American Gods é renovada para segunda temporada

Com apenas dois episódios exibidos até o momento em sua primeira temporada, American Gods, a adaptação do livro de Neil Gaiman pelo canal Starz foi renovada para sua segunda temporada!

De acordo com o Deadline, estimasse que a segunda temporada da série vá estrear em meados de 2018. Embora a contagem de episódios ainda não tenha sido determinada, podemos esperar que a segunda temporada tenha pelo menos a mesma quantidade de oito episódios da temporada atual.

Confirmando a renovação da série, o presidente do canal Starz, Carmi Zlotnik fez a seguinte declaração: “Bryan Fuller, Michael Green e Neil Gaiman troxeram evolução na arte da televisão de forma narrativa, estrutural e gráfica com American Gods, e estamos muito satisfeitos por trabalhar novamente com estes artistas enquanto eles continuam a construir mundos e guerras dos deuses”.

Leia também: Novos cartazes apresentam os personagens da série

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

No Brasil a série é exibida pelo serviço de streaming Amazon Prime.

Primeiras Impressões | Deuses Americanos pode não agradar a todos os públicos

Deuses Americanos é sem sombra de dúvida um dos melhores livros sobre mitologia já escrito, como foi falado em nossa resenha no Ler é Bom, Vai ! A trama possui momentos perturbadores e bizarros descritos à perfeição por Neil Gaiman. Logo que foi divulgado que a história seria adaptada em uma série de TV, os fãs ficaram ao mesmo tempo felizes e receosos por algo que não atingisse as mesmas expectativas da leitura, principalmente por conta dos tais momentos singulares. Uma coisa podemos garantir: quanto a isso vocês não irão se decepcionar!

Assistimos os quatro primeiros episódios da série e as opiniões entre a equipe não poderiam ser as mais diversas. Quem leu o livro (quem vos escreve) gostou e se surpreendeu com a veracidade das cenas e detalhes descritos nas cenas. Por outro lado, quem não leu achou confuso e até mesmo monótono em alguns momentos onde o absurdo predomina. Logo nos primeiros 30 minutos temos a clássica cena onde a deusa Bilquis – a Rainha de Sabá na Bíblia -, ingere homens através de sua vagina para sua adoração, e os diretores não economizaram em detalhes. Essas e outras situações são muito bem retratadas e satisfazem o leitor fã da obra original de Gaiman.

O personagem de Shadow (Ricky Whitle) ainda não me conquistou, assim como sua inspiração demorou alguns capítulos para cair nas graças do público. Shadow é um homem complexo e mesmo após chegarmos ao final temos dúvida de suas origens e personalidades. Whitle parece perdido diante de tanto conteúdo e personagens igualmente complicados, porém que marcam presença – como o caso de Ian McShane no papel de Wednesday. Shane interpreta exatamente aquilo que imaginei para Wednesday, com suas piadas irônicas, sarcasmo e principalmente carisma de sobra. O jeito mafioso do ator encaixou perfeitamente no lado mulherengo e sombrio do Deus, mascarando a personalidade apática de Shadow.

Assim como no livro, não podemos reclamar do detalhamento e dos efeitos pra produção de Deuses Americanos, que utiliza de todos os recursos possíveis para trazer o espectador para dentro das cenas. Seja chuva de sangue ou um passeio psicodélico pela tecnologia, a qualidade da exibição está ao nível do roteiro original – excelente. É a fórmula perfeita para algo de sucesso, mas que talvez não seja atrativa para quem chegou agora. A história parece partir do princípio que você já leu o livro e está apenas vendo seu conteúdo exposto nas telas, não se esforçando para explicar melhor todo o rebuliço que está acontecendo. Ainda não sabemos o que vem por aí, mas a existência do episódio 4 já parece ser uma espécie de “localizador” para quem ainda não conhece a história de Laura (Emily Browning) e pode ter perdido o fio quando tudo foi revelado.

Independente do resultado, não há como negar que as expectativas para Deuses Americanos são as mais altas possíveis e vai depender de cada um serem positivas ou negativas. A série tem fotografia e feitos visuais incríveis e um elenco tão enigmático quanto os personagens que representam. Nos resta esperar para ver o rumo que a trama irá tomar a partir do episódio 4 e torcer para que o trabalho de Gaiman seja honrado com a qualidade que merece. Tudo agora está na mão da emissora responsável pelo programa, a Starz.

American Gods | Novos cartazes apresentam os personagens da série

O canal Starz divulgou novos cartazes de American Gods, série de TV inspirada na obra de Neil Gaiman. As artes apresentam os personagens da série. Veja na galeria abaixo!

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

American Gods estreia em 30 de abril no canal Starz. No Brasil, a série estreia em 1º de maio pela Amazon Prime Video.

