30 anos de Highlander | Conheça algumas curiosidades do clássico filme

Em 07 de março de 1986, estreava nos cinemas estadunidenses Highlander – O Guerreiro Imortal, um longa que com o passar dos anos se tornou um clássico cult. Além da premissa interessante,  Connor MacLeod, um imortal guerreiro escocês do século XVI, o filme também ficou marcado pela inesquecível trilha sonora da banda Queen.

Para comemorar os 30 anos do lançamento de Highlander, selecionamos algumas curiosidades sobre o filme.

O começo

O roteiro original de Highlander escrito por Gregory Widen era inicialmente uma tese na UCLA. O projeto, na época conhecido como Dark Knight, foi inspirado por uma viagem de Widen em um arsenal em Londres.
O lançamento do filme arrecadou apenas o valor tímido de US$ 6 milhões nos EUA e cerca de US$ 13 milhões no mercado internacional; no entanto, o eventual sucesso cult gerou quatro sequências, um filme de animação, duas séries de TV live-action e uma série animada.

Kurt Russell seria o protagonista

Enquanto Marc Singer era a escolha original para o papel de Connor MacLeod, Kurt Russell foi originalmente escalado para o papel, mas desistiu do projeto. Entre aqueles que também foram sondados: Mickey Rourke, Michael Douglas, Kevin Costner, Sting, Mel Gibson e Patrick Swayze.

Christopher Lambert

Christopher Lambert, de origem francesa, tinha mal aprendido a falar inglês antes de assinar para interpretar Connor MacLeod. O único outro filme de língua inglesa que tinha estado naquele momento era Greystoke: A Lenda de Tarzan e Lord of the Apes, onde falou apenas algumas palavras. Lambert trabalhou com um professor para desenvolver um sotaque que não podia ser fixado a um determinado país ou região do mundo.

Sean Connery

Além de seus filmes do James Bond, Juan Sanchez Villa-Lobos Ramirez é o único personagem que Sean Connery já interpretou em mais de um filme. Christopher Lambert é citado por ele como a principal razão para retornar em Highlander II. Além disso, todas as cenas de Connery tinham de ser filmadas dentro de uma semana devido à sua agenda. Ele tinha uma aposta com o diretor Russell Mulcahy que eles não iriam terminar em sete dias. Mulcahy ganhou a aposta.

Protagonista feminina

Brooke Adams, vista no clássico Os Invasores de Corpos, era a escolha original para o papel de Brenda Wyatt, mas ela recusou. Foi dito que Catherine Mary Stewart, de O Último Guerreiro das Estrelas, aceitou o papel, mas desistiu por razões não reveladas.

Rosanna Arquette, Jennifer Beals, Tanya Roberts, e Elisabeth Brooks foram consideradas para o papel, que acabou ficando com Roxanne Hart.

Lembram deles?

Lembram da cena de abertura, onde Connor MacLeod assiste a uma luta de wrestling? Uma das equipes são os fabulosos Freebirds: Terry Gordy, Michael Hayes e Buddy Roberts. Coincidentemente junto com o 30º aniversário de Highlander, Os Freebirds serão introduzidos no Hall da Fama do WWE em abril de 2016.

Clancy Brown quase deixou o filme

Clancy Brown quase recusou o papel do vilão Victor Kruger/Kurgan, preocupado que a sua alergia a maquiagem iria impedi-lo de usar as próteses necessárias no final do filme.

Virginia Madsen não desistiu de Highlander

Virginia Madsen fez o teste para o papel de Heather MacLeod no primeiro filme. Ela acabou interpretando o interesse amoroso de Connor, Louise Marcus, na sequência. Curiosidade que Heather não existia nos primeiros rascunhos do roteiro.

Queen e a trilha sonora

Embora as canções do Queen tornaram-se intimamente associadas com a franquia, eles não eram realmente a escolha original para a trilha sonora. David Bowie, Sting e Duran Duran foram considerados para fazer a trilha sonora. A banda de rock britânica Marillion, que tinha desfrutado um grande sucesso no Reino Unido em 1985 com seu álbum "Misplaced Childhood", recusou uma oferta para gravar a trilha sonora porque estavam ocupados em uma turnê mundial.

