Piada Mortal | Mark Hamil divulga primeira imagem da animação

A Piada Mortal é uma das mais aclamadas histórias do Batman e logo sua animação estará entre nós. Agora há pouco, o ator Mark Hamil, que é uma das vozes mais icônicas do Coringa e que vai reprisar o papel na animação, divulgou a primeira imagem do novo filme. Confira:

poltrona-piada-mortal-animaçao

Além de Hamil, Kevin Conroy também voltará para reprisar a voz do Homem Morcego. Os dois atores se consagraram como uma das vozes mais adoradas pelos fãs ao interpretarem os personagens na série animada do Cruzado Encapuzado em 1992 e no jogos da série Arkham. A nova animação terá uma exibição especial na San Diego Comic Con desse ano.

Também confira nosso artigo sobre o que esperar da animação.

A graphic novel escrita por Alan Moore e desenhada por Brian Bolland conta mais um confronto entre o Batman e o Coringa, no qual o Príncipe Palhaço do Crime aleija Barbara Gordon e tenta provar, que tudo que uma pessoa precisa para ser como ele é um dia ruim.

O que esperar da adaptação de A Piada Mortal?

Bruce Timm
Bruce Timm

Recentemente na San Diego Comic Com, o diretor Bruce Timm, conhecido por seus excelentes trabalhos em Batman Animated Series, Superman Animated Series e Liga da Justiça, anunciou a adaptação de uma das melhores histórias do Batman, se não a melhor, A Piada Mortal. A épica graphic novel de Alan Moore e Brian Bolland vem da espetacular leva dos anos 80, que nos trouxe grandes histórias do Morcegão como: O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, O Ano Um também com roteiros de Frank Miller e arte David Mazzucchelli e Asilo Arkham de Grant Morrison e Dave McKean.

poltrona-alan-moore-e-brian-bolland
Alan Moore e Brian Bolland

O Mago dos Quadrinhos, Alan Moore, vinha embalado por sua principal HQ, Watchmen, e desembarcou nas histórias do Cruzado Encapuçado para fazer mais uma das melhores graphic novels de todos os tempos. A sinopse da HQ é basicamente simples, mais um confronto eclode entre o Batman e o Coringa, no qual o Príncipe Palhaço do Crime aleija Barbara Gordon e tenta provar, que tudo que uma pessoa precisa para ser como ele é um dia ruim. Só que o felizardo a passar por esse tal “dia ruim” é o Comissário Gordon, entretanto, apesar dos terríveis esforços do Coringa para quebrar Jim, o policial se mantém firme e Batman consegue impedir o vilão.

O tiro do Coringa
O tiro do Coringa

A HQ causou muita polêmica na época, a cena do tiro em Bárbara é até hoje controversa (é bom lembrar que a arte de Brian Bolland contribui de forma magistral para a cena) por de uma certa forma reforçar o fim da inocência nas HQs; mais recentemente, foram divulgados alguns quadros não usados que deixam claro que a intenção de Moore era que o Príncipe Palhaço do Crime abusasse sexualmente da Batgril; some isso a declaração de outro grande roteirista, Grant Morrison, que explodiu a cabeça de todos ao revelar que no fim da história o Batman acaba matando o Coringa e, por fim, tivemos a capa variante de Rafael Albuquerque, que buscou homenagear a clássica HQ e foi rechaçada pelo público.

Capa de Rafael Albuquerque homenageando A Piada Mortal
Capa de Rafael Albuquerque homenageando A Piada Mortal

Como podemos perceber, a história em questão é envolta em polêmicas. Dessa forma, fica difícil imaginar até que ponto a DC/Warner está disposta a ir para adaptar a graphic novel. Em minha opinião, muita coisa deve ser cortada (a cena do abuso deve ser a primeira a pular fora), mas não seria possível recontar a história sem mostrar o tiro ou as torturas psicológicas sofridas pelo Comissário Gordon e, a origem do Coringa tem que ser contada da forma mais similar possível. Se levarmos em consideração a adaptação de Cavaleiro das Trevas, veremos que a Warner tem a capacidade de fazer transposições quase perfeitas para as animações, mas essa HQ não é tão polêmica quanto A Piada Mortal.

A Piada Mortal
A Piada Mortal

Aqui temos uma rara oportunidade de ver como o estúdio lidaria com polêmicas envoltas com personagens mainstream da editora. Watchmen quando foi adaptado por Zack Snyder para os cinemas, apesar de polêmico, lidava com personagens desconhecidos do grande público. No caso, só podemos torcer para que Bruce Timm nos agracie com mais um de seus excelentes trabalhos e nem preciso dizer que Mark Hamill tem que voltar para dublar o Coringa (se também não for pedir muito, quero Kevin Conroy na voz do Batman). Por fim, acho que o que realmente torna A Piada Mortal algo tão único e apaixonante são justamente as polêmicas, o roteiro atrevido e sem inibições de Alan Moore somados aos desenhos sensacionais de Brian Bolland.

Jared Leto posa como o Coringa de A Piada Mortal no set de Esquadrão Suicida

Em seu Twitter, o diretor David Ayer divulgou uma nova imagem de Jared Leto no set de Esquadrão Suicida, adaptação ao cinema sobre a equipe de mercenários da DC Comics. A imagem mostra o ator com o cabelo verde e fazendo a mesma pose do Coringa de A Piada Mortal, HQ de Alan Moore. Veja na galeria abaixo!

Joel Kinnaman (Rick Flagg), Jared Leto (Coringa), Will Smith (Pistoleiro), Margot Robbie (Arlequina), Jai Courtney (Capitão Bumerangue), Cara Delevingne (Magia), Viola Davis (Amanda Waller), Adewale Akinnuoye-Agbaje (Crocodilo), Karen Fukuhara (Plastique), Raymond Olubowale, Scott Eastwood, Ike BarinholtzAdam Beach formam o elenco.

Jesse Eisenberg deve participar do filme como Lex Luthor.

Criado por Robert Kanigher e Ross Andru em 1959, a história acompanha criminosos condenados que realizam missões suicidas em troca de liberdade a serviço do Governo. Na TV, uma versão foi apresentada na 2ª temporada de Arrow.

Esquadrão Suicida estreia em 05 de agosto de 2016. David Ayer (Marcados Para Morrer, Corações de Ferro) assume a direção.