Guerra entre deuses no trailer oficial de American Gods

Uma das séries mais aguardadas do ano acaba de ganhar um novo trailer repleto de cenas inéditas! Estamos falando de American Gods, série da emissora Starz inspirada no livro de Neil Gaiman.

A adaptação vai estrear nos Estados Unidos em 30 de abril deste ano! Assista ao trailer no player abaixo:

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

Anote na agenda: American Gods estreia em 30 de abril no canal Starz.

American Gods | Série inspirada no livro de Neil Gaiman tem data de estreia revelada

Uma das séries mais aguardadas do ano finalmente tem sua data de estreia revelada! Estamos falando de American Gods, série da emissora Starz inspirada no livro de Neil Gaiman.

A adaptação vai estrear nos Estados Unidos em 30 de abril deste ano! Assista ao trailer no player abaixo:

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

Anote na agenda: American Gods estreia em 30 de abril no canal Starz.

Ler é Bom, Vai | Deuses Americanos é um dos melhores livros sobre mitologia já escrito

Esse domingo, decidi falar sobre um livro que foi, para mim, um presente em 2016. Sempre fui fã do tema mitologia, seja ela qual for, mas é difícil achar uma trama que aborde esse tema e seja original. Deuses Americanos me foi recomendado por diversas pessoas, e quando a Editora Intrínseca mandou aqui para casa, tomei como um sinal e finalmente resolvi ler (muuuito obrigada Intrínseca!).

Datado de 2001, a obra possuí diversas edições com as mais diferentes capas, mas o mesmo conteúdo. Tive a honra de receber a chamada ‘edição preferida do autor’, com páginas amarelas (simplesmente não gosto de páginas brancas), capítulos expandidos, artigos, uma entrevista com Neil Gaiman, além de um ótimo texto de introdução

Deuses Americanos nos convida a pensar desde o início da história, utilizando-se de metáforas bobas e/ou inteligentes que tornam a leitura leve, em um livro de mais de 500 páginas. Confesso que tive receio de ler outra trama maçante, com termos históricos e arcaicos, mas é exatamente o oposto.

A história narra a vida de Shadow, preso a três, desejando terminar seu tempo e voltar para casa, para sua amada esposa Laura e para o conforto do lar.  anos e seu maior sonho é voltar para casa, estar novamente com a pessoa que ama, Laura, sua esposa. Desde o momento que recebe a notícia de sua soltura, a vida de Shadow vira de cabeça pra baixo e ele se vê sem chão. É neste momento que surge Wednesday (Quarta-feira é o Dia de Odin na mitologia nórdica) , um velho Deus ‘esquecido’ que busca o antigo reconhecimento e adoração do passado. Antes que perceba, o rapaz se vê envolvido com Deuses, os novos e os antigos, além de trabalhar para eles em troca de um caminho para seguir na vida.

A trama gira em torno de uma guerra, premeditada a acontecer, onde Shadow percebe ter um importante papel. De um lado os velhos deuses, como Odin, Anúbis, Tot e Loki; do outro, os novos deuses, como a Media, a Internet e a Televisão, ou seja, artefatos que cultuamos em nosso dia a dia. Enquanto os novos buscam reconhecimento, os antigos querem recuperar a devoção que lhes foi atribuída quando os novos ainda não existiam. Shadow é recrutado por Wednesday, para ajudar a reunir os deuses esquecidos, que vivem uma vida “humana”, e declarar guerra aos modernos.

Apesar de abordar diversas vertentes da mitologia, Gaiman deixa de fora dois panteões de deuses bem conhecidos, os Gregos e os Cristãos, apesar de existir apenas uma pequena referência com a presença da deusa Easter, que significa Páscoa em inglês. Os trocadilhos estão presentes do início ao fim do livro, então é bom prestar atenção e tentar adivinhar antes de ser revelado na história (confesso que não percebi).

Quando pensamos que não tinha como melhorar, Gaiman encerra o livro da maneira mais brilhante possível. Shadow finalmente consegue desvendar, de maneira surpreendente, o mistério introduzido no início da história. Ao finalmente encontrar o corpo de Alison McGovern, a trama segue por um caminho que eu não esperava, e revela o lado de um personagem, praticamente “esquecido”.

Por fim, nas três páginas finais, Shadow se encontra na Islândia. O rapaz está em um restaurante, quando é surpreendido por ninguém menos do que Odin. Não, não o Wednesday de antes, mas o verdadeiro Deus Nórdico. Quando acusado por Shadow, por ser o suposto vilão, o Deus responde

“Ele era eu, mas eu não sou ele”

Wednesday era Odin, mas a versão levada a América pela fé dos imigrantes, não o mesmo que vivia nos países Nórdicos e não o mesmo Odin levado a outros países pela fé de outros imigrantes.

