Crítica | A Incrível História de Adaline

poltrona_adaline_posterO conceito de imortalidade sempre me fascinou. O tema já foi abordado várias vezes no cinema. Highlander (1986) talvez tenha sido o longa mais impactante para a minha geração, trazendo um protagonista com um vasto conhecimento cultural, mas que por dentro está sofrendo por ver tantas pessoas queridas envelhecerem e morrerem.

É nesse caminho que segue A Incrível História de Adaline, um filme surpreendente que estava sendo classificado como a versão feminina de O Curioso Caso de Benjamin Button. Ao contrário do filme de David Fincher, que deu ênfase o freak show do protagonista, o diretor Lee Toland Krieger prefere lidar com os sentimentos tentando atingir uma profundidade psicológica e filosófica acerca da misteriosa Adaline (Blake Lively), uma garota que sofre um acidente de carro no início do século XX. Inexplicáveis eventos naturais, como uma poderosa descarga elétrica em seu corpo, fazem com que Adaline não consiga mais envelhecer.

O que poderia ser uma virtude, se torna uma maldição para a garota, que precisa esconder seu segredo fugindo de cidade em cidade, alterando o nome e sofrendo por ver seus amigos e amantes envelhecerem, enquanto permanece sempre bela e jovial.

Blake Lively faz uma composição competente da personagem. Com a voz sempre pontual e serena, e apresentando uma postura de alguém bem mais velho do que aparenta, a atriz entrega sua melhor performance. Incrível como o olhar da atriz consegue transmitir a melancolia de uma pessoa que já enfrentou diversas situações, mas que não podem compartilha-las.

Trazendo de pano de fundo um romance, o assunto é tratado com sutileza e fugindo dos clichês de Nicholas Sparks. Adaline se apresenta como uma mulher independente e devido a maldição que carrega, encara o amor de uma forma realista. Sua relação com o filantropo Ellis é interessante ao acompanhar duas pessoas que vão encontrando semelhanças e preferem encontros mais casuais, por exemplo, o surpreendente encontro em uma usina abandonada e empoeirada. Os ambientes sempre escuros e sem cores quando o casal se encontra fazem um paralelo da forma como Adaline enxerga a futuro da relação, já que tem ciência de que logo precisará se desapegar e seguir sua jornada solitária.

O longa conta com a excelente participação de Harrison Ford, que vive o antigo amor de Adaline. A cena do reencontro dos dois é deveras tocante. Embora com o rosto envelhecido, o olhar de Ford ao rever o antigo amor consegue por um breve momento trazer de volta sua jovialidade.

A Incrível História de Adaline aborda de uma maneira estruturada, coesa e íntima os sentimentos da protagonista interpretada de maneira eficaz por Blake Lively.  Diante de tantos blockbusters em cartaz, é um longa que merece atenção.

Estreia: A Incrível História de Adaline com Blake Lively no elenco!

Um dos destaques dessa semana é a estreia da nova produção da Diamond Films e Lionsgate, A Incrível História de Adaline com Blake Lively no elenco.

Adaline Marie Bowman nasceu no primeiro dia do ano de 1908. Ela viveu todas as experiências da infância, da juventude e do início da vida adulta como qualquer pessoa de sua época. Namorou, casou, teve uma filha, construiu uma família. Até que em meados dos anos 1930, sofre um acidente de carro fatal – mas naquele momento, aconteceu algo inacreditável, cujo efeito foi quase mágico… Adaline Bowman ficaria imune à devastação do tempo e não envelheceria mais nenhum dia.

Uma história comovente e inspiradora. .

Fotos:

 

Dirigido por Lee Toland Krieger (Celeste), The Age of Adaline estreia em 24 de abril.

The Age of Adaline | Veja o novo trailer do drama com Blake Lively

A Lionsgate divulgou o novo trailer de The Age of Adaline, drama romântico com Blake Lively (Selvagens). Veja no player abaixo!

A trama segue Adaline Bowman (Lively), que após um acidente fatal em uma noite gelada permanece misteriosamente com 29 anos. Ela mantém sua condição de um segredo muito bem guardado e embarca em uma série de aventuras incríveis ao longo do século 20. Depois de anos de uma vida solitária, ela encontra o amor e coragem que podem mudar sua vida.

Harrison Ford, Michiel Huisman, Kathy Baker e Ellen Burstyn também estão no elenco.

Dirigido por Lee Toland Krieger (Celeste), The Age of Adaline estreia em 24 de abril.