Tag: A Série Divergente: Convergente

Shailene Woodley confirma saída da saga Divergente

É aquele velho ditado: ” Nada é tão ruim que não possa piorar. ”

Alguns anos atrás, Hollywood tentou triunfar com mais um sucesso adolescente, dessa vez, uma espécie de sucessor de Jogos Vorazes. Entretanto, enquanto a franquia de Jennifer Lawrence arrecadou bilhões de dólares, a de Shailene Woodley não. O recente fracasso de Convergente nas bilheterias, levou a Lionsgate a não produzir o último capítulo para os cinemas e sim para as televisões, e com isso, Ascendente será uma série televisiva.

Quando tudo parecia resolvido, uma nova notícia ruim chegou para os fãs da saga. Shailene Woodley, a Tris, confirmou que não fará parte da série, ou seja, Ascendente não terá sua protagonista original. Em um entrevista para a Vanity Fair, Woodley resumiu em poucas palavras aquilo que não queríamos ouvir.

” Não, eu não estarei na série de TV. “

Por mais chocante que seja, já não foi uma notícia completamente nova. Em setembro, Woodley já havia declarado que apesar do respeito pelo estúdio e pela produção, ela não iria participar de um programa na televisão, apenas se a quarta história fosse no cinema. Com a saída da protagonista e, provavelmente, de boa parte do elenco principal (Theo James e Miles Teller) a possibilidade de que Ascendente nunca saia do papel só aumenta.

A Série Divergente: Ascendente chegaria aos cinemas em 2017, portanto, espera-se que a série atinja esse mesmo prazo. No entanto, com essa nova confirmação é difícil prever se a franquia terá um futuro além dos livros. Para aqueles que quiserem assistir Shailene em mais alguma produção, ela irá estrelar ao lado de Nicole Kidman, Reese Witherspoon e Laura Dern em uma minissérie da HBO, além de estar escalada para o novo filme de Baltasar Kormakur , Adrift.

Crítica | Convergente: com a mesma receita, franquia aproveita filme extra

Divergent_series_allegiant_-_the_person_you_became_with_her

Na sessão em que assisti A Série Divergente: Convergente (The Divergent Series: Allegiant) ouvi o melhor comentário sobre a saga: “Divergente nunca será Jogos Vorazes”. Eu concordo e não porque acho a saga ruim, aliás, é minha predileta nessa linha de distopias, mas ela cometeu um erro crucial: veio depois. E tudo que vem depois é comparado e taxado. Com Jogos Vorazes como atriz principal, só restou então o papel de coadjuvante para a história de Tris. A mesma coisa que aconteceu com a relação Harry Potter x Percy Jackson.

Mas a questão é que Convergente é como Jacob Tremblay e passou por cima de Brie Larsson, mesmo essa tendo um Oscar.

Muitas pessoas ficam se perguntando por que uma série de três livros acaba se transformando em quatro filmes – sendo que na maioria das vezes é um filme extra de se dispensar. Foi o caso da primeira parte de Jogos Vorazes – A Esperança, mas a regra pulou uma casa dessa vez. Essa primeira-parte-do-final tem conteúdo, produção e apesar de destoar em vários momentos da linha temporal do livro, se coloca dentro do todo da narrativa cinematográfica de maneira boa, não vai muito longe, mas também não deixa a desejar.

Para uma pessoa que acompanha a série sem ter lido os livros, o filme veio para o bem. Duas horas a mais podem explicar muita coisa, mesmo que algumas vezes você se pegue pensando “o que esse diretor fumou?”

É claro que não é aquele filme – é preciso entender que nem todos os filmes vieram para quebrar a bilheteria e ser exemplo. Convergente traz o que vem prometendo desde o primeiro, sem destoar, o que faz você ficar bem animado com algumas cenas de ação:

Shailene Woodley (Tris) mantém a boa atuação, contudo a problemática de A Culpa é das Estrelas reaparece para ela novamente – Theo James (Quatro) parece muito mais legal que ela nesse filme (além de ser útil, ele tem seus momentos sozinho e faz bom proveito disso) e Miles Teller (Whiplash) entrega o melhor de Peter, te deixando a espera da próxima tirada característica do personagem.

Seguindo a receita dos outros filmes Convergente entrega o que deve e mesmo que não seja uma adaptação ao pé da letra se faz entender: as surpresas ficam para o final e basta a nós esperarmos a saga se fazer notar além das sombras de sua antecessora na última cartada.

E o ministério do bom senso adverte: É UMA ADAPTAÇÃO DO LIVRO, então não espere rever tudo o que você leu, porque isso não faz o filme melhor ou pior.