A história se encaixa e se desenvolve de maneira tão sensacional que será levada as telas da televisão em 2017. Com um elenco de peso, composto por Ricky Whittle (da série The 100), como Shadow Moon; Ian McShane (de Piratas do Caribe e Game of Thrones), como Wednesday, Gillian Anderson (de Arquivo X), como Media, Emily Browning (de Desventuras em Série), como Laura Moon, Pablo Screiber (de Orange is The New Black), como Mad Sweeney, Crispin Glover (de De Volta Para o Futuro), como Sr World, e Jonathan Tucker (de O Massacre da Serra Elétrica), como Low-Key Liesmith.   

Primeiro trailer de American Gods, série inspirada em obra de Neil Gaiman

A emissora Starz divulgou o primeiro trailer de American Gods, série inspirada no livro de Neil Gaiman, durante o painel da série na San Diego Comic-Con 2016 nesta sexta (22). Assista no player abaixo!

American Gods narra um ex-condenado chamado Shadow Moon (Ricky Whittle), e assim que é liberado previamente da prisão, é contratado como segurança de um misterioso homem chamado Wednesday (Ian McShane). Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

American Gods estreia em 2017 no canal Starz.

American Gods | Veja a primeira imagem do Technical Boy na série

A EW divulgou a primeiro imagem do personagem Technical Boy (Bruce Langley) em American Gods, série da emissora Starz inspirada no livro de Neil Gaiman. Veja na galeria abaixo!

American Gods narra um ex-condenado chamado Shadow Moon (Ricky Whittle), e assim que é liberado previamente da prisão, é contratado como segurança de um misterioso homem chamado Wednesday (Ian McShane). Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

Bryan Fuller (das séries Hannibal, Pushing Daisies e Heroes) e Michael Green (das séries The River, Kings, Heroes) são os roteiristas e showrunners. David Slade (da série Hannibal) vai dirigir o episódio piloto e episódios adicionais.

American Gods | Série inspirada em obra de Neil Gaiman ganha primeiras imagens

A emissora Starz (via Entertainment Weekly) divulgou as primeiras imagens de American Gods, série inspirada no livro de Neil Gaiman. Veja na galeria abaixo!

American Gods narra um ex-condenado chamado Shadow Moon (Ricky Whittle), e assim que é liberado previamente da prisão, é contratado como segurança de um misterioso homem chamado Wednesday (Ian McShane). Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris ObiMousa Kraish também participam da série.

Bryan Fuller (das séries Hannibal, Pushing Daisies e Heroes) e Michael Green (das séries The River, Kings, Heroes) são os roteiristas e showrunners. David Slade (da série Hannibal) vai dirigir o episódio piloto e episódios adicionais.

Gillian Anderson se junta ao elenco de American Gods

A veterana de Arquivo X, Gillian Anderson acaba de se juntar ao elenco de American Gods, a adaptação da Starz do best-seller de Neil Gaiman.

De acordo com o site Deadline, ela irá interpretar Media, que serve de porta voz para os New Gods, assumindo a forma de diferentes celebridades e desenvolvendo uma adoração dissipada pelas pessoas em suas televisões, computadores e telas de computador .

American Gods narra um ex-condenado chamado Shadow Moon (Ricky Whittle), e assim que é liberado previamente da prisão, é contratado como segurança de um misterioso homem chamado Wednesday (Ian McShane). Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

 

American Gods | Novos atores confirmados na adaptação da obra de Neil Gaiman

American Gods, série do canal Starz inspirada no livro de Neil Gaiman, ganhou mais dois grandes nomes em seu elenco.

elenco confirmado
Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris Obi e Mousa Kraish

A emissora confirmou que Cloris Leachman (Raising Hope), Peter Stormare (Arrow, Prison Break), Chris Obi (Branca de Neve e o Caçador) e Mousa Kraish (Velozes e Furiosos) entraram para o elenco da série.

A trama original segue uma guerra entre antigos e novos deuses. Após a morte de sua esposa em um acidente de carro, Shadow é liberado da prisão antes de cumprir totalmente sua pena. Perdido, acaba por conhecer um homem misterioso, chamado Wednesday, que será muito mais importante na vida de Shadow do que ele imagina. Na verdade, Wednesday é um antigo deus, certa vez conhecido por Odin, o Pai de Todos. Ele está percorrendo os Estados Unidos a fim de reunir seus companheiros esquecidos para uma batalha épica contra as divindades do mundo moderno: internet, televisão, cartões de crédito, telefone, rádio… Shadow aceita ajudar Wednesday, e eles se lançam a uma tempestade psicoespiritual que se torna demasiadamente real em suas manifestações.