Queen originalmente iria gravar apenas uma canção, mas depois de ver imagens do filme, o grupo foi inspirado a escrever mais. Cada membro da banda tinha uma cena favorita e escreveram canções específicas para elas. Brian May escreveu "Who Wants to Live Forever" durante a volta para casa de táxi após ver o filme, e Roger Taylor usou a frase do filme "It's a kind of magic" como base para a canção-título final.

O reboot de Highlander

Um reboot de Highlander tem estado em desenvolvimento por algum tempo pela Summit Entertainment, detentora da Série Divergente. Mas a notícia mais recente é de mais de um ano. Em fevereiro de 2015, Dave Bautista (Guardiões da Galáxia) assinou para interpretar Victor Kruger/A Kurgan, embora não houve mais notícias - e ninguém escalado como Connor MacLeod. Ryan Reynolds inicialmente seria o protagonista, mas desistiu do projeto.

 

Clipe da clássica canção “Who Wants to Live Forever”

 

Fonte: IMDB

Fatos e curiosidades | 17 atores que fizeram filmes da Marvel e DC

O SuperHeroHype reuniu uma lista com atores que estiveram em adaptações ao cinema dos quadrinhos da Marvel e DC. Ao todo são 17 atores que figuraram entre heróis, vilões ou meros coadjuvantes nos dois universos.

Ben Affleck

Em 2003, o ator e diretor ganhador de 2 Oscars estreou no mundo dos heróis interpretando Matt Murdock em Demolidor, versão da Fox dos quadrinhos da Marvel. O filme foi um fiasco e Affleck foi um dos culpados pelo resultado negativo. Agora, mais experiente, o ator será o novo Batman no universo compartilhado da DC Comics. Além de Batman vs Superman, Ben Affleck já tem presença confirmada como Bruce Wayne em Esquadrão Suicida, Liga da Justiça e o próximo filme solo do Cavaleiro das Trevas.

James Marsden

Marsden interpretou Scott Summers, o Ciclope, na trilogia original de X-Men. Em 2006, o ator pôde ser visto nos cinemas nos filmes X-Men 3 e em Superman - O Retorno, quando interpretou Richard White, o marido de Lois Lane.

Ryan Reynolds

Em 2004, Reynolds interpretou Hannibal King em Blade Trinity, terceiro e último filme da série Blade, estrelada por Wesley Snipes. Saindo da Marvel, o ator ingressou no universo DC Comics ao interpretar Hal Jordan em Lanterna Verde (2011). Fracasso em bilheteria, o longa acabou nem ganhando uma continuação. Contudo, seu grande papel está mesmo no universo Marvel. Depois de interpretar Deadpool em X-Men Origens: Wolverine (2009), ele ganhou a oportunidade de estrelar o filme solo do mercenário falastrão, considerado um dos filmes mais aguardados de 2016.

Chris Evans 

No ano de 2005, o desconhecido Chris Evans interpretou Johnny Storm em Quarteto Fantástico e na sequência Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007). Os dois filmes da Fox foram motivos de piada com o ator na lista dos piores do ano. Deixando a Marvel de lado, o ator participou do filme Os Perdedores (2010), adaptação dos quadrinhos da DC Comics. Porém, no ano de 2011, ele conseguiu seu grande papel: Steve Rogers na adaptação da Marvel Studios, Capitão América: O Primeiro Vingador, Os Vingadores (2012), Capitão América: O Soldado Invernal (2014) e Vingadores: Era de Ultron (2015). Em 2016, ele retorna ao papel do herói no longa Capitão América: Guerra Civil.

Idris Elba

Antes de ficar conhecido como Heimdall nas adaptações da Marvel Studios de Thor, Idris Elba esteve na adaptação da DC de Os Perdedores (2010), com Chris Evans e Zoe Saldana no elenco. Elba também esteve em outra adaptação de um personagem da Marvel, mas sob o comando da Columbia Pictures, quando interpretou Moreau em Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança.