Cinema: Estreias da Semana – 10 de Março

O mês de Março continua com o lançamento de diversas produções na telona e para começar temos o novo filme da saga Divergente “A Série Divergente: Convergente” estrelado pela atriz Shailene Woodley e com os atores Theo James e Ansel Elgort, a distribuidora Califórnia Filmes apresenta a sua mais nova produção “O Presidente” com a direção de Mohsen Makhmalbaf e chega também nos cinemas o novo filme do ator James Franco Tudo Vai Ficar Bem” com direção de Wim Wenders.

Confira a seguir os lançamentos da semana:

423801A Série Divergente: Convergente

(The Divergent Series: Allegiant) – EUA – 2016 – Ficção – Duração: 121 min

Sinopse: Após a mensagem de Edith Prior ser revelada, Tris (Shailene Woodley), Quatro (Theo James), Caleb (Ansel Elgort), Peter (Miles Teller), Christina (Zoë Kravitz) e Tori (Maggie Q) deixam Chicago para descobrir o que há além da cerca. Ao chegarem lá, eles descobrem a existência de uma nova sociedade.

Trailer: 

Direção: Robert Schwentke

Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Ansel Elgort

Distribuidora: Paris Filmes

Classificação: 12 Anos

534647O Presidente

(The President) – ALE, FRA – 2014 – Drama – Duração: 119 min

Sinopse: O Presidente? conta a história de um ditador que fica cara a cara com as pessoas que ele subjugava. O presidente e sua família governam com punho de ferro enquanto aproveitam uma vida de luxo e cheia de lazer às custas da miséria da população. Quando um contragolpe põe fim ao seu governo brutal e sua família foge do país de avião, o presidente tem que cuidar de seu jovem neto e é forçado a fugir. Agora, o presidente, fugitivo mais procurado do país e com a cabeça a prêmio, embarca numa jornada perigosa com o garoto através do país, rumo ao mar, onde um barco aguarda para levá-los a um lugar seguro. Fingindo ser artista de rua e viajando com pessoas que sofreram por anos com a ditadura, o presidente e a criança inocente enfrentam as dificuldades que fizeram todos odiar o regime.

Trailer: 

Direção: Mohsen Makhmalbaf

Elenco: Mikheil Gomiashvili, Dachi Orvelashvili

Distribuidora: California Filmes

Classificação: 14 anos

540328Tudo Vai Ficar Bem

(Every Thing Will Be Fine) – ALE, CAN – 2015 – Drama – Duração: 118 min

Sinopse: Certo dia o escritor Tomas (James Franco) briga com a sua namorada e decide dirigir sem rumo. Nervoso, perde o controle do carro, atropela e mata uma criança. Afetado pelo trágico acidente, ele não consegue mais ter uma vida tranquila.

Trailer:

Direção: Wim Wenders

Elenco: James Franco, Charlotte Gainsbourg, Marie-Josée Croze

Distribuidora: Mares filmes

Classificação: 14 Anos

A Série Divergente: Convergente ganha trailer final

A Paris Filmes divulgou o trailer final de A Série Divergente: Convergente. Assista no player abaixo!

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Ray Stevenson, Zoë Kravitz, Miles Teller, Ansel Elgort, Maggie Q, Keiynan Lonsdale, Jonny Weston, Mekhi Phifer e Daniel Dae Kim estão de volta ao filme. Nadia HilkerBill Skarsgård são as novidades no elenco.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 09 de junho de 2017.

Tris, Quatro, Peter, Christina e Caleb ilustram os novos cartazes de A Série Divergente: Convergente

A Teen Vogue divulgou cinco novos cartazes individuais de A Série Divergente: Convergente. Veja abaixo Tris, Quatro, Peter, Christina e Caleb!

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Ray Stevenson, Zoë Kravitz, Miles Teller, Ansel Elgort, Maggie Q, Keiynan Lonsdale, Jonny Weston, Mekhi Phifer e Daniel Dae Kim estão de volta ao filme. Nadia Hilker e Bill Skarsgård são as novidades no elenco.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 09 de junho de 2017.

A Série Divergente: Convergente ganha novo trailer

Falta pouco para os fãs assistirem a primeira parte de A Série Divergente: Convergente ! O filme, que ganhou o nome do livro após ser anunciado que as duas partes ganharão nomes diferentes, acaba de ganhar um novo trailer .

O último trailer mostra durante boa parte o muro que circunda a cidade de Chicago. Atravessá-lo significaria liberdade para Tris(Shailene Woodley), Quatro(Theo James) e o resto do grupo, ou pelo menos é o que eles acham.

