O Fantasma da Ópera e O Corcunda de Notre Dame farão parte do Dark Universe

Em maio, a Universal Pictures anunciou oficialmente seu universo compartilhado de filmes de clássicos monstros, intitulado Dark Universe, que terá o pontapé inicial com A Múmia, que chega aos cinemas na próxima quinta-feira. Alex Kurtzman, que atua como diretor e produtor de A Múmia, e Chris Morgan (Velozes e Furiosos) são os idealizadores desse universo, e prometem mais novidades.

Em entrevista para o Fandom, Kurtzman compartilhou que mais personagens se juntarão ao Dark Universe. “Nós sabemos que vamos fazer Frankenstein, Noiva de Frankenstein, Drácula, Criatura da Lagoa Negra, Fantasma da Ópera, Corcunda de Notre Dame, O Homem-Invisível”, comentou.

Ele acrescentou: “Há personagens dentro desses filmes que podem crescer e se expandir. Eu acho que cavar em mitologias profundas sobre monstros em todo o mundo é um jogo justo para nós, e também conectar os monstros que conhecemos a alguns monstros surpreendentes também podem ser realmente interessantes “.

Johnny Depp e Javier Bardem, que aparecem juntos em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, estrelarão como O Homem-Invisível e o monstro Frankenstein, respectivamente. Eles são acompanhados por Tom Cruise como soldado Nick Morton e o ganhador do Oscar Russell Crowe como o Dr. Henry Jekyll, que serão vistos em A Múmia, juntamente com Sofia Boutella, a atriz que personifica o papel-título nesse filme.

A Noiva de Frankenstein será o próximo longa do universo, que estreia em 14 de fevereiro de 2019. Bill Condon (A Bela e a Fera) será o diretor.

Dark Universe | Universal Pictures reformula personagens clássicos do cinema para a nova geração

A Universal Pictures anunciou hoje que sua nova série de filmes – a que reviverá monstros clássicos do estúdio para a nova geração – será intitulada “Dark Universe”. 

Acompanhada com tema musical assinada por Danny Elfman, a logo do novo projeto será lançada nos cinemas antes das exibições de “A Múmia”, filme que dará o pontapé inicial para o novo universo, em 9 de junho. Tanto o grafismo como a logo animada foram criadas pela empresa de efeitos visuais cinco vezes vencedora do Oscar® WetaDigital (trilogias “O Senhor dos Anéis”, “O Hobbit” e “Avatar”).

O anúncio, que inclui detalhes do projeto de relançamento de personagens icônicos da Universal no cinema moderno, adianta os destaques do elenco das novas produções e o vencedor do Oscar® Bill Condon como diretor de “A Noiva de Frankenstein”.

A marca “Dark Universe” será iniciada pelos criadores Alex Kurtzman, diretor de “A Múmia”, e pelo produtor Chris Morgan – responsável pelo roteiro de “Velozes e Furiosos 8” – o título de maior bilheteria de estreia mundial. Também participam do projeto, os visionários Christopher McQuarrie (da série “Missão Impossível” e “Os Suspeitos”) e David Koepp (“Guerra dos Mundos”, “Jurassic Park – Parque dos Dinossauros”).

“Temos muito orgulho da criatividade e paixão que inspiraram a recriação dos monstros da Universal e prometo ao público que expandiremos esta série estrategicamente”, diz Donna Langley, presidente da Universal Pictures. “O projeto, desenvolvido com maestria por Chris e Alex, permitirá que cada capítulo subsequente tenha o prazo ideal para encontrar o elenco, cineastas e visão perfeitos para realizá-los. O lançamento do Dark Universe, com o tema instigador criado Danny, junto com A Múmia, e nossa colaboração com cineastas geniais como o Bill para combinar a história de uma mulher muito moderna e um conto clássico nos dão a certeza de que começamos de maneira espetacular”.

“Quando a Universal nos procurou com a ideia de recriar estes personagens clássicos, reconhecemos a responsabilidade de respeitar seu legado conforme trazemos de volta em aventuras novas e modernas”,disseram Kurtzman e Morgan. “O estúdio e os nossos colegas de criação nos apoiaram e nos desafiaram, à medida em que começamos a interconectar o Dark Universe. Esperamos que estes filmes atraiam fãs antigos e despertem a imaginação de novos fãs”.