Laurence Fishburne

O eterno Morfeu de Matrix dublou o Surfista Prateado no filme Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007). No ano de 2013, ele assumiu o papel de Perry White, o editor-chefe do Planeta Diário, no filme O Homem de Aço. Ele irá reprisar o papel em Batman vs Superman - A Origem da Justiça, que estreia em 2016.

Natalie Portman 

Portman interpretou a bela Evey em V de Vingança, adaptação dos quadrinhos Vertigo (selo da DC Comics), e surpreendeu ao raspar o cabelo. No ano de 2011, a atriz recém-ganhadora do Oscar ingressou no universo da Marvel Studios ao interpretar Jane Foster em Thor e Thor: O Mundo Sombrio (2013).

Hugo Weaving

Parceiro de Natalie Portman em V de Vingança, Hugo Weaving se saiu muito bem como o misterioso V. O mesmo se esperava quando o ator assumiu o papel do vilão Caveira Vermelha em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011). Desde então, a Marvel Studios nunca mais procurou o ator sobre um possível retorno.

Adewale Akinnuoye-Agbaje

O Mr. Eko da série Lost interpretou o elfo negro Algrim em Thor: O Mundo Sombrio (2013), adaptação da Marvel Studios. Em 2016, o ator será visto como o vilão Crocodilo em Esquadrão Suicida, adaptação da Warner Bros. sobre a equipe de mercenários da DC Comics.

Michael Fassbender

Antes de reinar como a versão jovem de Magneto em X-Men: Primeira Classe (2011) e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), adaptação da Fox dos quadrinhos da Marvel, o ator participou os filmes 300 e Jonah Hex, ambas adaptações inspiradas em quadrinhos da DC Comics. 
Em 2016, o ator alemão vai reprisar o papel do mutante em X-Men: Apocalipse.

Josh Brolin

Brolin foi o protagonista de Jonah Hex, adaptação dos quadrinhos da DC Comics, considerado um dos piores filmes de 2010. Agora, o ator interpreta o vilão Thanos no universo da Marvel Studios. Sua primeira aparição foi em Guardiões da Galáxia (2014).

Djimon Hounsou

Hounsou interpretou o Papa Midnite na adaptação de Constantine, do selo Vertigo. Em 2014, o ator foi visto no papel de Korath em Guardiões da Galáxia (2014), da Marvel Studios.

Tao Okamoto 

A bela japonesa interpretou Mariko, o par romântico de Logan em Wolverine: Imortal (2013), da Marvel. Em 2016, a atriz será vista como Mercy Graves em Batman vs Superman - A Origem da Justiça, adaptação da DC Comics.

Tommy Lee Jones

Em Batman Eternamente (1995), Tommy Lee Jones interpretou o vilão Duas-Caras. Mas, o ator vai ficar lembrado como o rabugento Coronel Chester Phillips em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011).

Tim Robbins

Quem se lembra dessa? Tim Robbins estava no elenco de Howard, o Super-Herói (1986), adaptação dos quadrinhos da Marvel. Em 2011, o ator ingressou no universo DC ao interpretar Hammond no filme Lanterna Verde.

Ned Beatty

O comediante Ned Beatty participou dos filmes Superman (1978) e Superman II (1980) no papel de Otis, o capanga de Lex Luthor. Poucos se lembram, mas ele também esteve no filme do Capitão América de 1990.

Zoe Saldana

Papeis de mulheres fortes, independente se Marvel ou DC, é com ela. Saldana viveu a durona Aisha em Os Perdedores (2011) e agora interpreta a guerreira Gamora, vista em Guardiões da Galáxia (2014).

Conheça os atores que interpretaram James Bond

Na próxima semana, chega aos cinemas 007 Contra Spectre, 24º filme da franquia James Bond, personagem criado por Ian Fleming em 1953. Dos livros de bolso na década de 50, o agente secreto britânico da MI-6 estreou nas telonas em 1962.

Relembramos para vocês todos os atores que já interpretaram James Bond e quem poderia ser o novo espião!