Pelo que pode ser visto, a protagonista , seu par romântico e o restante de seus amigos (Ansel Elgort, Miles Teller, Zoe Kravitz, etc) irão escalar o enorme muro em busca de sua liberdade e do mundo por trás da muralha.  Algumas cenas quentes de Tris e Quatro nus e tomando banho separados podem ser vistas.

 

 

A Série Divergente: Convergente falará a respeito da primeira parte do livro de Veronica Roth e estreia em 17 de março de 2016 . Já o filme A Série Divergente: Ascendente, estreia em 23 de março de 2017.

Tris e Quatro nos novos cartazes de A Série Divergente: Convergente

A Lionsgate divulgou dois novos cartazes de A Série Divergente: Convergente. Veja abaixo o casal Tris e Quatro!

Como já anunciado pela Lionsgate, os últimos dois filmes da Série Divergente vão sofrer alterações nos títulos. Anteriormente intitulada A Série Divergente: Convergente – Parte 1 e 2, agora os longas ganharam os subtítulos de A Série Divergente: ConvergenteA Série Divergente: Ascendente.

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março de 2016. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 23 de março de 2017.

Veja o primeiro cartaz e trailer de A Série Divergente: Convergente

A Lionsgate divulgou o primeiro cartaz e trailer de A Série Divergente: Convergente. Veja abaixo!

ATUALIZADO COM MAIS DOIS CARTAZES

Como já anunciado pela Lionsgate, os últimos dois filmes da Série Divergente vão sofrer alterações nos títulos. Anteriormente intitulada A Série Divergente: Convergente – Parte 1 e 2, agora os longas ganharam os subtítulos de A Série Divergente: ConvergenteA Série Divergente: Ascendente.

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março de 2016. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 23 de março de 2017.

Assista ao primeiro teaser trailer de A Série Divergente: Convergente

Foi divulgado hoje (15) o primeiro trailer de A Série Divergente: Convergente.

Os primeiros minutos do teaser mostra algumas cenas já vistas em Divergente e Insurgente, fazendo uma sincronia com as cenas inéditas do novo filme.

Como já anunciado pela Lionsgate, os últimos dois filmes da Série Divergente vão sofrer alterações nos títulos. Anteriormente intitulada A Série Divergente: Convergente – Parte 1 e 2, agora os longas ganharam os subtítulos de A Série Divergente: ConvergenteA Série Divergente: Ascendente.

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março de 2016. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 23 de março de 2017.

A Série Divergente | Últimos filmes ganham novos títulos

Lionsgate anunciou hoje (via MTV) que os últimos dois filmes da Série Divergente vão sofrer alterações nos títulos. Anteriormente intitulada A Série Divergente: Convergente – Parte 1 e 2, agora os longas ganharam os subtítulos de A Série Divergente: ConvergenteA Série Divergente: Ascendente.

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente, que estreia em 17 de março de 2016. Já A Série Divergente: Ascendente estreia em 23 de março de 2017.

poltrona__Ascendant_poster_10set15
poltrona_Allegiant_poster_10set15

A Série Divergente: Convergente | Filmagens da primeira parte já começaram

A Lionsgate anunciou que as filmagens para o próximo filme da saga Divergente, intitulada Convergente – Parte 1, já começaram em Atlanta.

O terceiro filme é a adaptação do livro de Veronica Roth, Allegiant, a interação final da trilogia de ação.

Continuando os eventos de Insurgente, Tris (Shailene Woodley) tenta escapar com Quatro (Theo James) para fora do muro que envolve Chicago, afim de descobrir o que há depois dele.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente – Parte 1, que estreia em 18 de março de 2016.

Jeff Daniels se junta ao elenco de A Série Divergente: Convergente

De acordo com o THR, Jeff Daniels (da série The Newsroom) está se juntando ao elenco de A Série Divergente: Convergente, adaptação do último livro da série criada por Veronica Roth.

O ator vai interpretar David, o líder do Departamento de Auxílio Genético. O personagem estará presente nas duas partes de Convergente e seu papel é chave para o desfecho da franquia.

***Cuidado com possíveis spoilers***

No livro, o personagem é responsável por comandar uma agência do governo, que acreditava que os problemas da sociedade foram causados por genes de pessoas ruins. Em uma tentativa de criar uma sociedade melhor, começaram a corrigir os genes das pessoas com resultados desastrosos. Para corrigir seu erro, o governo criou “experiências”, estabelecendo cidades isoladas nos Estados Unidos inteiro, na esperança de recriar indivíduos geneticamente puros para corrigir o dano genético.

Robert Schwentke (A Série Divergente: Insurgente) dirige A Série Divergente: Convergente – Parte 1, que estreia em 18 de março de 2016.