Crítica | Com Animais Noturnos, Tom Ford pavimenta seu caminho como grande diretor

O estilista Tom Ford surpreendeu em 2009 com sua estreia na direção em Direito de Amar. Sete anos depois, ele comprova seu talento na sétima arte com o ótimo suspense Animais Noturnos, adaptação ao cinema do romance Tony and Susan, de Austin Wright.

Ford realiza mais um filme que foge um pouco dos padrões hollywoodianos. Pode-se dizer que é um longa inovador, com uma narrativa não-linear. São três histórias que se conectam e intrigam a partir da belíssima entrada, que explora o estético e define a atmosfera de seus personagens.

Na trama, Amy Adams interpreta Susan, dona de uma galeria de arte, que demonstra insatisfação com seu segundo casamento ao lado de Walker (Armie Hammer). Ela é surpreendida ao receber o rascunho de um romance intitulado Animais Noturnos, escrito pelo ex-marido escritor, Edward (Jake Gyllenhaal).

O romance, que acaba se tornando um personagem a parte, narra o drama de um sujeito (também vivido por Gyllenhaal) em viagem com sua esposa e filha. Eles são abordados por um grupo de arruaceiros liderados por Ray (Aaron Taylor-Johnson). O resultado não é feliz e, Susan, começa a relembrar da sua relação complexa com Edward.

Com três histórias paralelas (a de Susan no presente e passado e o romance de Edward) a parte da leitura de Susan do romance de Edward acaba sendo o mais atrativo e impactante. Muito se deve as performances soberbas de Aaron Taylor-Johnson e Michael Shannon. Ray (Taylor-Johnson) representa a brutalidade humana, enquanto o xerife interpretado por Shannon representa o sujeito moldado pelas circunstâncias em que vive.

Contudo, Amy Adams emprega mais uma brilhante atuação no ano. Suas performances em A Chegada e agora em Animais Noturnos representam o amadurecimento da atriz, que está em sua melhor forma. Adams figura uma mulher atormentada por demônios interiores, que guarda uma culpa por erros do passado e se vê desconfortável com a dedicatória à ela no livro do ex-marido. Seria o troco pelo fim do casamento?

Jake Gyllenhaal também merece destaque, ainda mais porque interpreta dois papéis em situações distintas. Porém, de certa forma, ambos são vítimas e, abraçam a escuridão no momento final da fita.

Sem esquecer o lado estético com um figurino caprichado e takes belíssimos como a sequência inicial, Animais Noturnos é a prova do caminho construído por Tom Ford para o hall dos grandes cineastas. Um longa que leva o telespectador a se questionar sobre os rumos que a história leva e que todos terão o seu julgamento sobre o caso. Se será o certo… é uma questão de perspectiva.

Destaque no Festival de Veneza, suspense Animais Noturnos ganha primeiro trailer

A Universal Pictures divulgou o primeiro trailer de Animais Noturnos (Nocturnal Animals), longa de Tom Ford (Direito de Amar) inspirado no romance Tony & Susan, de Austin Wright. Veja no player abaixo!

A produção foi um dos grandes destaques do Festival de Veneza, em que recebeu o prêmio do júri.

Na trama, Susan Morrow, personagem de Amy Adams, é uma negociante de arte de Los Angeles que vive uma vida privilegiada, mas incompleta, ao lado de seu marido Hutton Morrow (Armie Hammer). Em um final de semana, após Hutton partir em uma de suas frequentes viagens de negócios, Susan recebe um pacote inesperado: um livro escrito por seu ex-marido, Edward Sheffield (Jake Gyllenhaal), e dedicado a ela. Uma publicação violenta e desoladora.

Michael Shannon, Aaron Taylor-Johnson, Isla Fisher, Karl Glusman, Laura Linney, Andrea Riseborough e Michael Sheen também estão no elenco.

Dirigido e escrito por Tom Ford (Direito de Amar)Animais Noturnos tem previsão de estreia para novembro no Brasil.

Nocturnal Animals | Veja os cartazes da adaptação estrelada por Amy Adams

A Focus Features revelou os primeiros cartazes de personagem de Nocturnal Animals, adaptação ao cinema do  romance Tony and Susan, de Austin Wright. Veja na galeria abaixo!

O longa é descrito como uma “história dentro de uma história”, com a primeira parte sobre uma mulher chamada Susan (Amy Adams) que recebe um manuscrito do livro de seu ex-marido, um homem a quem ela deixou há 20 anos, pedindo sua opinião.
O segundo elemento segue o manuscrito real, chamado de Nocturnal Animals, que gira em torno de um homem cuja as férias de família se tornaram violentas e mortais. A história também continua a acompanhar a vida de Susan, que se encontra recordando seu primeiro casamento e enfrentando algumas verdades sombrias sobre si mesma.

Jake Gyllenhaal, Michael Shannon, Aaron Taylor-Johnson, Isla Fisher, Karl Glusman, Armie Hammer, Laura Linney, Andrea Riseborough e Michael Sheen também estão no elenco.

Dirigido e escrito por Tom Ford (Direito de Amar), Nocturnal Animals será exibido no Festival de Toronto em 11 de setembro. Ainda não há previsão de estreia no Brasil.

Dave Franco, Aaron Johnson e Chandler Riggs são candidatos para o filme do Han Solo

Segundo informações do Heat Vision, a Lucasfilm iniciou uma intensa procura para escalar o protagonista de Han Solo, derivado da franquia Star Wars.

2,500 atores serão testados para interpretar a versão jovem do personagem de Harrison Ford.

Veja também: Presidente da Lucasfilm fala sobre o filme do Han Solo

Aaron Taylor-Johnson (Vingadores: Era de Ultron)Miles Teller (Quarteto Fantástico), Hunter Parish (da série Weeds), Dave Franco (Anjos da Lei) e Rami Malek (da série Mr. Robot) seriam alguns dos canditados.

Outros nomes mais jovens também estão sendo considerados. São eles: Chandler Riggs (da série The Walking Dead), Leo Howard (Kickin’ It)Nick Robinson (Jurassic World)Ansel Elgort (Insurgente)Jack Reynor (Transformers: Era da Extinção)Logan Lerman (Percy Jackson)Landon Liboiron (da série Hemlock Grove) e Tony Oller (The Purge).
Colton Haynes (da série Arrow ) and Max Thieriot (da série Bates Motel), Ed Westwick (da série Gossip Girl), Tom Felton (Harry Potter) e Joshua Sasse (da série Galavant) também estariam no radar para uma audição.

O roteiro de Lawrence Kasdan e Jon Kasdan vai abordar a juventude de Han Solo antes de se tornar o conhecido mercenário.

Dirigido por Phil Lord e Chris Miller (dupla de Uma Aventura Lego), Han Solo estreia em 25 de maio de 2018.