Sean Connery

O ator escocês foi o primeiro rosto de James Bond nas telonas em O Satânico Dr. No (1962). Depois de uma longa procura pelo papel principal, o produtor Albert Broccoli escalou Connery após observa-lo caminhando pela rua. A escolha acabou sendo a ideal, pois, até hoje ele é considerado a melhor interpretação do agente britânico.

5 filmes

Além de O Satânico Dr. No, Sean Connery interpretou James Bond por mais cinco vezes: Moscou Contra 007 (1963), 007 Contra Goldfinger (1964), 007 Contra a Chantagem Atômica (1965), Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967) e 007 - Os Diamantes São Eternos (1971). O último filme foi um retorno de Connery ao papel para substituir o ator a seguir.

George Lazenby

Após Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967), Sean Connery decidiu abandonar o papel de James Bond. Para seu lugar, os produtores escalaram o desconhecido George Lazenby, que estrelou um único filme: 007 A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969). O filme foi bastante elogiado pelos fãs da franquia, mas o ator não quis saber de mais filmes como o espião, sendo substituído por Sean Connery em 007 - Os Diamantes São Eternos (1971).


Roger Moore

Com saída definitiva de Sean Connery, um novo ator precisou ser escalado para o papel de 007. O escolhido foi Roger Moore, que não decepcionou em Com 007 Viva e Deixe Morrer (1973).

Roger Moore x Christopher Lee

Com a aprovação absoluta de Roger Moore, o britânico estrelou a sequência 007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro (1974). O longa foi um grande sucesso e teve a presença do renomado Christopher Lee no papel do vilão.

Ator que mais interpretou James Bond

Roger Moore é até hoje o ator que mais vezes interpretou o agente britânico. 007 - O Espião Que Me Amava (1977), 007 Contra o Foguete da Morte (1979), 007 - Somente Para Seus Olhos (1981), 007 Contra Octopussy (1983), 007 - Na Mira dos Assassinos (1985) foram os outros filmes que participou. São 7 no total. 

Curiosidade: O filme 007 Contra o Foguete da Morte (foto) tiveram cenas rodadas no Rio de Janeiro.

Timothy Dalton

Com a aposentadoria de Roger Moore no papel de James Bond, Timothy Dalton foi escalado em 007 Marcado para a Morte (1987). O ator retornaria ao papel em 007 - Permissão para Matar (1989).

Pierce Brosnan

Em meados dos anos 90, James Bond retornou em 007 Contra Goldeneye (1995). O irlandês Pierce Brosnan foi escalado no papel do espião, sendo o ator mais conhecido pelo público recente.

007 e os games

007 Contra Goldeneye buscou atrair o público mais jovem e, principalmente os gamers. Com a chegada do console Nintendo 64, um jogo inspirado no longa foi lançado, se tornando um grande sucesso e popularizando ainda mais a franquia James Bond.

Saída de Brosnan

Ao todo, Brosnan estrelou quatro filmes da franquia James Bond. Suas outras participações foram em 007 - O Amanhã Nunca Morre (1997), 007 - O Mundo Não é o Bastante (1999) e 007 - Um Novo Dia Para Morrer (2002).

Daniel Craig

O último e atual ator a dar vida ao espião 007 é Daniel Craig. Em 2006, o britânico fez sua estreia no longa 007 - Cassino Royale. Antes do lançamento, o ator chegou a ser criticado pela escolha por apresentar uma baixa estatura (1,75 m).

50 anos de James Bond 

Com um bom desempenho, Daniel Craig retornou ao papel de James Bond em 007 - Quantum of Solace (2008). Porém, seu grande sucesso veio em 007 - Operação Skyfall (2012), longa que marcou a comemoração dos 50 anos da franquia. O filme recebeu dois Oscars: edição de som e melhor canção por "Skyfall", composta e interpretada por Adele.

Saída de Daniel Craig

Ainda não há uma confirmação oficial, mas 007 Contra Spectre deverá ser a despedida de Daniel Craig no papel de James Bond. O longa chega aos cinemas em 05 de novembro deste ano.

Próximo James Bond!

