disse ao Den of Geek que antes da popularidade dos filmes da Marvel, os executivos da Warner Bros. não tinham interesse em filmes de super-heróis (muito menos de vilões), além daqueles que faziam parte de Batman e Super-Homem.

“Acredito que se o script viesse à tona alguns anos atrás… estaria totalmente à frente do seu tempo. A propósito, tudo o que vejo sobre Esquadrão Suicida parece fantástico e é uma história diferente. A Marvel considerava fazer um filme do Sexteto Sinistro e na época, Deus, acho que foi há oito ou nove anos, que nós escrevemos alguns rascunhos, mesmo sendo um bom roteiro, pensamos “por que iríamos fazer um filme sobre um bando de vilões. Isso não faz sentido?”

Goyer disse que apesar de ter tido o apoio de um certo executivo da Warner, outros tinham ideias diferentes sobre a viabilidade do projeto:

“O executivo era claramente um visionário, mas os responsáveis maiores da Warner Bros. não acompanharam a ideia, só pensavam em fazer filmes do Batman ou Super-Homem. Mas isso foi antes da Marvel decolar, antes de projetos como Os Guardiões da Galáxia ou Homem-Formiga terem o sucesso que conhecemos. Era inevitável que alguém fizesse um filme sobre vilões eventualmente”

Goyer confirmou que por enquanto não vai dirigir qualquer filme do universo da DC.

Com informações de Den of Geek, IGN e Comic Book