É um fato dentro da história que todo herói precisa de um vilão. É uma questão indiscutível de bem ou mal. Obviamente, a visão de vilão pode variar do ponto de vista do indivíduo, uma vez que todos os vilões compilados na lista abaixo se achavam – ou se acham, se ainda estão vivos – grandes heróis em seu próprio mundo deturpado. Outro fato indiscutível é o quanto amamos odiá-los. Essa paixão por grandes vilões já vem há muito tempo e podemos ver que esses grandes psicopatas, destruidores de mundos e devoradores de galáxias (é difícil odiar o Galactus, não é?) conseguem prender nossa atenção e criar uma simpatia surpreendente. Quid pro Quo, Clarice.

Sem mais delongas, abaixo está um top 5 de grandes vilões no mundo dos games. Lembrando que alguns não são considerados vilões nem mesmo pelo público e você pode achar seu lugar na lista um pouco injusto.

#5 Albert Wesker (franquia Resident Evil)

resident-evil-sun

Albert Wesker é a definição de um vilão maluco. É um sociopata. Teve treinamento militar, entrou para a policia, um bom garoto. Então, de repente, por algumas boas verdinhas, decidiu virar as costas para seus amigos e os largou para morrer em uma mansão abandonada. O negócio do Wesker é que ele realmente gostou da maldade e no final queria transformar o planeta inteiro em uma arma biológica. Sentido? Só era um cara mau.

#4 Kefka (Final Fantasy VI)

Dissidia_Kefka_Speech

Em matéria de Final Fantasy, todas as listas devem, obrigatoriamente, conter Sephiroth. Mas por que não Kefka? Além de ser um palhaço – sendo isso bem apavorante por si só -, Kefka resolveu dar uma de Coringa e envenenar a água do poço. Quer dizer, ele envenenou uma cidade inteira e matou centenas de pessoas. Todos já sabiam que Kefka tinha feito umas loucuras no passado e sido um pouco sanguinário. A parte que faz Kefka ser um vilão tão importante é a vitória do mesmo contra o bem. Kefka vira um deus e reina durante um bom tempo.

#3 Pyramid Head (franquia Silent Hill)

pyramid_head_by_getdownyizan-d46vprn

O primeiro fator para Pyramid Head ser um grande vilão é sua aparência. Ele é assustador. Ponto final. Além do mais, Pyramid Head conseguiu se consagrar na cultura pop e é sempre lembrado quando o quesito é meter medo em alguém. Geralmente, a trilha sonora vem acompanhada dessas lembranças, mas faz parte. Pyramid Head ainda é um vilão simbólico que significa o mal dentro do próprio protagonista. Seu objetivo é levar você a loucura. E ficar com medo de ir ao banheiro sozinho no meio da noite.

#2 Big Boss (franquia Metal Gear Solid)

MGS Big Boss.jpg

Antes conhecido como Naked Snake, Big Boss é um dos maiores vilões dos games. Provavelmente o maior vilão da franquia Metal Gear Solid. Um dos fatos mais contraditórios aqui é que Big Boss raramente é reconhecido como um vilão. Suas ações começaram querendo o bem. Todo o discurso de soldados poderem ser únicos em uma nação sem ideologia e sem preconceitos é realmente muito bonito. O problema de tudo isso, assim como a maioria dos ditadores, é que Big Boss se perdeu em seu discurso e acabou ficando maluco de raiva depois que os gêmeos nasceram. Big Boss salvou o mundo algumas vezes, tem uma lábia afiada, saber convencer, usa uma boina, tem uma bela barba e fuma charuto. Isso são características de um ditador.

#1 Bowser (Mario Bros.)

4386486-bowser

Quem não ama uma vilão comum, cujo único sentido na vida é causar dor de cabeça para o herói, transformar uma vila em plantas, tijolos, tartarugas e raptar princesas? Bowser é a personificação de um vilão clássico. Mesmo após tantos anos, Bowser ainda continua em sua luta eterna contra Mario, raptando Peach e fazer o encanador percorrer milhas e milhas atrás da princesa. Por favor, né Bowser, tire umas férias.

O mundo dos games é cheio de vilões e psicopatas. Faltou nesta lista a menção de muitos, como Psycho Mantis, Liquid Snake, Nemesis e, claro, Sephiroth. Caso você lembre de algum, deixe um comentário e disserte!

 

Comentários

Notícias relacionadas