Se a saída de Daniel Craig for concretizada, alguns nomes já surgiram para interpretar o novo James Bond. Tom Hiddleston (Os Vingadores), Michael Fassbender (Steve Jobs) e Idris Elba (Círculo de Fogo) são os favoritos da audiência.

E na opinião de vocês, quem deveria ser o novo 007?

IMDB revela lista dos melhores filmes eleitos por usuários

O IMDB (Interntet Movie Database) está comemorando seu 25º aniversário. Durante a semana, o serviço que avalia filmes e séries, divulgou uma lista com os 25 filmes mais bem votados pelos usuários do serviço a partir da década de 90.

A lista dará o que falar, pois alguns longas ficaram de fora. Segue abaixo a lista por ordem cronológica.

1 - Os Bons Companheiros (1990)

2 - O Silêncio dos Inocentes (1991)

3 - Cães de Aluguel (1992)

4 - A Lista de Schindler (1993)

5 - Um Sonho de Liberdade (1994)

6 - Se7en (1995)

7 - Fargo (1996)

8 - A Vida é Bela (1997)

9 - O Resgate do Soldado Ryan (1998)

10 - Clube da Luta (1999)

11 - Amnésia (2000)

12 - O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001)

13 - O Senhor dos Anéis: As Duas Torres (2002)

14 - O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)

15 - Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (2004)

16 - Batman Begins (2005)

17 - Os Infiltrados (2006)

18 - Na Natureza Selvagem (2007)

19 - Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)

20 - Bastardos Inglórios (2009)

21 - A Origem (2010)

22 - Intocáveis (2011)

23 - Django Livre (2012)

24 - O Lobo de Wall Street (2013)

25 - Interestelar (2014)

E aí, será que faltou algum filme?

 

10 motivos para provar que Melissa Benoist pode ser a verdadeira Supergirl

Com a estreia de Supergirl marcada para o próximo dia 26, algumas pessoas ainda acham que Melissa Benoist não é digna de vestir o traje de Kara Zor-El. Para mudar essa opinião, trouxemos dez motivos para provar que ela pode sim ser uma ótima Supergirl, confira:

1 - Ela lutou muito para ser a Supergirl.

Só depois de muitas audições para o papel, testes de tela e longos meses de espera, ela foi oficialmente declarada o novo prodígio superpoderoso da TV. Ela certamente causou uma boa impressão, tendo em vista que foi a primeira pessoa a fazer o teste pelo papel.

2 - Melissa está mega feliz por interpretar Kara Zor-El.

Em seu twitter, Benoist disse que está feliz por poder voar. Tanto que a CBS, muito animada, também, adiantou a estreia da série para Outubro, e não mais Novembro - como seria antes.

3 - Antes de salvar o mundo, ela estava ajudando a salvar o Glee Club no McKinley High.

Melissa fez parte da segunda geração do New Direction, estrelando na quarta e quinta temporada de Glee (comédia/drama/musical da FOX), interpretando a doce e ingênua Marley Rose.

4 - Encontrou o seu amor da vida real, dentro da sua vida fictícia.

O casal Glee conhecido como "Ryley" ainda vive! Melissa e Blake Jenner (que interpretou Ryder na série) formam um casal desde 2012, eles anunciaram o noivado no ano seguinte e hoje já se encontram casados.

5 - Medo de agulhas? Please...

Até agora, Melissa possui três tatuagens: um lobo no pulso esquerdo, uma bicicleta no pé esquerdo, e uma pena com a palavra "free" na nuca.

6 - A atriz participou de Whiplash, filme indicado ao Oscar 2015.

Melissa interpretou Nicole, o quase par romântico de Andrew (Miles Teller). Mesmo com o seu papel não sendo indicado ao Oscar, ela marcou presença no filme e na premiação.

7 - Ela já compartilhou o palco com outra estrela de TV.

Benoist esteve ao lado de Sarah Hyland (Haley Dunphy, de Modern Family) cantando "Freedom", do musical The Unauthorized Autobiography of Samantha Brown. Ambas cantaram de coração aberto e fizeram uma ótima performance no Kerrigan-Lowdermilk: West Coast Debut, em 2013.

