J.K. Rowling divulga animação e nova história sobre a Escola de Magia e Bruxaria dos Estados Unidos

O dia começa melhor quando temos novidades vindas diretamente de J.K. Rowling. Dessa vez, a autora divulgou não apenas mais informações sobre as novas Escolas de Magia e Bruxaria espalhadas pelo mundo, mas adicionou a isso uma animação.

Através do site Pottermore, nesta terça feira (28), Rowling resolveu contar um pouco mais sobre a história da Escola de Magia e Bruxaria de Ilvermorny, nos Estados Unidos. A escola já havia sido mencionada meses atrás pela própria autora, como uma maneira de divulgar o próximo filme do universo Harry Potter Animais Fantásticos e Onde Habitam”, que chega aos cinemas em novembro.

O conto completo pode ser lido em inglês AQUI , mas conta basicamente sobre a história de Isolt, uma jovem bruxa com um início de infância similar a de Harry Potter, tendo perdido seus pais assassinados, com apenas 5 anos de idade. Nascida na Irlanda, a menina fugiu para os Estados Unidos ao tentar escapar da assassina de seus pais e acabou conhecendo o jovem NoMaj James Steward. Eles construíram uma casa de pedra no topo do Monte Greylock, que acabou por se tornar uma grande mansão com os feitiços feitos pela jovem, agora já uma mulher. A construção recebeu o nome de Ilvermorny, em homenagem a casa de campo onde ela havia nascido, e foi o lar de James e Isolt, agora apaixonados e casados.

Buscando ensinar aos filhos tudo que aprendeu sobre Hogwarts, Isolt resolveu criar ali mesmo uma Escola de Magia e Bruxaria, tendo inclusive as 4 casas de sua inspiração, um desejo dos meninos. Como todo bruxo, os filhos desejavam uma varinha e através da magia de Isolt e do talento de James para esculpir, os dois logos conseguiram as suas. A reputação da pequena escola começou a crescer e muitos outros jovens bruxos vinham em busca de varinhas e conhecimentos mágicos. Isolt não sabia que ela mesma, possuía a varinha de ninguém menos que Salazar Sonserina, seu ancestral, e um dos 4 fundadores de Hogwarts. A varinha possuía traços do chifre do Basilisco, por muitos já conhecido.

A casa se transformou em um castelo, professores foram recrutados e crianças de toda a América do Norte começaram a aprender na nova escola. No século XIX, Ilvermorny ja havia atingido a reputação que tem até  hoje. O casal permaneceu na direção e eram amados por todos os alunos, até que morreram juntos após os 100 anos de idade. A linhagem de Sonserina na América acabou quando a filha mais velha do casal decidiu não se casar, mas na Inglaterra já sabemos que continuou. Por ser parte criada por um NoMaj, Ilvermorny é conhecida até hoje como a escola mais democrática e receptiva para seus alunos, sendo protegida por segredos e feitiços.

A animação busca resumir um pouco do que existe no texto do site. Vale a pena conferir!