De sua primeira trilha sonora em “As Grandes Aventuras de Pee-Wee”, de Tim Burton; e o icônico tema de “Os Simpsons”sem mencionar suas colaborações com diretores como Ang Lee, David O. Russell, Sam Raimi, Rob Marshall, Guillermo del Toro, Joss Whedon e Peter Jackson – as composições inconfundíveis do quatro vezes indicado ao Oscar® Danny Elfman, levaram-no a se tornar um dos compositores mais versáteis e bem-sucedidos da história.

“Eu cresci entre monstros”, disse Elfman. “Os monstros eram a minha vida e estes monstros icônicos da Universal eram quase como membros da minha família. Eu simplesmente não seria o mesmo sem eles. Quando eu tive a oportunidade de compor um tema para a logo do Dark Universe, aceitei na hora. O que poderia ser mais divertido do que me conectar a este mundo que está enraizado em minha alma? Eu tentei encontrar algo que fosse novo, mas que tivesse ligações com o passado – as origens – pelo menos de uma forma sutil. Algo que ansiava pelo futuro criativo, fértil e imaginativo em que o Dark Universe entrará e, ao mesmo tempo, honrasse a história dos heróis trágicos (ou anti-heróis) da minha infância. Aos Monstros!!!!”  

Em outro projeto empolgante, o vencedor do Oscar® Bill Condon seguirá seu sucesso mundial “A Bela e a Fera”, um dos maiores sucessos do ano – faturando US$1 bilhão nas bilheterias de todo o mundo e se tornando o musical mais bem-sucedido de todos os tempos – dirigindo “A Noiva de Frankenstein”, a partir de um roteiro assinado por Koepp. O próximo filme do “Dark Universe”, “A Noiva de Frankenstein” chega aos cinemas em 14 de fevereiro de 2019.

Ao mesmo tempo, a Universal anunciou que não lançará um filme do “Dark Universe” que estava previamente planejado para 13 de abril de 2018 e que “A Noiva de Frankenstein” será o próximo capítulo na série, após “A Múmia”. A atriz escalada para protagonizar a versão de Condon desta história atemporal será anunciada em breve.

“Estou muito animado para trazer uma nova versão de “A Noiva de Frankenstein” ao cinema, principalmente porque a criação original do James Whale ainda tem muita força”, declarou Condon. “A noiva de Frankenstein continua sendo um dos monstros mais marcantes da história do cinema, o que atesta o status de obra-prima da criação de Whale – que resiste como um dos melhores filmes já feitos”.

Os filmes do “Dark Universe” contarão com atuações de alguns dos atores mais talentosos e famosos do mundo que assumirão papéis icônicos, além de novos talentos cujas carreiras estão começando a decolar. Embora tenham sido anunciados anteriormente, os astros de projetos iminentes e futuros do “Dark Universe” estão reunidos pela primeira vez, na foto acima: o Homem Invisível e o Monstro de Frankenstein serão interpretados, respectivamente, pelo ícone do cinema Johnny Depp e o vencedor do Oscar® Javier Bardem, que aparecem juntos em meados do ano em “Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar”. Estes atores se unem ao astro Tom Cruise, como o soldado da fortuna Nick Morton; e o vencedor do Oscar® Russell Crowe, como o Dr. Henry Jekyll, que encabeçam o elenco de “A Múmia”, junto à Sofia Boutella, a atriz que interpreta o papel-título do filme.

Como princípio organizador, os filmes do Dark Universe são conectados por uma misteriosa organização multinacional chamada Prodigium. Liderada pelo enigmático Dr. Henry Jekyll, a missão da Prodigium é rastrear, estudar e – se necessário – destruir o mal incorporado na forma de monstros em nosso mundo. Trabalhando sem a supervisão de nenhum governo e através de práticas sigilosas, a Prodigium impede que o público saiba que o mal existe e está por perto… e fará qualquer coisa para contê-lo. Para saber mais sobre o Dark Universe e a Prodigium, acesse as páginas: www.DarkUniverse.com e www.WelcometoProdigium.com.