8 - Começou sua carreira no cinema como uma lenda da música.

Muito antes de Glee e Supergirl, Melissa recebeu seu primeiro crédito no filme Tennessee, um filme indie estrelado por Mariah Carey e produzido por Lee Daniels (criador da série Empire).

9 - Em Supergirl, ela compartilhará cenas com outro cantor.

Astro de Smash e do longa The Last Five Years, o ator e cantor Jeremy Jordan irá aparecer na série como Winn Schott, um companheiro de trabalho de Kara, o qual tem uma quedinha pela colega. Com os talentos musicais de ambos, será que é muito cedo para pedir um episódio musical?

10 - Ela gosta mesmo de ser a Supergirl!

Quase não há espaço no set para Shauna Duggins, a dublê de Supergirl, uma vez que Melissa adora fazer suas próprias acrobacias e movimentos, como nas cenas de luta e de voo.

15 Fatos Sobre Charlie Cox, o nosso novo Demolidor

Após o sucesso de Demolidor, o ator Charlie Cox ganhou muito mais fama. Caso nunca ouviu falar sobre ele – o que deve ser bem difícil, ou até mesmo já o conheça, separamos alguns fatos e curiosidades sobre o ator. Confira:

1 - Charlie Cox é o cara!

Pode não parecer, mas ele é um ator que já está na ativa por anos. Ele se mostrou nas telonas e no palco, mas agora está se mostrando - e nos impressionando - em Demolidor.

2 - Ele é o Demolidor.

Ele é O Demolidor, na verdade. Charlie é o mais recente rosto da Marvel, fazendo Matt Murdock - o Demolidor. A série teve sua estreia em abril, na Netflix. Murdock é um advogado cego que passa suas noites defendendo as ruas de Hell's Kitchen, em Manhattan.

3 - Ele vem do outro lado do oceano.

Charlie nasceu em Londres, isso significa que ele vem completamente com o sotaque londrino, o qual é digno de fazer qualquer um se derreter virar fã dele.

4 - O crime foi bom para ele.

Charlie trocou seu sotaque Inglês pelo Irlandês, quando interpretou Owen Slater em Boardwalk Empire. Como Owen, Charlie teve uma fala mais mansa, doce, forte e sexy.

5 - Pra ficar fortinho.

Para atuar como Matt Murdock, Charlie teve que ganhar 15kg de massa muscular.

6 - Charlie foi uma estrela imediata.

O primeiro grande papel de Charlie foi em Stardust - O Mistério da Estrela, ele fez Tristan Thorn e roubou alguns corações como mágica.

7 - Ele fica muito bem quando está bem arrumado...

Charlie fica muito bom quando está de terno e gravata.

8 - ... mas também quando está desleixado.

É, não precisa de muito pra ele ficar incrível.

9 - Ele tem grandes coisas pela frente.

Com o seu papel em Demolidor, a carreira de Charlie só tende a decolar. Ele está como Matt Murdock agora em sua série solo (Demolidor), e continuará no papel mesmo quando Netflix lançar Os Defensores (um grupo de super-heróis da Marvel).

10 - Ele é simpático.

Simpatia num ator é fundamental, e Charlie tem isso de sobra!

11 - Ele é um bebê dos anos 80.

Charlie é o mais novo entre seus quatro irmãos: Tobey, Emma, Oliver e Zöe. Nasceu em 1982, o que significa que sabe um pouco de como era o mundo daquela época. Sorte a dele, pois a moda era melhor no Reino Unido nos anos 80 do que nos Estados Unidos.

 

12 - Seria ele um mutante?

Os olhos dele mudam de cor conforme a luz, variando entre castanho, verde e cinza.

13 - Ele estava no início de coisas boas.

Charlie interpretou o Duque de Crowborough no episódio piloto de Downton Abbey. É do conhecimento geral que o show decolou de uma maneira enorme após o piloto. Nós não estamos dizendo que Charlie Cox foi responsável pelo sucesso de Downton Abbey, mas nós também não estamos dizendo que ele não foi....

14 - Ele é um grande amigo.