As filmagens de American Gods começam ainda em abril. Até o momento não há previsão de estreia.

Emily Browning se junta ao elenco da série American Gods

American Gods, série do canal Starz inspirada no livro de Neil Gaiman, ganhou mais um nome no elenco. A emissora confirmou que Emily Browning (Sucker Punch) vai interpretar Laura Moon, a esposa do presidiário Shadow Moon (Ricky Whittle).

A trama original segue uma guerra entre antigos e novos deuses. Após a morte de sua esposa em um acidente de carro, Shadow é liberado da prisão antes de cumprir totalmente sua pena. Perdido, acaba por conhecer um homem misterioso, chamado Wednesday, que será muito mais importante na vida de Shadow do que ele imagina. Na verdade, Wednesday é um antigo deus, certa vez conhecido por Odin, o Pai de Todos. Ele está percorrendo os Estados Unidos a fim de reunir seus companheiros esquecidos para uma batalha épica contra as divindades do mundo moderno: internet, televisão, cartões de crédito, telefone, rádio… Shadow aceita ajudar Wednesday, e eles se lançam a uma tempestade psicoespiritual que se torna demasiadamente real em suas manifestações.

Ian McShane vai interpretar Wednesday.

As filmagens de American Gods começam em abril. Ainda não há previsão de estreia. O canal Starz desenvolve a série junta com a FremantleMedia North America.

Bryan Fuller (das séries Hannibal, Pushing Daisies e Heroes) e Michael Green (das séries The River, Kings, Heroes) são os roteiristas e showrunners. David Slade (da série Hannibal) vai dirigir o episódio piloto e episódios adicionais.

American Gods | Ian McShane será o Wednesday na série sobre livro de Neil Gaiman

Ian McShane (da série Deadwood) está se juntando ao elenco de American Gods, série do canal Starz inspirada no livro de Neil Gaiman.

O próprio Gaiman e Bryan Fuller anunciaram no Twitter que o ator irá interpretar o Wednesday. Ele se junta a Ricky Whittle (da série The 100), que ficou com o papel de Shadow Moon.

A trama original segue uma guerra entre antigos e novos deuses. Após a morte de sua esposa em um acidente de carro, Shadow é liberado da prisão antes de cumprir totalmente sua pena. Perdido, acaba por conhecer um homem misterioso, chamado Wednesday, que será muito mais importante na vida de Shadow do que ele imagina. Na verdade, Wednesday é um antigo deus, certa vez conhecido por Odin, o Pai de Todos. Ele está percorrendo os Estados Unidos a fim de reunir seus companheiros esquecidos para uma batalha épica contra as divindades do mundo moderno: internet, televisão, cartões de crédito, telefone, rádio… Shadow aceita ajudar Wednesday, e eles se lançam a uma tempestade psicoespiritual que se torna demasiadamente real em suas manifestações.

As filmagens de American Gods começam em abril. Ainda não há previsão de estreia. O canal Starz desenvolve a série junta com a FremantleMedia North America.

Bryan Fuller (das séries Hannibal, Pushing Daisies e Heroes) e Michael Green (das séries The River, Kings, Heroes) são os roteiristas e showrunners. David Slade (da série Hannibal) vai dirigir o episódio piloto e episódios adicionais.

American Gods | Série inspirada em obra de Neil Gaiman escala o protagonista

O canal Starz e FremantleMedia North America confirmaram hoje que Ricky Whittle (da série The 100) será o protagonista de American Gods, série de TV inspirada no livro de Neil Gaiman. O ator vai interpretar o ex-presidiário Shadow Moon.

A trama original segue uma guerra entre antigos e novos deuses. Após a morte de sua esposa em um acidente de carro, Shadow é liberado da prisão antes de cumprir totalmente sua pena. Perdido, acaba por conhecer um homem misterioso, chamado Wednesday, que será muito mais importante na vida de Shadow do que ele imagina. Na verdade, Wednesday é um antigo deus, certa vez conhecido por Odin, o Pai de Todos. Ele está percorrendo os Estados Unidos a fim de reunir seus companheiros esquecidos para uma batalha épica contra as divindades do mundo moderno: internet, televisão, cartões de crédito, telefone, rádio… Shadow aceita ajudar Wednesday, e eles se lançam a uma tempestade psicoespiritual que se torna demasiadamente real em suas manifestações.

As filmagens de American Gods começam em abril. Ainda não há previsão de estreia.

Bryan Fuller (das séries Hannibal, Pushing Daisies e Heroes) e Michael Green (das séries The River, Kings, Heroes) são os roteiristas e showrunners. David Slade (da série Hannibal) vai dirigir o episódio piloto e episódios adicionais.