Charlie tem uma boa e grande amizade com Andrew Garfield, o ex Aranha. Seria muito legal ver os dois atuando juntos agora que o aracnídeo está na Marvel, porém Andrew não faz mais parte desse universo.

15 - Apenas sorria.

Por último, mas certamente não menos importante, Charlie Cox tem um sorriso como nenhum outro. Como você pode não se apaixonar por um sorriso como esse? Continue sorrindo, Charlie, apenas sorria.

 

 

Conheça Tom Holland, o novo Homem-Aranha!

Na última terça-feira, Tom Holland foi confirmado como o novo Homem-Aranha do cinema. Depois de Tobey Maguire (2002) e Andrew Garfield (2012), o ator de 19 anos assume a responsabilidade de interpretar o amigão da vizinhança.

Diferente dos outros atores, Holland terá uma responsabilidade maior, já que o Homem-Aranha será introduzido no universo cinematográfico da Marvel. Sua primeira aparição está confirmada em Capitão América – Guerra Civil, que estreia em 2016.

poltrona_billy
Tom Holland no musical Billy Elliot.

Contudo, o britânico não caiu de paraquedas. Desde a infância, o ator já demonstrava talento e dedicação para assumir um personagem. Seu primeiro grande trabalho foi no musical Billy Elliot, que entrou em cartaz no ano de 2005. Para conseguir o papel, Tom Holland aprendeu a cantar e a dançar hip-hop, entre outros estilos musicais. Veja abaixo o ator durante a preparação para o musical:

Com sucesso do musical, Holland logo chamou a atenção. Seu primeiro trabalho no cinema foi na dublagem da animação O Mundo dos Pequeninos (2010). Dois anos depois, o ator conseguiu seu primeiro papel no drama O Impossível, em que contracena com Naomi Watts e Ewan McGregor. O longa é inspirado no drama real de uma família espanhola atingida pelo tsunami. A atuação do jovem ator foi bastante elogiada, conquistando os prêmios de ator revelação no Hollywood Spotlight Award, National Board of Review’s Award e London Film Critics Circle Awards.

1435144981-314559410
Tom Holland em O Impossível.

Em 2013, o ator trabalhou ao lado de Saoirse Ronan no drama Minha Nova Vida. No mesmo ano, ele participou do filme Locke, fazendo a voz do filho do personagem de Tom Hardy. Neste ano, Holland interpretou Gregory Cromwell na minissérie britânica Wolf Hall.

Mas, com a confirmação do novo filme do Homem-Aranha e que um novo ator seria contratado, Tom Holland passou por uma transformação física, ganhando peso e mudando o visual para convencer a Marvel/Sony que seria a escolha ideal para viver Peter Parker.

1501446132-tom-holland
No Instagram, Tom Holland demonstra sua transformação física para viver o Homem-Aranha.

Não deu em outra! Depois de participar da seleção final que, contou com a presença de Kevin Feige e os irmãos Russo (diretores de Capitão América – Guerra Civil), Holland contracenou com Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Evans (Capitão América) e foi o escolhido para assumir o papel do Homem-Aranha.

Com a escolha de um ator mais jovem, Kevin Feige promete uma abordagem diferente do herói. “Queremos revelar seus poderes de uma maneira diferente e focarmos mais em sua juventude no colegial, lidando com os poderes. Então já haverá um jovem correndo pelas ruas de Nova York com uma versão caseira do uniforme do Homem-Aranha no universo da Marvel no cinema. Você apenas não o viu ainda”, disse Feige.

Embora alguns estejam torcendo o nariz com a escolha, Tom vem publicando em seu Instagram uma série de fotos e vídeos que, fisicamente, ele demonstra está pronto para o papel. Veja abaixo algumas de suas performances:

https://www.youtube.com/watch?v=gEnUN0T7H_8

Enquanto Tom Holland não veste o traje do teioso, o ator poderá ser visto em breve atuando ao lado de Chris Hemsworth (Thor) em No Coração do Mar. A  estreia está prevista para 12 de março de 2016 no Brasil. Veja o trailer abaixo: